quarta-feira, 4 de julho de 2012

Minoritários de verdade da Petrobrás voltam a cobrar saída de Gerdau e auditoria em gastos de publicidade

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net Leia também o site Fique Alertawww.fiquealerta.net  
Por Jorge Serrão

A Presidente da Petrobrás, Maria das Graças Foster, resolveu fazer uma revisão geral de todo o programa de publicidade da empresa, depois de uma nova e violenta pressão de bastidores feita por investidores minoritários, cobrando mudanças urgentes no Conselho de Administração da estatal de economia mista, para conter a violenta queda de valor de mercado. O investidor baiano Romano Allegro volta a pedir a saída do empresário Jorge Gerdau Johannpeter, alegando que ele falha na representação dos minoritários. Allegro alega que Gerdau foi eleito por fundos estatais controlados pela união federal que dissimuladamente se dizem “minoritários”.

Autor de uma ação judicial para que Gerdau deixe de ser conselheiro, Romano Allegro critica: “O gasto que a Petrobrás faz em propaganda, em comparação com o que as demais empresas concorrentes gastam, é algo que excede em muito o que seria o razoável, acaso fossem mantidas as devidas proporções de cada uma nesse tipo de gastos, em relação às suas respectivas participações de mercado. Isso salta aos olhos e, no entanto, não é investigado. E quem deveria investigar isso, pelo menos, deveria ser o representante dos acionistas minoritários no conselho da companhia. Quando, entretanto, lembramos que esse representante não é ninguém menos que o Sr. Jorge Gerdau Johannpeter (que também é o Coordenador da Câmara de Gestão e Planejamento do Governo Federal, Membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Governo Federal, e um dos maiores fornecedores da própria empresa), então fico pensando: não será ele, no mínimo, muito ocupado para o cargo?”.

Romano Allegro pega ainda mais pesado: “Além de ser presidente do Conselho de Administração do Grupo Gerdau (fornecedor da Perobrás), o Dr Gerdau é conselheiro de administração da Br Distribuidora (maior cliente da Petrobrás). Como a BR é subsidiária integral da Petrobrás da Petrobrás (inexistem acionistas minoritários) então Gerdau foi eleito pelo controlador nas Br Distribuidora e tem plena influência na gestão da BR – que é o maior cliente da Petrobrás – que juntamente com a PFICO (PETROBRAS INTERNATIONAL FINANCE COMPANY) são clientes que respondem por 35% dos negócios globais da Petrobrás”.

O investidor avança na crítica: “O mesmo homem (Gerdau), ao mesmo tempo eleito pelos supostos minoritários e pelo controlador da Petrobrás, lidera um dos maiores grupos siderúrgicos brasileiros e representa o governo em várias outras organizações governamentais. Ele não pode, em nenhuma hipótese, ser representante dos acionistas minoritários, que precisam ser respeitados e que desde o dia 10 de agosto de 2000 utilizaram todo o saldo de seu FGTS para comprar ações da empresa (agora se desvalorizando)”.

A pressão dos investidores aumenta porque a Petrobras registrou uma depreciação de R$ 48,6 bilhões (16,69%) em seu valor de mercado – conforme levantamento da consultoria Economática. O montante representa um tombo de 61,20% das perdas do setor petrolíferono Brasil. O corte na meta de produção de petróleo e a defasagem do preço dos combustíveis no Brasil em relação ao mercado internacional seriam os vilões causadores do mau desempenho da empresa na Bolsa de Valores de São Paulo. Causou desconfiança ao mercado a divulgação frenética de um ousado plano de investimento de R$ 236,5 bilhões com uma tímida produção projetada para crescer apenas 2% ao ano até 2013.

Semana passada, em reunião em Nova York, presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, e mais quatro diretores da Petrobrás, o investidor Douglas Thomas reclamou que os investidores perderam a confiança na capacidade da empresa de dar retorno significativo para seus acionistas. Já os investidores brasileiros esperam a ajuda dos estrangeiros para conseguir mudanças na composição do Conselho de Administração da estatal de economia mista. A guerra, nos bastidores, é intensa e, certamente, vai refletir nos números do mercado acionário.

Eike queimado

A OGX teve uma perda de valor de mercado da ordem de R$ 26,2 bilhões.

No ano, a principal empresa de Eike Batista recuou praticamente 60% em seu valor.

O império dele não vai ruir, mas o bilionário ficou menos rico e com seu filme bastante queimado com os investidores – sobretudo os estrangeiros.

Mais perdas

A Queiroz Galvão teve desvalorização de 55,5% no ano, passando de cerca de R$ 4,4 bilhões, ao fim de 2011, para quase R$ 1,9 bilhão, na segunda-feira.

A HRT, que opera blocos na Bacia do Solimões (AM) e na costa africana, desvalorizou-se em 44,6%, ou cerca de R$ 1,5 bilhão.

Perderam também a Refinaria de Manguinhos (33,15%) e a Unipar (13%).

A única que sustentou seu valor ao longo do ano foi a petroquímica Braskem, cujo recuo ficou em 2,53%.

Divulgação magistral

Tribunais de Justiça de todo o País têm uma semana para informar ao Conselho Nacional de Justiça as providências que estão tomando para aplicar a necessária e oportuna Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011).

Os TJs terão de publicar em suas páginas informações sobre a remuneração de magistrados e servidores, indicando o nome, o cargo que ocupam e os valores recebidos no mês, nos moldes da tabela adotada pelo Supremo Tribunal Federal.

A tabela do STF inclui informações sobre abonos de permanência recebidos e outros componentes da remuneração, além de descontos realizados na folha de pagamento, como os referentes ao imposto de renda e à previdência.

Punição remunerada

Por unanimidade, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) condenou o desembargador Hélio Maurício de Amorim, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO).

O magistrado foi acusado de assédio por uma das partes de um processo que tramitava na 1ª Vara de Família, Sucessões e Cível de Goiânia, em que era titular.

Mesmo punido por irregularidades no exercício da magistratura e conduta incompatível com a que se espera de membros do Poder Judiciário, Amorim terá direito à aposentadoria compulsória com vencimentos proporcionais.

Devo não nego...

Parlamentares estaduais de todo o País serão recebidos logo mais pelo vice-presidente Michel Temer e pelos presidentes do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e da Câmara de Deputados, Marco Maia (PT-RS).

Vão discutir a revisão das regras de pagamento das dívidas dos Estados com a União.

Os Estados se queixam que os juros e o indexador definidos em 1998 se tornaram escorchantes atualmente, em função da mudança do cenário econômico.

Impagável?

O somatório das dívidas de 25 Estados era de R$ 217,6 bilhões em 1998, em valores atualizados pelo IPCA.

Mas atingiu R$ 369,4 em 2011, pelas regras acordadas.

Mesmo tendo sido pagos R$ 205,7 bilhões em encargos e amortizações.

Manual do Candidato Petista

O petista Chico Macena distribui, gratuitamente, via internet o "Manual do Candidato Petista nas Eleições 2012" para auxiliar candidatos na rotina de prestação de contas da campanha eleitoral.

Dúvidas sobre legislação, limites de gastos, forma de doação, dívidas de campanha, calendário eleitoral, criação do comitê financeiro, documentos exigidos, propaganda eleitoral, prazos e aplicação de recursos, são abordados de forma direta e prática, destinado a candidatos e comitês financeiros de campanha.

Clique no link abaixo para fazer o download do manual

www.chicomacena.com.br/component/docman/doc_download/7-manual-eleicoes-2012-arrecadacao-aplicacao-de-recursos-e-prestacao-de-contas.html

Sem censura

Militares espalham na internet um link para quem quiser baixar a revista Free.

A publicação foi apreendida no ABC, porque publicou uma reportagem especial com o título “Por trás de um crime” – abordando o assassinato do Prefeito de Santo André, Celso Daniel.

http://issuu.com/comunnica/docs/freesp_32#download

Perguntinha cabível

Pergunta que circula em e-mails de militares na internet.

Depois do estrago causado pelos Mirage em Brasília no dia 02/07/2012, será que a turma do STF agora vai trabalhar direito e corretamente?

http://www.youtube.com/watch?v=qhTfRVT338Y

http://www.youtube.com/watch?v=81U7G-B743Q&feature=related

EB na fronteira

Vale a pena conferir a divulgação do trabalho empreendido pelo glorioso Exército, na difícil tarefa de patrulhar as nossas fronteiras.

Confira o depoimento da jovem Karine, esposa do vibrante Tenente Brasil, comandante de um Pelotão de Fronteira, acessando o link da reportagem abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=CWA4ecaF-N0&sns=fb

Inferno no Aeroporto

Do leitor Marcelo de Moura, de São Paulo, uma bronca contra o Aeroporto Internacional de Guarulhos:

Está difícil de entender o que acontece com o Aeroporto de Guarulhos/SP. Temos ambulantes andando pelos restaurantes vendendo coisas, e no andar de baixo (entrada), já fui abordado de jovens pedindo dinheiro no restaurante. Hoje, na fila de embarque me ofereceram chaveiros. Difícil de estacionar, pelo preço cobrado, sem lugar para sentar, seja para esperar o voo e mesmo para tomar um lanche que, diga de passagem, tem PREÇOS ABUSIVOS , quase impraticável levando em consideração a relação CUSTO X Benefício”.

Resta esperar que a Infraero dê mais uma justificativa esfarrapada para tentar justificar por que acontecem tantos problemas naquela “rodoviária de aviões”...

Empreendendo

Um em cada quatro brasileiros tem um negócio, ou está criando um.

Revelação da 12ª edição da GEM (Global Entrepreneurship Monitor), feita pelo Sebrae, em parceria com o Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade.

A pesquisa confirma que o Brasil tem a oitava maior proporção de empreendedores em relação à população adulta, entre 54 países pesquisados no mundo.

Duro é empreender em um País dominado pelo Governo do Crime Organizado, com impostos absurdos, juros altos, muita burocracia e alta corrupção – fatores que atrapalham os negócios.

Descobriram só agora?


Uma investigação do "Wall Street Journal" tornou pública, em 2008, mas muita gente boa não levou fé, a possibilidade de a taxa interbancária Libor ser manipulada pelos bancos que a definem.

Semana passada, o banco Barclays admitiu falhas na definição dessa taxa, e chegou a demitir um de seus executivos.

As jogadas com a London Interbank Offered Rate, que é a taxa média a que os bancos estão dispostos a pagar para pedirem dinheiro emprestado a outra entidade financeira, só confirmam como opera a Oligarquia Financeira Transnacional que controla os negócios globalitários...

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 4 de Julho de 2012.

Nenhum comentário: