quinta-feira, 12 de abril de 2012

Processo que corre em segredo judicial investiga Luiz Marinho por eventual ameaça a juíza e promotor do ABC

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net Leia mais artigos no site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

O chefão Lula da Silva ficou tenso com a divulgação, pelo Diário do Grande ABC, de que seu afilhado político, o prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, é investigado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo por eventual crime de formação de quadrilha, coação e ameaça de morte contra um promotor e uma juíza que atuam em um processo que se enrola há 20 anos. Confirma-se a previsão de que o PT e seus dirigentes sofrerão uma onde de ataques nas esferas policial e judicial. O objetivo é varrê-los do poder político que viabiliza esquemas empresariais em que faturam alto.

A ação contra Marinho corre em “segredo de Justiça”, porque o prefeito tem foro privilegiado para ser investigado diretamente em segunda instância. Quem comanda o processo é o desembargador Fábio Gouvêa, da 10ª Câmara de Direito Criminal, no Fórum João Mendes. O magistrado devolveu o caso à 3ª Vara Criminal de Santo André, pedindo mais informações. Não há data para a conclusão das investigações judiciais que investigam, além de Luiz Marinho, o assessor de Gabinete dele, José Albino (PT), os vereadores Manoel Eduardo Marinho - o Maninho (PT-Diadema) -, e Marcelo Lima (PPS-São Bernardo) e Ricardo Silva Rodrigues, ex-assessor do PPS.

A investigação decorre de denúncia anônima feita no dia 27 de dezembro à Secretaria Estadual de Segurança, afirmando que Marinho, Albino, Maninho e Ricardo articulavam ameaça a promotor e juíza no dia 18 de janeiro. A denúncia deu detalhes de como seria a ação, citando números dos telefones dos suspeitos e quais armas seriam utilizadas. No dia 28 de dezembro, o SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Santo André determinou a abertura de inquérito para apurar as acusações de ameaça contra o promotor e a juíza que trabalharam no processo da Estrada do Montanhão, que corre na Justiça há 20 anos. Como de costume, os investigados negam qualquer relação com o caso.

PT punido no bolso

Outro indicador de que o Partido dos Trabalhadores sofrerá ataques ainda mais pesados.

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral desaprovaram ontem as contas do PT referentes a 2005.

Como punição, o partido ficará por um mês sem os R$ 3,8 milhões do Fundo Partidário.

Gastos inexplicáveis

No julgamento, o relator, ministro Gilson Dipp, reclamou que o o PT não apresentou informações complementares de pagamento de passagens e diárias no valor de R$ 166 mil.

Segundo Dipp, o partido também usou indevidamente recursos do Fundo Partidário para o pagamento de contas de telefones particulares, multas de trânsito e bebidas alcoólicas, no total de R$ 11 mil.

Ainda deixou de registrar o valor de R$ 1 milhão pago à Companhia de Tecidos Norte de Minas, o que representa quase 5% do total do valor recebido pelo partido do Fundo Partidário em 2005, no valor de R$ 24 milhões.

Lista que cresce

O deputado Protógenes Queiroz (PC do B-SP) negou ontem qualquer vinculação com o grupo do empresário Carlinhos Cachoeira, um dos principais lobistas pela legalização dos jogos de azar no Brasil.

Protógenes negou ter sido o autor do requerimento de criação de uma CPI para investigar a ligação de políticos com Cachoeira.

Mas o parlamentar fica em situação complicada porque teria sido flagrado pelas escutas da Polícia Federal em pelo menos seis conversas suspeitas com um dos mais atuantes integrantes do esquema do bicheiro goiano.

Quem decide

O pedido de habeas corpus da defesa de Carlos Augusto de Almeida, o famoso Carlinhos Cachoeira, será decidido pelo ministro Gilson Dipp, da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça.

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça, recusou a relatoria do caso, por ser de Goiás.

Cachoeira deve ser solto, mas o grande temor geral é que tenha feito um “acordo” de delação premiada em que se compromete a não envolver a petralhada com seus negócios.

Ligações previsíveis

A Polícia carioca identificou um elo entre as facções criminosas Comando Vermelho, do Rio de Janeiro, e o PCC, de São Paulo.

Esse foi o principal resultado de uma operação realizada ontem pelo Ministério Público, Polícia Militar e o Gaeco que prendeu 13 suspeitos e deixou dois mortos.

Aliás, não por acaso, o desembargador Adilson Vieira Macabu, do Superior Tribunal de Justiça, negou habeas corpus ao traficante Fernandinho Beira Mar, que seria um dos elos de ligação entre o CV e o PCC.

Beija mão do poder real

Depois do encontro com Obama e grandes dirigentes empresariais nos Estados Unidos, a Presidenta do Basil tem outra convocação para conversar ao pé do ouvido com os principais dirigentes da Oligarquia Financeira Transnacional.

Brevemente, Dilma Rousseff vai a Londres encontrar a rainha Elizabeth II e o premier David Cameron.

No mesmo encontro, conversará com grandes empresários transnacionais do Reino Unido e adjacências...

Loba do volante

Equipe do brasileiro Bruno Senna na Fórmula 1, a Williams contratou a “pilota” escocesa Susie Wolff, uma linda loura de 29 anos, para ajudar no desenvolvimento de seu carro para a temporada 2012.

Frank Williams anunciou ontem que a moça ajudará nos testes de simulador e em outros desafios técnicos:

"Susie é talentosa, com sucesso e altamente profissional".

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 12 de Abril de 2012.

2 comentários:

Anônimo disse...

Vale à pena assistir a coragem deste Patriota







http://youtu.be/eDi-IC0VZJo

Anônimo disse...

Esse senador demóstenes, foi mesmo uma desilusão, porque afinal ele è mesmo um malandro! Não apenas ele!

"(...)

Carlinhos Cachoeira foi investigado pela Polícia Federal na Operação Monte Carlo. Durante a investigação, Demóstenes e Cachoeira tiveram 298 ligações telefônicas interceptadas. Era mesmo uma grande amizade. Apesar disso, o senador chegou a afirmar que não sabia do envolvimento de Cachoeira com a máfia dos caça-níqueis. Como poderia um parlamentar – antes tão atento – sequer saber a profissão de amigo tão íntimo?

Apesar do excelente salário de senador da República, Demóstenes sempre pedia dinheiro ao amigo – mesmo sem saber exatamente sua atividade econômica ou profissão, como alega. Que mania estranha essa de pedir dinheiro emprestado para amigos, senador! Mas Demóstenes tinha outro estranho hábito: o de vazar informações de reuniões oficiais para Cachoeira. Seria esta uma forma de compensar tantos empréstimos?"

(...)

http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/demostenes-x-cachoeira-as-relacoes-promiscuas-de-um-senador/