terça-feira, 8 de maio de 2012

Novo julgamento do caso Celso Daniel ainda não atinge quem realmente mandou matar o prefeito petista

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão

O julgamento do cadáver politicamente insepulto, que apavora a petralhada, tem mais um capítulo na quinta-feira. Não devem surgir novidades do julgamento – e provável condenação – dos cinco acusados de sequestrar, seviciar, torturar e matar, em janeiro de 2002, o ex-prefeito petista de Santo André, Celso Daniel. Curioso como este não é o primeiro caso grave de violação violenta dos direitos humanos a ser investigado pela Comissão da Verdade...
Quem realmente mandou matar Celso Daniel nunca deve ir a julgamento. Seu nome dificilmente será pronunciado nos tribunais. O julgamento do suspeito de terceirizar a ordem de assassinato, o empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, ainda não tem data para acontecer. A tese mais provável para o fim de Daniel é que o ex-prefeito atrapalhou o esquema de corrupção naquela cidade do ABC que ajudava a financiar campanhas eleitorais e outros mensalões ocultos da petralhada.

Daniel seria o coordenador financeiro da campanha presidencial de Lula em 2002. O cargo foi herdado por Antônio Palocci Filho. O curioso é que Daniel administrava Santo André - uma cidade com denúncias de corrupção. Mais sintomático ainda é que Palocci também foi prefeito de Ribeirão Preto – outra grande cidade com denúncias idênticas. E tudo isto aconteceu bem antes de estourar o escândalo do mensalão – que ainda permanece impune e tem tudo para assim continuar.
Enquanto não chega a hora de Sombra (que, por um milagre, pode revelar algo novo sobre o brutal crime), o juiz Antonio Hristov, da 1.ª Vara da Comarca de Itapecerica da Serra, presidirá o juri popular de cinco acusados de participação no hediondo assassinato: Ivan Rodrigues da Silva, o Monstro; Rodolfo Rodrigo dos Santos Oliveira, o Bozinho; Elcyd Oliveira Brito, o Jonh; Itamar Messias Silva dos Santos e José Edison da Silva. Acusado de dirigir um dos carros do sequestro, Marcos Roberto Bispo dos Santos, o Marquinhos, foi condenado, em novembro de 2010, a 18 anos de prisão.

O caso apavora a petralhada – que defende a absurda tese de crime comum, e não político. Em 2005, Bruno José Daniel Filho, irmão de Celso Daniel, revelou à CPI dos Bingos do Senado que o esquema corrupto de Santo André financiava campanhas eleitorais do PT. O Ministério Público sustenta que o prefeito de Santo André foi morto porque tentou acabar com as atividade de uma quadrilha que praticava crimes contra a administração pública da cidade.
A preocupação momentânea da petralhada é com o escândalo de Carlinhos Cachoeira - que pode respingar na cúpula do partido e em seus aliados de negócio mais próximos. Mas a confusão gerada pela CPI é apenas uma boa "justificativa" para dar uma providencial atrasada no julgamento do Mensalão, no Supremo Tribunal Federal. A intenção petralha é que tudo fique para depois da eleição municipal, de preferência no ano que vem.
Enquanto isto, o caso Celso Daniel é sempre uma apurrinhação. Aparentemente, sob controle para punir apenas os peixes pequenos. Mas os tubarões - que ordenaram o crime - sempre ficam com uma rêmora atrás da orelha, com o risco de alguma surpreendente verdade vir à tona no atual mar de lama do Brasil - a caminho de uma ruptura econômica-institucional. 

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.
O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 8 de Maio de 2012.

7 comentários:

Anônimo disse...

Apesar de se tratar de um crime que deixou pistas claras, sua apuração está contando com barreiras intransponiveis, envolvendo o inquérito e a justiça. Parodiando um ex-presidente, são forças ocultas a reger todo o processo. Cagliostro

Anônimo disse...

Mas a petralhada da porra, os petista soviéticos estão medo de quê?

Francamente, a louca terrorista e o psicopata fdp canceroso nomearam os corruptos membros seus vassalos para serem membros da CPI do Cachoeira, que vai inocentá-lo de tudo e alguma coisa, logo estão com medo de quê?

Tenham calma, pois vivemos num regime soviético e imfelizmente a Nomenclatura è muito eficiente, tão eficiente que ao lado do gabineta da louca terrorista tem um espantoso centro eletrônico que vigia a net, telefones, celulares neste país!

Qualquer aviso, a louca terrorista è logo informada e seguidamente o fdp do canceroso!

Calma petralhada da porra! O povo è manso e estupido! Nem todos, claro!

i disse...

DE BOI A CAVALEIRO
O povo é, e sempre foi, manipulado. Suas ideias, costumes, tendências são ditadas por uma mídia manipuladora e dominadas por um interesse maior, global, que conduz os pobres mortais como gado ao matadouro.
No passado o atalaia subia os muros da cidade e avisava o povo dos perigos que se aproximavam, nas horas amenas proclamava as ordens e editos do rei. Hoje as notícias circulam em uma velocidade vertiginosa quer pela rede televisiva, pela internet, telefones móveis, etc. A manipulação de ideias e opiniões tornou-se mais eficiente. O que hoje é ditado em Londres acontece em segundos no Arroio Chuí ou em Calcutá.
Na metáfora de David Icke, vemos um boi que reúne o rebanho e diz mais ou menos assim:
_ “Amigos, vocês se lembram daquele caminhão bonito que esteve aqui ontem e que os homens disseram que iriam levar nossos irmãos para passear por novas e verdejantes pastagens, água fresca e novilhinhas novas? Pois fiquei sabendo que os levaram foi para um tal de matadouro e todos foram mortos.”
_ “Tá maluco touro velho? Larga de onda e de dizer asneiras.”
E continuaram a pastejar.
A cada nova semana a sanha dos partidos políticos ousa invadir nossos lares através da telinha nos convidando para novas pastagens. O destino é sempre o mesmo, o matadouro. Mudam os condutores do caminhão bonito, com seus discursos vazios, cheios de falsas promessas. E o povo embarcando.
É urgente que a população reconheça sua força, que faça com que os manipuladores e oportunistas vistam seus pijamas listados e se recolham aos seus covis.
Se quisermos um Brasil novo e forte temos que reagir. Chega de se ouvir que a Pátria Amada idolatrada e salve, salve é o país do futuro. Precisamos do Brasil do agora, o hoje é o que nos pertence.
Se ainda és um boi mude sua condição. Como bem disse Geraldo Vandré, aprenda a dizer não, monte em seu cavalo, assuma o comando firme das rédeas, e galope. Durante o galope sua visão se tornará mais clara e, enfim, acordarás.
Afe!
SRN
Ivon Corrêa- produtor de leite

Martim Berto Fuchs disse...

Em crimes desta magnitude, que eventualmente poderiam respingar em um ex-Presidente da República, a verdade jamais virá a tona. Digo isto agora, pois estava lendo outro dia sobre os assassinatos de Kennedy e Luther King. Todos sabem que as conclusões finais foram forjadas, mas ninguém arrisca passar daí.
No caso Celso Daniel também; vão condenar esses que já estão em julgamento e ponto final. Da justiça dos homens a turma do PT escapou, mas não da justiça divina. Não vem ao caso se acreditam ou não, mas “o que fizestes ontem, pagarás hoje e o que fizeres hoje pagarás amanhã”. Desta Lei ninguém escapa, independente de quem nomearem para o STF.

http://capitalismo-social.blogspot.com/2011/12/3-poder-constituinte.html

Anônimo disse...

Cabral e Paes serão gays não assumidos?

http://www.blogdogarotinho.com.br/lartigo.aspx?id=10788

Anônimo disse...

O boi vermelho foi o mandante!

Óbvio!

È necessário um desenho?

Paulo Figueiredo disse...

Serrão,
Porque a “oposição” não se manifesta sobre o caso Celso Daniel??? Não é muitíssimo estranho???
Deixa de ser estranho quando observamos que há um pacto de silencio entre PT e PSDB.

O PSDB não toca do “caso Celso Daniel”; e o PT não fala nada sobre o “caso Suzane von Richthofen”. Troca de gentilezas???? Nem tanto. Os dois casos são muito comprometedores aos dois partidos.
Acho que o assunto mereça um artigo especial.

Porque o caso Suzane von Richthofen corre em “segredo de justiça” e o pessoal do PT não fala nada sobre o assunto? Isso pode explicar porque o pessoal do PSDB se cala sobre o caso Celso Daniel.

Abraço