sexta-feira, 20 de julho de 2012

Cartões de crédito no Brasil cobram o juro mais alto da AL, mas Dilma e o BC do B não intervêm na usura

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alertawww.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão

Por que o Governo da Presidenta Dilma Rousseff, que promove a pirotecnia com os juros, ainda não agiu de maneira mais dura contundente com o cartel dos cartões de crédito no Brasil? Motivos não faltariam para o Banco Central do Brasil realizar uma “intervenção”. As empresas do setor – parceiras de bancos – são as recordidas em queixas nos Procons. Além disso, o que justifica que o Brasil tenha os juros de cartão mais elevados da América Latina? São perguntas que o BC do B se nega a responder com medidas que defendam o consumidor.

Por ano, o brasileiro, que efetua parte do pagamento da fatura, paga uma taxa média de 323,14%, mas a autoridade monetária nada faz. Jogando a culpa em uma pretensa inadimplência, os bancos que administram cartões fizeram seus juros crescerem de 237,9% para 323,14%, no mesmo período em que a taxa básica de juros da economia (Selic) caiu de 11% para 8,5% ao ano, de janeiro a junho. Os números foram tabulados em uma pesquisa da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (ProTeste), durante o mês de junho, em 13 bancos e financeiras em sete países da América Latina. Aliás, os juros do cartão não caem há dois anos e quatro meses por aqui.

O Brasil pratica os maiores juros de cartão de crédito na região. Nossos imbatíveis e insuportáveis 323,14% de usura anual ficam longe do segundo colocado, o Peru, onde se cobra uma taxa média anual de elevados 55% no cartão. O Chile vem pertinho, na terceira colocação, com 54,24%. Argentina em quarto, com 50%. México vem na sequencia com 33,8%, quase empatado com a Venezuela (33%). A Colômbia registrou a menor taxa, com 29,23%.

A ProTeste dá uma dica importantíssima. Se não quiser cair na armadilha dessa usura absurda, o consumidor nunca deve tomar a decisão errada de pagar o mínimo da fatura do cartão de crédito. O saldo devedor financiado se torna inviável, com taxas variando entre 9% e 20% ao mês – o que causa realmente aumento da inadimplência. Se fez tal bobagem, antes de acabar com o nome sujo, sai mais barato fazer um empréstimo bancário para quitar essa dívida imediatamente. Os juros da operação serão menores que os juros rotativos cobrados do cartão de crédito.

Perigos da Selic em queda

As nóticias negativas sobre “crise internacional” e a queda da taxa selic no Brasil estão afugentando quem trazia dólares para cá.

Por isso, a equipe econômica de Guido Mantega já teme que o BC do B seja obrigado a intervir pesado para manter o dólar na faixa dos 2 reais.

Se a fuga ou não entrada de moeda norte-americana continuar, o dólar deve passar fácil de R$ 2,20 – o que pode trazer uma crise, com inflação, para cá.

Funcionárias modelo do Senado

Quantas belas moças são contradadas pelo regime especial de frequência, ganhando mais de quatro paus (ops) por mês e não sendo obrigadas a bater ponto no Senado?

A pergunta deveria ser respondida depois da exoneração forçada da escultural assessora do senador Ciro Nogueira (PP-PI), Denise Leitão Rocha, uma advogada de 29 anos de idade, que foi vítima do criminoso vazamento de um vídeo em que ela fazia picantes cenas de sexo.

Denise, que tem uma ousada tatuagem de Fênix bem localizada em seu corpo de modelo, fazia sucesso transitando na Comissão Parlamentar de Inquérito do Cachoeira, onde Ciro Nogueira era membro.

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de sexta-feira 20 de Julho de 2012.

4 comentários:

Anônimo disse...

Oh Jorge, então ainda coloca estas perguntas?

"Quantas belas moças são contradadas pelo regime especial de frequência, ganhando mais de quatro paus (ops) por mês e não sendo obrigadas a bater ponto no Senado?"

Pô, Jorge, são as amantes! E pode crer que "pau", quatro è muito pouco. O que cai por fora vindo das emendas parlamentares? Onde são aplicadas? O brasileiro è garanhão por natureza e, só pensa com o pau quando vês essas gostosonas. Como dinheiro de político não custou a ganhar e nem foi ganho com seu suor, venham daí as gostosonas que a mulhê em casa já è veia!

Anônimo disse...

Maravilha este post da sociologa Maria Lucia Victor Barbosa.

Emocionou-me pela sua clareza.

Vale a pena perderem alguns minutos nas suas vidas para a lerem.

"Porque me envergonho do meu país

Desde que o PT foi entronizado no posto mais alto da República a nação foi se acanalhando. A sucessão de escândalos anestesiou as mentes e poucos se indignam com a imoralidade reinante nos Poderes Constituídos. Os sentimentos populares foram amestrados pela propaganda incessante e o mito do pobre operário foi suficiente para que a corrupção sempre havida alcançasse seu paroxismo sem que nenhum protesto fosse ouvido. Não houve nem partidos, nem instituições, nem grupos de pressão que agissem como oposição ao desgoverno populista, perdulário, enganador.

Lula foi reeleito. Verborrágico como um caudilho latino-americano, debochado como um frequentador de boteco, praticante do autoelogio, ególatra ao extremo, ele conquistou as massas pobres iludidas com bolsas da caridade pública. Atraiu o apoio dos ricos que financiaram suas campanhas e, depois, se refestelaram nos lucros que ele lhes proporcionou. A classe média, especialmente a composta por professores e estudantes universitários, artistas, clérigos da Teologia da Libertação, ou seja, os entusiastas das utopias que prometeram o céu e transformaram a vida em inferno, viram no pelego sindicalista a ansiada personificação do proletário que iria liderar as lutas de classes.

Com Lula lá empunhando seu cetro diante de companheiros e seguidores, o pior da América Latina em termos de governantes se tornou expressivo. E o magnânimo presidente, em detrimento dos interesses brasileiros, facilitou a vida de déspotas travestidos de democratas como Fidel Castro, Hugo Chávez, Evo Morales, Rafael Correa e outros mais. Com tais compadres Lula compartilhou o ódio à liberdade de imprensa, como é também o caso de Cristina Kirchner, sempre adulada pelo petista.

(...)"

http://brasilacimadetudo.lpchat.com/index.php?option=com_content&task=view&id=12681&Itemid=141

Anônimo disse...

dila, lulla, PT e PC do B são sinônimos de genocidios!

Anônimo disse...

Com dilma e lulla no poder, o Foro de São Paulo são os EUA da America Latrina.

A louca terrorista recebeu um novo helicóptero e, daqui a 12 meses, vai ter outro igual. Fora os dois aviões que encomendou e fora os dois herdados pelo fdp do canceroso.

Para quê? Somos o cu da Oligarquia Financeira Transnacional e da Nova Ordem Mundial! Quem nos recebe? Só tiranos e tirametes! O Novo Mundo não quer conversas conosco. Por exemplo, militarmente ninguém nos vende tecnologia nova, mas sim tecnologia ultrapassada. Isso não diz tudo?

Mas quem è dilma? Uma doente mental que odeia homens os trata abaixo de m@rda!