quinta-feira, 26 de abril de 2012

Lewandowski foge de manifesto apoiado por 57.758 cidadãos cobrando velocidade no caso do Mensalão

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

Um sinal perigoso de que o julgamento do Mensalão corre o risco de não ocorrer este ano. O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, resolveu obrar e andar para 22 grupos do Facebook, congregando 57.758 membros, que subscreveram um manifesto que lhe seria entregue ontem pela Transparência Brasil. Sem mais explicações, a Assessoria do ministro cancelou a audiência, marcada com bastante antecedência, para a entrega do documento que solicitava a urgência para o voto revisor no processo do mensalão.

O texto, que lhe seria entregue em mãos por Augusto Miranda, Integrante do Conselho Deliberativo do Transparência Brasil, e por Henriette M. Krutman, do “Queremos Ética na Política”, pede apenas velocidade e empenho do ministro para que o julgamento do escândalo ocorra ainda este ano. O manifesto destaca que cabe ao Supremo responder aos anseios da sociedade, assumindo, neste momento crítico, o papel histórico de defesa da democracia e procedendo a um julgamento que poderá definir um marco histórico para o Brasil.

A íntegra do manifesto e das entidades que o apóiam:

Irmanados pelos valores republicanos e convictos de que a impunidade é incompatível com o Brasil que desejamos e pretendemos deixar para as futuras gerações, exercemos neste ato o dever cívico de solicitar a V. Exª, responsável que é pela revisão da ação penal n° 470, que possibilite o início do julgamento dos acusados ainda no primeiro semestre de 2012.

O escândalo do Mensalão está completando sete anos, com réus ocupando postos públicos relevantes e prestes a sair impunes face à prescrição de algumas penas. A sociedade clama pela agilização do início do julgamento, inclusive diante da gravidade representada pelo possível retorno de réus na condição de candidatos a cargos eletivos nas próximas eleições municipais.

Caso a impunidade triunfe em um processo de tal gravidade e tamanha repercussão, este seria um triunfo sombrio, que abalaria a credibilidade das instituições do Estado – dentre as quais se destaca o Supremo Tribunal Federal — e a robustez da democracia brasileira, trazendo frustração e desalento para os milhões de brasileiros que trabalham, pagam impostos, obedecem às leis e desejam viver em um país regido pela integridade e a boa governança.

Cabe ao Supremo responder aos anseios da sociedade, assumindo, neste momento crítico, o papel histórico de defesa da democracia e procedendo a um julgamento que poderá definir um marco histórico para o país.

Lista dos 22 grupos do Facebook que subscrevem esta manifestação, congregando 57.758 membros.

Coordenação: Queremos Ética na Política: 881 membros

https://www.facebook.com/groups/eticanapolitica/

Entidade parceira: TRANSPARÊNCIA BRASIL

http://www.transparencia.org.br/ 

22 grupos signatários = 57.758 membros

- ABN - Associacao Por Um Brasil Novo: 1.053 membros

https://www.facebook.com/groups/161847920577608/

- Anti-corrupção: 1.166 membros

https://www.facebook.com/groups/AntiCorrupcao.BR/

- BH contra a Corrupção: 1.638 membros

https://www.facebook.com/groups/251997914836912/

- Colégio de Líderes por um Brasil Ético: 27 membros

https://www.facebook.com/groups/brasilsempt/

- ETIPO - Ética na Política: 81 membros

https://www.facebook.com/groups/342670805753750/

- Fala Santa Maria de Jetibá: 1202 membros

https://www.facebook.com/groups/santamariareclamacoes/

- Fala Vitória 156 : 4.384 membros

https://www.facebook.com/groups/falavitoria/

- Ficha Limpa Para Todos os Cargos: 1.686 membros

https://www.facebook.com/groups/ficha.limpa/

- Impostos e Impostores: 1.513 membros

https://www.facebook.com/groups/impostos.e.impostores/

- Marcha pela Ética: 3.835 membros

https://www.facebook.com/groups/eticasempre/

- Mensaleiros na Cadeia (Comunidade): 1.703 “curtiram”

https://www.facebook.com/pages/Mensaleiros-na-Cadeia/241204522564230

- Mensalômetro (Comunidade): 381 “curtiram”

https://www.facebook.com/pages/Mensal%C3%B4metro/351276648256723

- Movimento contra a Corrupção em Vitória: 490 membros

http://www.facebook.com/groups/movimentocontracorrupcaovitoriaes/

- Movimento 31 de Julho: 840 membros

https://www.facebook.com/groups/347805985251486/

- Movimento Endireita Brasil: 6.962 membros

https://www.facebook.com/groups/109633552411699/  e

https://www.facebook.com/profile.php?id=100001043026636

- Ordem no Congresso: 4.444 membros

https://www.facebook.com/groups/ordem.no.congresso/

- Que Brasil Nós Queremos: 16.053 membros

https://www.facebook.com/groups/quebrasilnosqueremos/

- Sou oposição mesmo; sou gente comum; não sou político: 107 membros

https://www.facebook.com/groups/SOUGENTECOMUM/

- Tenho vergonha dos políticos corruptos do Brasil: 7.248 membros

https://www.facebook.com/groups/48864783818/

- Verdadeiros Democratas Brasileiros: 1.292 membros

https://www.facebook.com/groups/149391938439655/

- Xo Corrupção: 1.613 membros

https://www.facebook.com/groups/140285726079276/

Guerra institucional

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou ontem uma proposta de emenda à Constituição que cria uma relação de confronto com o Executivo e o Judiciário.

A PEC amplia os poderes do Congresso para sustar atos normativos de outros Poderes "que exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de delegação legislativa".

Pelo menos em formato de PEC, o legislativo reconhece que é preciso começar a legislar – e não ficar apenas usando seu poder para fazer negócios nada republicanos...

Bingo neles

A petralhada está com a agulha na seringa por causa de uma intenção tática da Comissão Parlamentar Mista (CPMI) do Cachoeira.

Deputados e senadores de oposição querem desarquivar os documentos produzidos pela CPI dos Bingos, que funcionou no Senado há seis anos.

A ideia é apurar as ligações do empresário goiano Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com os atores do submundo do governo Lula que faziam lobby pela legalização dos jogos de azar no Brasil.

Governo paralelo

Para tentar se blindar, evitando que a CPI atinja a si próprio e seus aliados políticos e de negócios, o chefão Lula da Silva botou ontem seu governo paralelo para funcionar.

Fez uma reunião de quatro horas com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio da Alvorada, para unificar o discurso do PT e do governo no Congresso

Lula juntou Dilma e os ministros da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho; da Educação, Aloizio Mercadante; da Fazenda, Guido Mantega, além do ex-ministro da Comunicação Social, Franklin Martins.

Voar é preciso

Oficialmente, Lula foi a Brasília para participar do lançamento do documentário “Pela primeira vez”, de Ricardo Stuckert, fotógrafo oficial dos seus dois mandatos, sobre Dilma Rousseff.

Lula baixou no Detrito Federal em um jato fretado pelo Instituto Lula.

Aluguel da aeronave: em torno de R$ 30 mil.

Operação Delta

A ordem unida do chefão $talinácio é para que a CPI se limite a investigação de contratos da empreiteira Delta – de preferência que não atinjam o Planalto e seus aliados.

O cagaço petralha é que o ex-diretor do Dnit, Luiz Antonio Pagot, tente escancarar detalhes de contratos do Ministério dos Transportes com a construtora de Fernando Cavendish.

A estratégia de tirar Cavendish, momentaneamente, da direção da Delta faz parte do esquema de montagem do foco sob controle para evitar problemas.

Enganando quem?

A Delta patrocina o teatrinho de que sua auditoria interna terá liberdade para investigar as práticas da empreiteira em suas relações políticas e de negócio.

O ilusionismo tenta apenas esconder que Fernando Cavendish permanece como controlador da Delta.

Alem disso, não dá para esconder que a empresa é dependente de contratos com governos para sobreviver e lucrar.

Inutilidade

O novo presidente da construtora Delta, Carlos Augusto Verdini, encaminhou ontem à CPI do Cachoeira documentos da empresa que, nas palavras dele, ajudariam nas investigações.

Só que os documentos encaminhados contém apenas informações sobre a empresa que são de domínio público.

Para ter balanços contábeis e detalhes de suas atividades ninguém precisaria da ajuda da direção da Delta...

Cachoeiragem

O criminalista Márcio Thomaz Bastos já mostra a que veio.

A defesa de Carlinhos Cachoeira vai pedir para o Supremo Tribunal Federal não enviar imediatamente o inquérito da Operação Monte Carlo à CPI.

O advogado do senador Demóstenes Torres (DEM-GO) entregou ontem ao Conselho de Ética do Senado a defesa do parlamentar, que responde a um processo por quebra de decoro.

O homem invisível

O líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias, apresentou ontem um requerimento para convocar o contador Geovani Pereira da Silva para depor na CPI do Cachoeira.

Seria bom mandar uma cartinha lá para a Flórida, onde o tesoureiro do esquema de Cachoeira estaria escondido.

Nos bastidores, poderosas figuras ligadas a Cachoeira e Geovani negociam uma delação premiada para ele se apresente a Polícia Federal, mas só revele aquilo que não comprometa os esquemas do Palácio do Planalto e aliados.

Sócio do homem

Preso ontem, o engenheiro Cláudio Dias de Abreu, ex-diretor regional da Delta Construções no Centro-Oeste, foi identificado pela Polícia Federal como sócio oculto do bicheiro Carlinhos Cachoeira, no esquema de lavagem de dinheiro.

A proximidade de Cláudio Abreu e Carlinhos Cachoeira era tanta que, em conversa gravada pela PF, o engenheiro sugere ao bicheiro que assuma a direção da Delta no Centro-Oeste.

Abreu e Cachoeira também tinham parceria na compra de imóveis, segundo a PF.

Cupins tarados

Um renomado psiquiatra forense paulistano está inconsolável.

Cupins comeram os primeiros e mais antigos exemplares de sua coleção de revistas Playboy – desde quando ela ainda se chamava “Homem”.

As revistinhas com mulheres peladas valiam alguns milhares de reais...

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 26 de Abril de 2012.

8 comentários:

José de Araújo Madeiro disse...

Serrão,

Infelizmente a imprensa está dominada. Esta é a última instância de preservação da nossa liberdade diante de um Poder Totalitário.

E agora, o Rei Lula vai a Brasília procurando dar um CHEQUE MATE nas Instituições Brasileiras. Desta vez, age no contexto da C PI Mista do Cachoeira para anular o caso do mensalão, desarticular a oposição e manter o Projeto de Poder PTralha, permanecendo ele na sua liderança. Com isto, ele espera obter a impunidade pelos seus crimes e desastres na Gestão da República Brasileira.

E o STF se enquadra às manobras do Lula porque seus ministros não passam de cortesães do Poder PTralha.

Abs, Madeiro.

Cavaleiro do Templo disse...

Serrão, postei: http://cavaleirodotemplo.blogspot.com.br/2012/04/lewandowski-foge-de-manifesto-apoiado.html.

Se possível e interessante, junte forças conosco: http://www.youtube.com/watch?v=rduzGdShJWM

Abraços

Anônimo disse...

Jorge

O julgamento do mensalão, jamais irá acontecer. Ver dirceu, lulla e outros bandidos no banco dos réus e condenados por corrupção? Logo, pizza! Mais uma!

Impossível meu caro! A Nomenclatura está extremamente bem solidificada em qualquer dos três pilares de uma democracia, legislativo, judicial e executivo! Repare, nós vivemos num regime soviético fortemente ocultado. Um capimunismo tal como a China!

Mais ainda, ele foi implantado e solidifica com a ajuda dos militares, sempre usando o gramscismo: os militares têm o apoio da população ou do povo! Mas apoio de quê e para quê se são uma instituição tal como qualquer pilar da democracia? Foram corrompidos, gostaram da constante lavagem cerebral onde eram elogiados com a aceitação popular. Acreditaram e agora, fazer o quê desses imbecis, desses pobres diabos, dessas pobres criaturas estúpidas demais até para terem um só neurônio? Nem compaixão merecem, simplesmente, asco!
Onde se viu chefes militares quase nove anos no poder? Só em ditaduras soviéticas!

Outra coisa, que faz correr de novo collor de melo? Correu para impedir a revelação de documentos secretos durante seu governo, nomeadamente relacionados com os EUA. Agora, deu ordem para que nada de nada vazasse da CPI do Cachoeira.

Tanto medo? De quê? Que m@erda fez ele durante sua passagem pela política que o leve a ter tanto medo? Magia negra? Ora, todo mundo sabe disso! Um pobre diabo que acredita nisso! Sua colossal fortuna que o leva a comprar luxuosos carros acessíveis a sultões ou barões da droga? Tal como ao louco do lulla, ninguém quer investigar? O dinheiro veio do cargo que ele ocupava no governo lulla? Por isso tem medo dessa CPI?

O hospital Sirio-Libanês já è mesmo do lulla? Por isso seu gabinete presidencial, lá? De fato o edificio è imponente!

Quem pagou sua despesa e está pagando o "instituto" lulla? As palestras? Ora, ora! Ninguém investiga? Por quê a terrorista está sempre ao colo do lulla pedindo-lhe conselhos? Afinal quem manda no Brasil? Dois doentes? Duas aberrações soviéticas e corruptas? Se não está preparada para exercer esse cargo, aliás ilegitimo pois foi eleita por urnas 100% manipuláveis e sem direito a recontagem de votos, onde se apoia a sua legitimidade para governar? Só por ser o tal "poste"?

Bem, resumindo, estamos por conta própria. Bom motivo para uma guerra civil bem sangrenta!

Domaneskovisky disse...

Grande J. Serrão, parabéns pela perseverança. O Brasil já é comunista e a maioria não descobriu. O MCI comanda todo o esquema.Há um fator novo: China, que quando aportar sua esquadra em nossa costa, acabou. A atual elite hegemônica tentará em vão safar-se.
Que venham, por aqui não passarão.
Nekan Adonai

Domaneskovisky disse...

Grande J. Serrão, parabéns pela perseverança. O Brasil já é comunista e a maioria não descobriu. O MCI comanda todo o esquema.Há um fator novo: China, que quando aportar sua esquadra em nossa costa, acabou. A atual elite hegemônica tentará em vão safar-se.
Que venham, por aqui não passarão.
Nekan Adonai

Anônimo disse...

Golpe de Estado em andamento promovido por um louco e doente canceroso, pelo PT, pelo PC do B com total apoio da terrorista e aval da "base aliada" incluindo-a a "oposição"!

"Lula, o PT e seus sequazes nem sequer disfarçam. A CPI que é um recurso político da minoria, desta feita foi convocada pela maioria, isto é, pelo PT e seus asseclas, ou seja aquele bando de picaretas com assento no Congresso Nacional que atende pelo designativo de "base aliada". O mentor da CPI é Lula que, segundo matéria do site de O Globo, avisou que vale a pena correr riscos para alcançar os resultados: massacrar a Oposição.
Em resumo: a Nação calada consente que o parlamento brasileiro seja utilizado como palco de um embuste, uma pantomima diabólica engendrada pelo cérebro de Lula que, provavelemente, foi afetado pela quimioterapia. O futuro dirá se isso é uma simples ilação. Lula pode ser daqueles que acham que por estar com o pé na cova podem fazer o que bem entendem.

(...)

Notem por exemplo, que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou nesta quarta-feira, por unanimidade, uma proposta de emenda constitucional (PEC) que permite ao Congresso sustar decisões do Poder Judiciário. Atualmente, o Legislativo pode mudar somente decisões do Executivo. A proposta seguirá agora para uma comissão especial.

Essa proposta de emenda constitucional é mais um passo em consonância com as diretrizes do Foro de São Paulo, a organização comunista fundada por Lula, Chávez et caterva. Quanto a isso não há dúvida nenhuma. Caso esses tarados ideológicos do PT consigam aprovar essa afronta ao Estado de Direito Democrático, consuma-se um Golpe de Estado puro e simples.

(...)

Em outras palavras, a aprovação dessa PEC destrói o principal fundamento do Estado de Direito Democrático.

Em todos os países latino-americanos sob a direção do Foro de São Paulo, como a Venezuela, Bolívia, Equador, Nicarágua, Argentina, Paraguai e Uruguai assiste-se ao desmonte das instituições democráticas. O método aplicado é que é diferente de país para país, embora o objetivo seja o mesmo.

(...)

Ninguém reflete sobre tudo isso. Tanto é que Lula e seus sequazes continuam dando as cartas e conseguem, até mesmo, criar um CPI fajuta para a realização de suas ambições de poder absoluto, enquanto a massa de orelhudos fala à boca pequena que o PT não sai mais do poder."

http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2012/04/brasil-beira-de-um-golpe-de-estado.html

Anônimo disse...

A proposta do PT autoria do deputado federal Nazareno Fonteles (PT-PI) e altera o inciso V do artigo 49 da Constituição Federal.

"CCJ aprova PEC sobre sustação de atos do Judiciário

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados (CCJ) aprovou nesta quinta-feira (25/4) a Proposta de Emenda à Constituição 3/2011, que autoriza ao Congresso sustar atos normativos do Judiciário. O texto é de autoria do deputado federal Nazareno Fonteles (PT-PI) e altera o inciso V do artigo 49 da Constituição Federal. A CCJ aprovou o parecer do relator, e agora a proposta segue para uma comissão especial. Depois, se aprovada, vai à votação em plenário.

O inciso, como está hoje, diz que o Congresso pode “sustar os atos normativos do Poder Executivo que exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de delegação legislativa”. Pela proposta de alteração, a redação do texto passa a afirmar que o Congresso pode “sustar os atos normativos dos outros Poderes que exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de delegação legislativa”.

De acordo com a justificativa do deputado Fonteles, o inciso V do artigo 49 deixa uma “lacuna” entre os poderes Legislativo e Judiciário, pois permite que os parlamentares interfiram apenas nos atos normativos do Executivo. "Nada mais razoável que o Congresso Nacional passe também a poder sustar atos normativos viciados emanados do Poder Judiciário, como já o faz em relação ao Executivo", argumenta o deputado."

(...)

http://www.conjur.com.br/2012-abr-25/ccj-camara-aprova-pec-autoriza-congresso-sustar-atos-judiciario

Martim Berto Fuchs disse...

Apoio todas manifestações neste sentido, mas gostaria de frisar que apoiaria muito mais se congregássemos 57.758 membros para debater um novo contrato social, sob um novo paradigma.

Ter que implorar para que o STF se digne julgar um processo que já deveria ter sido julgado há muito, mostra o quanto a atual estrutura de Poder está defasada da vida real. Não deveria ser necessário que fossemos cobrar de um dos poderes aquilo que não passa da sua obrigação; zelar por uma democracia sempre oscilante, onde os interesses externos se sobrepõem aos interesses da sociedade.

Nesta disputa entre liberalismo cristão, capitalismo selvagem, e autoritarismo de estado, totalitarista e ateu, quem perde somos nós, povo, à quem cabe em última análise pagar a conta com nosso trabalho escravo legalizado.

A briga está entre os comensais da Corte, onde o grupo atualmente com a chave do cofre na mão, os sindicalistas, querem nos levar da Monarquia Republicana que nos encontramos para o retrocesso não da Monarquia Absolutista, mas do Estado Absolutista, que afinal, consta do seu propósito desde a fundação.

É disto que temos que nos livrar se queremos pensar em democracia, usufruindo de liberdade com responsabilidade e dignidade.

http://capitalismo-social.blogspot.com/2011/12/3-poder-constituinte.html