segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Sobre o Manifesto dos Clubes Militares

Artigo no Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Por Waldemar da Mouta Campello Filho

Senhores Presidentes dos Clubes Naval, Militar e da Aeronáutica, a Confederação Nacional da Família Militar – CONFAMIL, que congrega 5,2 milhões de inativos das FFAA em suas entidades que compõem o Sistema CONFAMIL, não poderia ficar alheia aos últimos acontecimentos colocados a público através da mídia, especialmente a escrita, com relação aos desdobramentos consequentes do Manifesto feito por Vossas Senhorias.

É realmente estarrecedora a reação oficial, principalmente partindo daqueles que respondem por cada uma de nossas Forças. O curioso em tudo isso é que não encontramos nenhum suporte jurídico para qualquer tipo de ingerência sobre entidades associativas como é o caso dos clubes e de todas as nossas entidades, e isso foi feito com a maior desfaçatez.

Causou-nos especial estranheza a reação ameaçadora feita abertamente contra o Manifesto, e contra os militares da reserva. Tenho a impressão de que o passado realmente não passou e as mágoas e frustrações serão perenes, façam o que fizerem.

O que não devia ser esperado eram as aleivosias daqueles responsáveis pela condução de nossas FFAA; da parte da Comandante Suprema não se poderia esperar outra coisa, pois sempre foi uma estranha no ninho sagrado que nos acolhe a nós militares; mas do restante da cadeia de direção das Forças é verdadeiramente uma péssima surpresa, pois se não são coniventes, são omissos e até mesmo indiferentes para com a chamada reserva.

Mais uma vez ficou patente o descompromisso dos militares em atividade para com o passado que grande maioria dos inativos vivenciou. Sempre soube que ao vestirmos os nossos uniformes era como se fosse colocado no corpo de cada um, um passado de lutas e glórias que construíram as nossas instituições militares.

Parece que esse sentimento ficou relegado ao plano das conveniências, e tudo se passa como se a farda fosse apenas uma simples modalidade de uma vestimenta diferente. Digo todas essas coisas aos senhores para mostrar que a Família Militar não está alheia ao sacrifício que fizeram em insurgir-se contra comportamentos surpreendentemente equivocados, motivado por sentimentos inconfessáveis que trazem a ideia de uma relação com crianças rebeldes que precisam ser advertidas.

Senhores Presidentes. Em passado não muito distante, a CONFAMIL propôs a constituição de um colegiado para enfrentar situações como a do presente. Lamentavelmente isso não ocorreu, e os senhores ficaram sós numa atitude de ousadia que, face ao statu quo vigente não teria desfecho diferente.

Somos entidades associativas, e como tal, isentas de qualquer tipo de ingerência, a não ser que já tenhamos assumido a postura definitiva de uma autocracia, que rasga os textos legais, e nos trazem a convicção de estarmos vivendo uma interminável hipocrisia.

É preciso que os nossos dirigentes se lembrem de que o texto constitucional é para ser cumprido por todos, indistintamente, o que significa desqualificar o uso de um reajuste salarial como objeto de barganha; isso é próprio de pelegos.

A CONFAMIL, no uso da sua prerrogativa legal como entidade associativa, repudia, com veemência, todas as ações praticadas contra os clubes militares e particularmente, com os militares da reserva.

Os senhores militares da ativa precisam estar conscientes de que, se tiverem sorte e saúde, um dia estarão incorporados a esta reserva que hoje rejeitam como um ser abjeto que só lhe causam transtornos em suas ambições.

O tempo será o grande juiz que os julgará pelos atos praticados no presente de suas vidas. Sempre tenho dito e mais uma vez vou repetir: os militares da reserva estão inativos, mas não estão mortos.

E enquanto houver um sopro de vida em cada um de nós, estaremos prontos a defender os superiores interesses da democracia do nosso País. Façamos nossas as palavras de Tamandaré: SUSTENTAR O FOGO QUE A VITÓRIA É NOSSA. Ad Sumus.

Waldemar da Mouta Campello Filho, Capitão-de-Mar-e-Guerra, é Presidente da CONFAMIL(Confederação Nacional da Família Militar).

4 comentários:

Edilson Queiroz disse...

Prezado JORGE SERRÃO!!O projeto de desmanche das Forças Armadas segue seu curso com velocidade supersônica, nadando de braçada, caminhando a passos largos perante os olhares passivos e complacentes de seus chefes. Existe, de acordo com brilhante definição,uma categoria de militares de nosso glorioso e heróico EXÉRCITO BRASILEIRO chamados de "Melancia", pois são verde-olivas por fora e vermelhos por dentro; repito: brilhante definição! Peço, então, uma definição para militares de nossa FORÇA AÉREA BRASILEIRA que, semelhante aos "Melancias" tem o interior vermelhos?
Infelizmente nossa FAB também tem seus "vermelhinhos",desmontando estruturas internas e,o mais emblemático de tudo é o "artífice oculto". À sua disposição para maiores detalhes.
Edilson Queiróz (edilsonacfpilot@gmail.com)

Anônimo disse...

Sou militar da ativa e quero externar minha indignação com esse governo corrupto e com a passividade de nossos cmts, mas me sinto com orgulho em saber que muitos militares tanto na ativa como na reserva têm um sentimento sedento de justiça por terem acabado com nossos direitos em 2001; por termos um péssimo salário; pelo péssimo plano de carreira destinado aos praças e pelo desmantelamento físico e moral de nossa FFAA. mas, por mais que tentem, as FFAA e seus membros sempre serão a elite deste maravilhoso país.

Anônimo disse...

Bom dia !!!
Sou militar da reserva, também quero externar minha indignação com esse governo corrupto, e com a passividade de nossos comts ( Será? Comandantes? ), mas muitos me sinto orgulhoso em saber que Militares, não importa se da ativa, ou da reserva estamos juntos na mesma "Batalha", ou "Guerra" sem fim contra esses desmandos, à corrupção, e etc, deste desgoverno.
- Hoje mesmo vou fazer minha adesão ão movimento em curso, que é total apoio ão manifesto dos Clubes Militares, e vamos todos junto abraçar essa causa.
- Que Deus abençõe à todos.

*** Somente para lembra: "O Brasil Espera Que Cada Um ( Todos os Brasileiros ) Cumpra Com Seu Dever". ***

Anônimo disse...

No meu vi'deo postado no youtube Brasileiro enojado partes 1 2 3 e 4 Nao tava brincando. Temos que pressionar as forcas armadas e logo. A Uniao PT FARC,VENEZUELA,CUBA, IRAN e' mais que suficiente que estamos em se'rio risco. Mais cedo ou mais tarde o exe'rcito vai ter que agir,,,,porque nao age agora ????/