sábado, 18 de fevereiro de 2012

Manifesto Interclubes Militares

Documento no Alerta Total – http://www.alertatotal.net

COMPROMISSOS... "Dirijo-me também aos partidos de oposição e aos setores da sociedade que não estiveram conosco nesta caminhada. Estendo minha mão a eles. De minha parte, não haverá discriminação, privilégios ou compadrio. A partir da minha posse, serei presidenta de todos os brasileiros e brasileiras, respeitando as diferenças de opinião, de crença e de orientação política".

No dia 31 de outubro de 2010, após ter confirmada a vitória na disputa presidencial, a Sra Dilma Roussef proferiu um discurso, do qual destacamos o parágrafo acima transcrito. Era uma proposta de conduzir os destinos da nação como uma verdadeira estadista.

Logo no início do seu mandato, os Clubes Militares transcreveram a mensagem que a então candidata enviara aos militares da ativa e da reserva, pensionistas das Forças Armadas e aos associados dos Clubes. Na mensagem a candidata assumia vários compromissos. Ao transcrevê-la, os Clubes lhe davam um voto de confiança, na expectativa de que os cumprisse.

Ao completar o primeiro ano do mandato, paulatinamente vê-se a Presidente afastando-se das premissas por ela mesma estipuladas. Parece que a preocupação em governar para uma parcela da população sobrepuja-se ao desejo de atender aos interesses de todos os brasileiros.

Especificamente na semana próxima passada, e por três dias consecutivos, pode-se exemplificar a assertiva acima citada.

Na quarta-feira, 8 de fevereiro, a Ministra da Secretaria de Direitos Humanos concedeu uma entrevista à repórter Júnia Gama, publicada no dia imediato no jornal Correio Braziliense, na qual mais uma vez asseverava a possibilidade de as partes que se considerassem ofendidas por fatos ocorridos nos governos militares pudessem ingressar com ações na justiça, buscando a responsabilização criminal de agentes repressores, à semelhança ao que ocorre em países vizinhos.

Mais uma vez esta autoridade da República sobrepunha sua opinião à recente decisão do STF, instado a opinar sobre a validade da Lei da Anistia. E, a Presidente não veio a público para contradizer a subordinada.

Dois dias depois tomou posse como Ministra da Secretaria de Política para as Mulheres a Sra Eleonora Menicucci. Em seu discurso a Ministra, em presença da Presidente, teceu críticas exarcebadas aos governos militares e, se auto-elogiando, ressaltou o fato de ter lutado pela democracia (sic), ao mesmo tempo em que homenageava os companheiros que tombaram na refrega.

A platéia aplaudiu a fala, incluindo a Sra Presidente. Ora, todos sabemos que o grupo ao qual pertenceu a Sra Eleonora conduziu suas ações no sentido de implantar, pela força, uma ditadura, nunca tendo pretendido a democracia.

Para finalizar a semana, o Partido dos Trabalhadores, ao qual a Presidente pertence, celebrou os seus 32 anos de criação. Na ocasião foram divulgadas as Resoluções Políticas tomadas pelo Partido. Foi dado realce ao item que diz que o PT estará empenhado junto com a sociedade no resgate de nossa memória da luta pela democracia (sic) durante o período da ditadura militar.

Pode-se afirmar que a assertiva é uma falácia, posto que quando de sua criação o governo já promovera a abertura política, incluindo a possibilidade de fundação de outros partidos políticos, encerrando o bi-partidarismo.

Os Clubes Militares expressam a preocupação com as manifestações de auxiliares da Presidente sem que ela, como a mandatária maior da nação, venha a público expressar desacordo com a posição assumida por eles e pelo partido ao qual é filiada e aguardam com expectativa positiva a postura de Presidente de todos os brasileiros e não de minorias sectárias ou de partidos políticos.

Rio de Janeiro, 16 de fevereiro de 2012

Vice-Almirante V. Cabral – Presidente do Clube Naval


General de Exército Tibau – Presidente do Clube Militar


Tenente-Brigadeiro Baptista – Presidente do Clube de Aeronáutica

17 comentários:

sicário disse...

Serrão...

Infelizmente os dirigentes dos clubes militares, associações, etc... esqueceram da frase:
" o preço da liberdade é a eterna vigilância".
Não me interessa quem, em que situação ou porque pronunciaram a frase mas tão somente a verdade contida nela e é inegável que ela é verdadeira, real, autêntica e sempre atual.
Ao acreditar nas palavras vazias, no discurso de quem foi doutrinada a mentir e anganar, os clubes militares que são a voz da FFAA, deram respaldo ao que hoje acontece no Brasil. Crer que uma pessoa que nunca concorreu a cargo algum, sempre foi apadrinhada, com um simples e mentiroso discurso fosse se tornar uma estadista é de uma enorme infantilidade. Ao assinar este documento os líderes dão uma clara prova do desconhecimento das táticas esquerdistas de como conquistar o poder pelo voto.
O que vemos hoje nos discursos que distorcem a verdade, na pregação da mentira, na perseguição caluniosa, na premiação de marginais com verba pública, no roubo descarado, na glamnourização da criminalidade politica é fruto do silêncio daqueles que acreditaram no impossível, ou seja, daqueles que acreditaram que a esquerda somente chega ao poder pelas armas.


abs.

Sicário

sicário disse...

Serrão...

Infelizmente os dirigentes dos clubes militares, associações, etc... esqueceram da frase:
" o preço da liberdade é a eterna vigilância".
Não me interessa quem, em que situação ou porque pronunciaram a frase mas tão somente a verdade contida nela e é inegável que ela é verdadeira, real, autêntica e sempre atual.
Ao acreditar nas palavras vazias, no discurso de quem foi doutrinada a mentir e anganar, os clubes militares que são a voz da FFAA, deram respaldo ao que hoje acontece no Brasil. Crer que uma pessoa que nunca concorreu a cargo algum, sempre foi apadrinhada, com um simples e mentiroso discurso fosse se tornar uma estadista é de uma enorme infantilidade. Ao assinar este documento os líderes dão uma clara prova do desconhecimento das táticas esquerdistas de como conquistar o poder pelo voto.
O que vemos hoje nos discursos que distorcem a verdade, na pregação da mentira, na perseguição caluniosa, na premiação de marginais com verba pública, no roubo descarado, na glamnourização da criminalidade politica é fruto do silêncio daqueles que acreditaram no impossível, ou seja, daqueles que acreditaram que a esquerda somente chega ao poder pelas armas.


abs.

Sicário

Martim Berto Fuchs disse...

Já estão com a faca e o queijo na mão, fazendo o que bem entendem, mas bisonhamente cutucam a sociedade com esse pregação materialista, atoa.
O Brasil nunca será um país comunista. Se tivessem coragem de fazer uma pesquisa de opinião pública honesta, via plebiscito, saberiam disto.
Não evoluíram. Continuam com as mesmas idéias de 1848. A única exessão, por incrível que possa parecer, é para o capitalismo selvagem. Como a combinação de Estado Absolutista com capitalismo selvagem deu certo na China, nossos eternos papagaios querem copiar, incapazes que sempre foram de ter idéias próprias, de desenvolver qualquer idéia inovadora que seja.
Mais alguns anos perdidos, lamentavelmente.

http://capitalismo-social.blogspot.com/

Unknown disse...

NNova OOrdem MMundial

Denuncias de corrupção e apropriação de montanhas de dinheiro publico - na realidade quantias astronômicas - aparecem todos os dias sendo os rapinantes membros do PT seus aliados de partidos e inclusive ministros da republica. O presidente, Dilma Vânia Roussef, assim surge como cúmplice pelo menos em omissão.

Oras, não só o fabuloso assalto no Tesouro Nacional faz sangrar as veias da Nação, mas também a dação a outros países tais como os africanos e até Cuba.

Continuando, se delles fosse por princípio o Bem de nossa Nação, de nosso povo, elles que assaltaram o poder tomando não só a presidência, governos estaduais e municipais não agiriam assim de má fé contra o Bem Comum.

Assim procedendo elles vão frontalmente contra os princípios partidários pregados por elles dias e noites.

Mas oras, esses assaltantes, criminosos acobertados não só pelo Judiciário, mas também pela impunidade do cargo tem continuamente agido assim mesmo debaixo dos governos de Fernando Henrique Cardoso e Lulla da Ssilva.

Analisando a situação dessa forma, é minha conclusão que elles tem um objetivo muito diferente daquele que é pregado nos programas partidários, e que esse objetivo é mantido oculto da maioria da população, pois não só vai contra nossos princípios morais e Éticos, mas atenta contra, buscando a destruição.

Assim é no mínimo estranho e chocante, elogios do coronel Gélio Fregapani à situação.

Anônimo disse...

Não vejo incoerência alguma em Dilma. O que é surpreendente é tantas pessoas esclarecidas (especialmente os militares) terem acreditado naqueles promessas.
.
É muito simples: Radicais não negociam termos. No máximo enrolam suas vítimas para ganhar algum tempo e melhorar sua posição por trás delas. No fim, de um jeito ou de outro, cortam-lhes a garganta.

Anônimo disse...

Os militares acreditaram nas palvras da terrorista por quiseram ou porque são otários!

A terrorista e os militares são como água e azeite!

Ela sempre os combateu, sempre os odiou e eles vão acreditar nela, nos seus discursos "democráticos"? Agora parecem virgens estrupadas e ofendidas? Tenham lá santa paciência, mas a culpa è vossa generais mas não tanto! Onde estava a vossa inteligência? Ela è a ponte do iceberg inimigo!
Urnas eletrônicas manipuladas, impossibilidade de recontagem dos votos! Onde está a democracia? Onde? Agora se lamentam?

Tanta demagogia de velhos chorões!

Anônimo disse...

Serrão, buenas.
Inofensivo, o "manifesto"!
Se os da ativa estão observando o silêncio obsequioso e sepulcral - os que têm o Poder à mão -, os inativos de pijama (ainda não listrados verticalamente )nada podem fazer,a não ser a prática da retórica. É melhor do que o silêncio covarde e
bovino dos melancias.
Abraço e parabéns pela qualidade do blog e pela luta anti-PeTralha.
Adsumus!
PILINCHO

José de Araújo Madeiro disse...

Serrão, repasso para você:

Como seria altamente sintomático que os paraguaios tocassem fogo nos políticos brasileiros que vão aquele país para negociar a solução dos brasiguaios que lá compraram terras para produzir.

Fariam um trabalho que deveria ter sido feito aquí, por nós mesmos.

Agora quero ver mesmo se os PTralhas vão assistir de cadeirinha, os os vândalos do MST do Paraguai, sair matando
os brasileiros que residem no Paraguai e o Lugo sorrindo e debochando das nossas fraquezas e ainda os PTralhas dando dinheiro para ele, com a desculpa de ajudar um país subdesenvolvido, irmão de fronteira, para o bispo torrar com suas amantes nas sacristias das Igrejas que faz suas pregações. Com se aquí só tivessem cabras frouxos ou lunáticos e sem nenhum respeito pelos seus compatriotas. Como se nós brasileiros fôssemos uns imperialistas exploradores dos povos latino-americanos.

Putz, estamos ...

E eu mesmo não tenho nenhuma dúvida que todos, incluindo os PTralhas, fazem um trabalho sujo contra o povo brasileiro e que nós estamos financiando essas ditaduras na América Latina, a partir da Ditadura Cubana, em nome da instalação de uma Revolução Bolivariana contra os States. E no que final das contas será uma ação de vândalos e criminosos contra o povo brasileiro. Os States, certamente, estão sorrindo da nossa estupidez, pensando que no Brasil é o reino da idiotia.

Att. Madeiro.

Anônimo disse...

Madeira Paraibana – E DE LEI!
O Comentário de calibre 7:28 nos faz reviver DIAÍ NAMBIKUÁRA -
“...antes murubixaba (chefe guerreiro)do que pajé(padre)”. Ressalvado o MERECIDO respeito aos bispos, evidentemente.
Abraço de Tamanduá

COMANDANTE SERGIO disse...

prezados amigos
Estão dizendo que este manifesto é falso. Muito light para o meu gosto

A ausência do Presidentes dos Clubes Militares ensejam este tipo de ação.

PARABENIZO OS AUTORES

PAULO SERAFIM disse...

VAMOS PASSAR O BRASIL A LIMPO! NÃO ACREDITO QUE UM SÓ BRASILEIRO HONESTO,(99%)ESTEJA DE ACORDO COMO ESTÁ SENDO TRATADO A COISA PÚBLICA, PELOS PODERES DA REPÚBLICA. QUEREMOS QUE TODOS A COMEÇAR PELO MENSALÃO SEJAM PUNIDOS COM TODO O RIGOR DA LEI E QUE: SEJAM SEQUESTRADO TODOS OS BENS DESTA MÁFIA QUE SE ENTRONOU NO PAÍS...ESPERAMOS QUE NÃO SEJAMOS FUZILADOS PELAS FORÇAS QUE DEVEM PROTEGER A NAÇÃO...

Anônimo disse...

Aos Cmt dos clubes militares.
Vão em frente, a infantaria não recua, digam a verdade. Pois Oficiais quando presos, estão descansando
apanhando estão fazendo exercicio, cassineiros para eles são garções.

Ataque Aberto. disse...

Porra, finalmente ! Tomara que o "Dilmão" entenda o recarrado ..

Anônimo disse...

Os nossos generais acreditam em Papai Noel, no "conto da carochinha, no Sacy Pererê, ao ouvirem a mentirosa Dilmona.São muito puerís!
O que esperar de um País, cuja presidente foi uma assassina, assaltante de banco, terrosista???
Eu acrediteiiii!!!

Anônimo disse...

INFELISMENTE, os nossos militares de hoje não tem mais peito, ficam a mercer de esmolas, esperando cair migalha da mesa, e os comandante das três forças esses sim e que não querem largar o osso ( perder o boca boa ) vcs acham que eles võa se dispor com risco de perder o emprego deles por causa dos demais militares, bando de covardes so olhampara o lado dele, enquanto o resto da tropa passam por necessidades, eles são os três patetas.

Anônimo disse...

A UNICA COISA QUE SEI É QUE QUANDO MEU MARIDO JUROU MORRER PELA PÁTRIA ELE NÃO JUROU MORRER TAMBÉM DE FOME!!!!!!!E É QUASE ISSO QUE ESTÁ ACONTECENDO COM ELE ,COM MEUS FILHOS E COMIGO!!!

Anônimo disse...

O que é "Brasil"? o que é "República"? Chega de antigos ideias republicanos, oligarcas e opressores. Larguem seus postos e vão trabalhar com e para o povo, saiam da fachada de uma instituição fascista arcaica e cristã. Viva ao estado socialista da america latina.
Morte aos generais velhos e esclerosados.