domingo, 13 de maio de 2012

Não foge, Mensaleiro... Não foge, não...

Artigo no Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão

O Jornalismo Político-Estratégico e a Inteligência em Marketing têm o dever de pesquisar informações verdadeiras, conceitos corretos e metodologias adequadas para analisar a conjuntura e prever os cenários mais prováveis. Quem faz isto já percebeu, há muito tempo, que estamos mais próximos que nunca de uma ruptura institucional. A maioria não agüenta mais o modelo de Estado Capimunista comandado pelo Governo do Crime Organizado – definido como a associação delitiva entre bandidos e servidores públicos. Só falta a reação para acabar com esta cleptocracia.

O julgamento do Mensalão – até agora agendado para o Dia de São Nunca – pode ser o divisor do mar de lama. Ainda mais quanto vem do esgoto o informe de que os mensaleiros já estudam até alternativas de fuga, pois vislumbram o altíssimo risco de condenação e prisão imediatamente após a sentença. Eles já sabem que julgamento no Supremo Tribunal Federal não cabe recurso – a não ser a Deus ou ao Diabo. José Dirceu, Delúbio Soares e Marcos Valério têm grandes chances de condenação por formação de quadrilha e corrupção ativa.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal que pensam em condenar os mensaleiros já devem ser alvos de pressões terríveis nos bastidores do mundo político e togado. Até porque o governo do Crime Organizado não brinca em serviço. Imagina se já não rolam ameaças veladas, do tipo: “Ministro, se fulano for condenado, cuidado, porque pode acontecer alguma coisa sua mulher, sua filha ou seu filho”. Alguém duvida que pressões deste tipo aconteçam? Melhor não duvidar. Mas se a ameaça pode se concretizar, aí são outros quinhentos - milhões de dólares...

A máfia tupiniquim opera de maneira violentíssima. Vide os casos Celso Daniel e Von Richthofen. O primeiro é um crime político evidente. E não há interesse em se chegar ao verdadeiro mandante. O segundo, um hediondo crime familiar, agora de briga por uma herança milionária no exterior, gerada com a ajuda de esquemas políticos que abafam o desfecho judicial. Os dois famosos homicídios retratam o Governo do Crime Organizado no Brasil. Até porque, sem parafrasear Balzac, por trás da construção de grandes fortunas costumam se esconder crimes maiores ainda...

O leitor Paulo Figueiredo chamou bem a atenção na área de comentários sem censura do Alerta Total: Por que a “oposição” não se manifesta sobre o caso Celso Daniel??? Não é muitíssimo estranho??? Deixa de ser estranho quando observamos que há um pacto de silencio entre PT e PSDB. Tucanos não tocam no “caso Celso Daniel”; e a petralhada nada fala sobre o “caso Suzane von Richthofen”. Troca de gentilezas???? Nem tanto. Os dois casos são muito comprometedores aos dois partidos. Por que o caso Suzane von Richthofen corre em “segredo de justiça” e o pessoal do PT não fala nada sobre o assunto? Isso pode explicar porque o pessoal do PSDB se cala sobre o caso Celso Daniel.

Voltando ao risco de fuga dos mensaleiros. Tal hipótese não é fácil de se concretizar. Hoje não há para onde fugir neste mundo globalitário. A situação é ruim até para o bandido que é parceiro da Oligarquia Financeira Transnacional. Os donos do mundo costumam “deletar” os margiranhas que caem em desgraça. Dá para escapar por algum tempo, mas não por muito. E quando a casa cai, o bandido perde completamente a antiga parceria com os controladores do Estado.

Por isso, a maioria dos ministros do STF deve estar com a toga na seringa. Sabem que sua decisão pode ser a gota d´água para uma ruptura institucional no Brasil. Se os mensaleiros forem perdoados, a Justiça se desmoraliza de uma vez por todas. Se forem condenados, com certeza, o esquema do crime organizado tende a reagir violentamente. Bandido político é previsível. Em geral, cumpre a ameaça que faz, quando a casa cai.

No mensalão, até agora, nenhum envolvido abriu a boca porque não houve punição. Se houver, muito arquivo vivo pode abrir o bico para não virar arquivo morto, e as revelações podem aprofundar o caos institucional. Será necessária uma limpeza imediata da sujeira. Quem cumprirá o papel de lixeiro? Eis a questão para uniformizados e fardados debaterem com mais profundidade.

O maior temor dos ministros do STF ainda não é com as possíveis ameaças ocultas que possam sofrer e nem com as prováveis condenações eu possam impor à maioria dos 38 réus. O grande cagaço é como definir o tamanho das penas dos mensaleiros. É aí que a toga vai torcer a porca. Não vai pegar bem perante a opinião pública se alguns ministros – dentre os nomeados pelos esquemas petistas – aplicarem o famoso “rigor seletivo”, pegando pesando com uns condenados e aliviando aqueles companheiros mais poderosos...

A maioria dos brasileiros e brasileiras (royalties para o Imperador Perpétuo do Maranhão) não agüenta mais tanta roubalheira, injustiça e impunidade. O abafamento em curso do escândalo do Cachoeira só vai agravar o descontentamento popular com o que pode acontecer caso o mensalão também acabe sem punição. A Justiça jamais pode se desmoralizar. Se ela falha, o caos institucional se instaura. O resultado disto é incerto.

Melhor não investir no risco de um banho de sangue – jamais antes visto em nossa história...

Chega de Impunidade

Confira a íntegra das 122 páginas do relatório do Mensalão produzido pelo relator Joaquim Barbosa:
http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/noticiaNoticiaStf/anexo/relatorioMensalao.pdf

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 13 de Maio de 2012.

7 comentários:

Anônimo disse...

Serrão, boa tare e Feliz Dia das Mães!

Tem uma coisa que se chama em psicologia junguiana que resume o que vai acontecer no Brasil logo, logo: atividade ou compensação enantiodrômica. Isso é inevitável, ainda mais que nossa pátria, com inclinação nitidamente espiritual, cristão, foi corrompida com a anuência de sua própria gente.

E débito justo e perfeito, portanto, já está a caminho.

Minha convicção é a seguinte: é importante e fundamental que "este" Brasil... bata colunas - logo!

Você ainda não disse onde o passarinho vai cantar, entende?

As avezes, os bichos do mato presentem tudo com antecedência, Serrão.
Abraços,

País de Otários disse...

Os novos elos da conexão dos bingos
Na reta final, CPI descobre 151 telefonemas entre o líder do PT e os chefões do jogo no País, suspeitos de doar ilegalmente R$ 1 milhão para a campanha de Lula em 2002
Por Hugo Marques

Anônimo disse...

Jorge

Seu texto, como sempre límpido, lógico e profético.

Mas, acredite, pelo que assistimos diariamente, o STF vai inocentar os bandidos do mensalão porque o louco do canceroso não pode ficar de fora. Quanto ao Cachoeira, bem, quem mesmo?

Quanto aos militares, eles dividem-se em duas categorias: os leões que são os soldados, cabos e sargentos. Os oficiais, que são os cordeiros, as ovelhinhas! Logo, temos leões comamdados por ovelhinhas!

Vida que segue... Ave atque Vale! Fique com Deus.

augusto disse...

Se na cabralândia uma juíza foi assassinada por cumprir o seu dever, imagine lá na ilha da fantasia, que o crime é muito mais organizado. Os juízes devem reforçar e muíto as suas seguranças e de suas famílias.

Carlo Germani disse...

Excelente texto Jorge Serrão.Você é uma das poucas exceções que consegue "decodificar" a realidade (trágica) brasileira.Análise pontual e profética.Parabéns!

Coronel Humberto Pinto disse...

Ilustre Jornalista
JORGE SERRÃO

O balão - balão junino - e as Festas Juninas , no Brasil, foram as primeiras vítimas dos "ambientalistas", a partir da farsa da ECO 92

Vivam brasileiros!

"Quem pariu mateus que o embale"

O Poder Militar está pronto, como sempre esteve, para recolocar o Brasil nos eixos.

Quem viver verá!

Martim Berto Fuchs disse...

Pode não ser o pensamento mais correto, mas está na hora, infelizmente, de outra ruptura, pois do jeito que a coisa vai, estamos comprometendo não só nosso futuro, mas das próprias crianças, sendo “educadas” num sistema pelo menos arcaico.
As esquerdas brasileiras querem desmontar a cultura judaico-greco-romana, mas não sabendo como, estão trocando os pés pela cabeça.
Primeiro, nem sequer tem proposta para ser debatida, pois fazem tudo à solapa. Segundo, esta estratégia de forçar a barra para levar ao caos e depois aparecer como mocinho, está por demais manjada.
A verdade é que estão abusando da ignorância, por desespero, e isto pode sim trazer conseqüências bem desagradáveis.

http://capitalismo-social.blogspot.com/2011/12/5-eleicoes-para-o-poder-constituinte.html