sexta-feira, 30 de março de 2012

Guerra aos militares e “Justiça de transição” contra nossa soberania ameaçam democracia no Brasil


Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

Os filhotes da ditadura na Era Nazipetralha deram um espetáculo dantesco ontem à tarde, atentando violentamente contra a liberdade de oficiais na reserva que foram celebrar, antecipadamente, os 48 anos do movimento civil-militar de 31 de março de 1964. Mais grave que a arruaça anti-democrática promovida por uns 350 jovens inocentes-inúteis em frente à sede do Clube Militar, no Rio de Janeiro, é a motivação internacionalista de todo um movimento para desmoralizar e enfraquecer o poder militar brasileiro.

Pregando a questionável tese da “Justiça de Transição” (aliás, pergunte-se: transição para quê? Para uma ditadura globalitária?) -, a Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos abriu, oficialmente, uma investigação para apurar por que o Brasil não investigou e puniu os responsáveis pelo assassinato, sob tortura, do jornalista Vladimir Herzog, em 1975. A Advocacia Geral da União terá de analisar a petição número P-859-09 que recebida, de bom grado, pelos revanchistas da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

A tal “Justiça de Transição”, promovida pelos esquemas globalitários contra a soberania do Brasil, pretende que a Comissão da OEA atropele até o Supremo Tribunal Federal Brasileiro – que já reafirmou a validade da Lei de Anistia de 1979 – que perdoou crimes praticados pelos dois lados ideológicos de nossa mal contada história. Atualmente sob hegemonia de ministros indicados pelo governo petista, o STF terá de reiterar que a Anistia vale. Se fizer o contrário, as conseqüências institucionais podem ser gravíssimas para o frágil projeto de consolidação democrática no Brasil.

Ironia da história, desde 1985, são os militares quem são vítimas de golpes. As Forças Armadas são submetidas a um criminoso processo de sucateamento. Seus profissionais são vítimas de um lento e gradual processo de achatamento salarial. Na mídia e no mundo acadêmico dominado pelo dogma esquerdista, os militares são comumente destratados como “ditadores”, “torturadores”, “violadores de direitos humanos” e até como “inúteis”. O Ministério Público, com membros também afetados pelo dogma sinistro, aderiu a tal “Justiça de Transição” e mantém os militares sob fogo intenso.

Toda essa ampla guerra psicológica contra os militares é para enfraquecê-los e impedir que tenham plenas condições de cumprir a missão constitucional de defender a soberania do Brasil. Logo, os verdadeiros inimigos dos militares não são os fanatizados pelas ideologias de esquerda – sejam militantes (como os jovens manipulados de ontem,do tal Levante Popular da Juventude, na Cinelândia) ou outros tipos de meliantes. Eles são agentes conscientes ou inconscientes manipulados pelo sistema do globalitarismo – comandado pela oligarquia financeira transnacional – que tem o projeto de inviabilizar a soberania do Brasil, para mantê-lo como uma colônia de exploração.

Os militares têm obrigação de conhecer e reagir, na verdade, contra seus verdadeiros inimigos – e não contra os agentes do inimigo, como se fez em 1964 (quando não se conhecia, ainda, o verdadeiro inimigo). Os militares (sobretudo os na ativa) têm o dever de mobilizar os segmentos esclarecidos da sociedade brasileira para que conheçam, entendam e defendam um projeto democrático de valorização e reestruturação das Forças Armadas, para que se cumpra a missão de Defesa da Pátria e da Soberania do Brasil.

Ou fazem isso ou as Forças Armadas vão virar um amontoado de meros funcionários públicos fardados sem razão para existência. Se ou quando isto acontecer, o Brasil terá ido para o caso como Nação – sendo apenas uma sofisticada colônia a serviço do sistema globalitário – a mais escrota ditadura de todos os tempos.

Resumindo a opereta: Militares não têm de dar golpe. Também não lhes basta apenas acusarem o golpe ou aceitarem tudo, passivamente. Entrar no joguinho ideológico é outro pecado mortal que não pode nem deve ser repetido historicamente. Também não devem reeditar o tenentismo – se julgando salvadores da Pátria repleta de apátridas que não querem ser salvos, pois preferem ser colonizados.

A guerra agora é Política – na mais pura acepção do termo – sem a conotação ideológica que o inimigo globalitário tanto gosta de empregar no jogo ilusório de dominação. Militares precisam contar com o apoio real e político dos segmentos esclarecidos da sociedade para que seja desenhado um Projeto de Nação para o Brasil – trabalho que ainda não foi feito pelos ideólatras dogmáticos que infestam nossos podres poderes.

Se tal trabalho Político não for feito – dentro da linha da Ordem para um verdadeiro Progresso -, o Brasil caminhará para uma ruptura institucional de conseqüências imprevisíveis que o manterá como eterna “vanguarda do atraso” (o país do futuro que nunca chega).

Em síntese: Ou agimos agora, para frente, ou vão nos pegar por trás, na próxima curva da história. O golpe dos inimigos já está em marcha...

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 30 de Março de 2012.

8 comentários:

Anônimo disse...

FUJA DAS URNAS ELETRÔNICAS
TIRAR DÚVIDAS EM
http://www.tre-sp.gov.br/duvidas/votacao.htm
Como vemos abaixo, temos duas alternativas: pagar multa irrisória, ou justificar. "VOTAR", JAMAIS.

MULTA: 11 - Qual o valor da multa por não comparecer à eleição?
Ela pode variar entre 3% e 10% do valor de 33,02 UFIR, ou seja, de R$ 1, 06 a R$ 3,51. O Juiz Eleitoral, no entanto, poderá aumentar até 10 vezes o valor, quando considerado ineficaz em virtude da situação econômica do infrator.
A
JUSTIFICATIVA: o formulário de requerimento de justificativa eleitoral é gratuito.

CASO AS INFORMAÇÕES ACIMA NÃO ESTEJAM ATUALIZADAS, PEÇO A GENTILEZA DE SER INFORMADA.


AMANHÃ VAMOS COLOCAR UMA BANDEIRA BRASILEIRA EM NOSSA JANELA
OU SAIR COM ROUPA VERDE E AMARELA

http://puteiro-nacional.blogspot.com.br/2012/03/capacho-nao-tem-titulo-de-eleitor-e-nao.html

Anônimo disse...

30 de março de 2012
"Somos a menina Rita", diz coronel da reserva sobre abandono dos comandantes
Trechos de uma mensagem recebida por e-mail de um coronel da reserva, que esteve presente no painel promovido pelo Clube Militar na tarde de ontem (29), '1964: A Verdade' e teve que enfrentar o 'corredor polonês' organizado pela turba que cercou o prédio da entidade.

"Fomos protegidos pela briosa Polícia Militar do Rio De Janeiro, sob o comando de um governador que é da base de apoio da presidente e unha e carne dela, mas nos concedeu apoio."


“... pode ficar certo que a omissão de tantos quantos se esconderam atrás dos cargos, no Comando da Força, no CML etc.. Logo cedo, estarão na reserva e sofrerão o castigo divino, na fila da SIP, no hospital militar ou de área e enfim, ocultadas suas excelências pela ausência de uniformes estrelados ou do acompanhamento de acólitos, assistentes, AjO, Aux EM etc. e aí, meu irmão, se lembrarão de que quando tiveram a força nas mãos, deixaram à própria sorte os companheiros que juraram proteger perante a Bandeira do Brasil.
Fomos protegidos pela briosa Polícia Militar do Rio De Janeiro, sob o comando de um governador que é da base de apoio da presidente e unha e carne dela, mas nos concedeu apoio.
Não tenham dúvidas: estamos órfãos e deixados à própria sorte!
Como a vida imita a arte, esse abandono deliberado de quem pode nos defender, lembra-me a novela "Avenida Brasil", em que uma órfã é abandonada num lixão, para ser catadora de lixo para um explorador de menores. somos a menina "Rita"...
Quando os militares das altas esferas desprezarão avidez de benesses futuras, embaixadas, observador da ONU, integrante do conselho de administração das cabidobrás e se dedicarão à sua força e a seus integrantes?
Somos da reserva, mas somos tão militares quanto eles. Não somos inativos: somos da reserva e já demos a nossa cota, protegendo-os em outras circunstâncias.
Se não tivesse havido a contrarrevolução de 31 de março de 1964, o que seria o Brasil hoje - quando esses pulhas comemoram 90 anos de fundação de agremiações esdrúxulas e que tanto mal fizeram ao Brasil?
Os cerca de dois bilhões destinados a esses subversivos: assassinos, ladrões de banco, de cofre e de trem pagador, sequestradores, justiçadores, terroristas de atentados à bombas, saíram de nossos bolsos, desse escorchante e voraz fisco brasileiro, que tira tanto do povo para nada fazer.[...]
Lembrem-se que esse PC do B foi o autor intelectual da guerrilha do Araguaia e do mesmo modo que aliciou essa horda de desordeiros, estudantes vai com as outras, para evitar uma lídima comemoração na nossa casa, os levou para aquela derrocada nos campos de luta da guerrilha e hoje, sem a menor cerimônia, pergunta pelos seus desparecidos. E os nossos? Não tivemos direito a essas desavergonhadas indenizações, que a presidente receberá por esses dias, por ter participado até de atentados com mortes, como: Estela, Vanda, Dulce etc."
Postado por Ricardo Montedo às 15:27

Anônimo disse...

350 jovens idiotas úteis, talvez a ponta do iceberg de que está por vir, mostraram o que por aí vem: DITADURA do proletariado!

Sovietização do Brazil.

Infelizmente, passarão mesmo!

Guerra civil!

Anônimo disse...

Entrevista com dez itens que o Primeiro Ministro da China, Wen Jiabao concedeu aqui mas que este governo louco e corrupto não permitiu sua divulgação!

1) PENA DE MORTE PARA CRIMES HEDIONDOS COMPROVADOS:

2) PUNIÇÃO SEVERA PARA POLÍTICOS CORRUPTOS:

3) QUINTUPLICAR O INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO:

4) REDUÇÃO DRÁSTICA DA CARGA TRIBUTÁRIA E REFORMA TRIBUTÁRIA IMEDIATA:

5) REDUÇÃO DE PELO MENOS 80% DOS SALÁRIOS DOS POLÍTICOS BRASILEIROS:

6) DESBUROCRATIZAÇÃO IMEDIATA:

7) RECUPERAÇÃO DO APAGÃO DE INVESTIMENTOS DOS ÚLTIMOS 50 ANOS:

8) INVESTIR FORTEMENTE NA MUDANÇA DE CULTURA DO POVO:

9) INVESTIR EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA IMEDIATAMENTE:

10) MENORIDADE PENAL E TRABALHISTA A PARTIR DE 16 ANOS (o mundo está envelhecendo...):

http://brasilacimadetudo.lpchat.com/index.php?option=com_content&task=view&id=12203&Itemid=141

Anônimo disse...

Lendo o comentario do Anônimo das 11:09 AM, eu defendo a ideia que os nossos militares das altas esferas que procuram benesses futuras, embaixadas, observador da ONU, integrante do conselho de administração das cabidobrás, esquecendo-se de defender seus pares aposentados de agressões, deveriam sim, todos eles, irem com suas fardas de gala para porteiros de prostíbulos.

Já só servem para isso, pois perderam toda a vergonha e honra!

Mercenários do PC do B e do PT, faltando apenas despojarem-se de suas roupas e serem as prostitutas de plantão!

Anônimo disse...

Apesar da mídia “atualparcial”, não difundir muito, é sabido que, dentre as instituições públicas e/ou agentes do governo, as Forças Armadas possuem uma alta credibilidade junto á população ( “... Pela terceira vez consecutiva, a instituição com maior pontuação entre as 18 organizações foi o Corpo de Bombeiros (86); Igrejas e Forças Armadas aparecem num segundo patamar, ambas com 72 pontos...” vide: => http://www.ibope.com.br/calandraWeb/servlet/CalandraRedirect?temp=5&proj=PortalIBOPE&pub=T&db=caldb&comp=IBOPE+Intelig%EAncia&docid=10BCD9362159152B8325791E003F379E ), também é sabido que já foi homologado, ou o está sendo, o Partido Militar Brasileiro. Então, por que não articular indicações de candidatos (os mesmos podem ser militares ou simpatizantes), apoiar e ser apoiado por outros partidos, aos cargos públicos, federal/estadual/municipal, que competem em eleições? Penso ser pertinente enveredar, também, por este caminho e que já tardou demais. O melhor apoio da população para ajudar a manter a verdadeira Democracia, a Leis e a Ordem, ainda é, e deve ser, o Voto...

Outrossim (...doações, acredito, que surgirão...), é a contratação/realização/publicação de verdadeiras pesquisas/propagandas (“...A essência da propaganda consiste em ganhar mais pessoas para uma idéia tão sincera, tão vital, que no final elas sucumbem a ela totalmente e nunca poderão fugir dela - Joseph Goebbels...”) pertinentes; até para competir com as manipuladas...
“...Uma nação que não sabe o que foi ontem, não sabe o que é hoje. Woodrow Wilson & Quem controla o presente, controla o passado. Quem controla o passado, controla o futuro. George Orwell...”.

Robotização – vide: => http://www.youtube.com/watch?v=y4K_2cLQDi4

Por outro lado e por enquanto, infelizmente, mas serve para acordar, temos que escutar (escutar: como um pai que repreende um filho, mas que quer o melhor para ele...) isto => http://www.youtube.com/watch?v=0aPpq9u2vH8 (1de5) – no começo fiquei um pouco magoado, com a crítica (que, também, como é previsto em uma verdadeira crítica, apontou méritos das Forças Armadas); contudo, ouvindo tudo até o fim, concluí que o alerta/conhecimento adquirido suplantou em muito a minha tristeza pelo dito e o como foi dito...

Fraternal Abraço.
Walther.

Anônimo disse...

É de admirar que que em nome de "proteger o Brasil" do Comunismo cujo o governo é baseado em torturas, banimentos,cesura,etc
Os militars Brasileiros usarem dos mesmos métodos do "inimigo".O Brasileiro não tem vocação para Regimes totalitários, pois é um povo indulgente ao ponto de proteger esses velhos sádicos, assassino,cuja a reserva é regada a polpudas importancias. O Governo paga ex-torturadores que persewguem os Cabos e Sargentos da Aeronáutica há 40 anos, sem dar-lhe Anistia. Muitos já morreram na esperança de uma vida digna.Anistia não é amnésia, pois se intitulam "Heróis" salvadores da Pátria porque combateram meia dúzia de Gatos pingados ,sem treinamento militar, com exceção de Lamarca e mais dois ou três Apenas por pensarem diferente. Seria um paradoxo os chamados "subversivos" combater o regime militar de 64 para abraçar o Comunismo que era pior. O que a juventude da época queria era a liberdade de expressão num Pais cuja vocação cristã era ser livre.E o que dizer da Gentalha do PT que ora Governa? procuram encher os bolsos como uma compensação por serem banidos do Pais tolerante como o nosso. E cada vez que um ladrão sai, a Dilma chora ofendendo a inteligencia de quem conhece política. Tudo isso foi graças a paranóia Norteamericana da guerra fria que não era de interesse do povo Brasileiro. Os Norteamericanos procuram sucatear nossa Aeronáutica, Exército e Marinha pois não admitem a liderança do Brasil na América do Sul.É mais fácil, futuramente, a Argentina liderar o Hemisfério Sul.
P.S. Sou "Apolítico" não creio em ideologias pois fui vítima do regime de 64 e estou sendo ainda há 40 anos.

Anônimo disse...

Prezado Coronel Torturador:

"Ninguem se banha duas vezes no mesmo rio. Quando você se banhar outra vez, já não será a mesma água" Heráclito. Filósofo Grego.

Isso quer dizer: "As coisas mudam"