segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Infantilismo Programado

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Arlindo Montenegro

Torna-se cada dia mais tortuoso o relacionamento dos coroas e dos senectos com as novas gerações. É difícil entender como uma pessoa adulta cultiva comportamentos infantis de intolerância, que se traduzem em crueldade e na manifestação dos mais reles instintos, negando os melhores propósitos da civilização e das religiões, estas utilizadas como facas de dois gumes. Êta humanidade bestial!

Até parece que a conquista do bem estar e o clímax da felicidade depende da capacidade de mentir, trapacear, passar a perna no outro, “encher a cara”, roubar, matar, como se a violência contra a pessoa, em suas diversas manifestações de força, fossem atos inconseqüentes, desde que o ator ou elenco, recebessem aplausos.

As platéias parecem atemorizadas ou fascinadas apreciando os que encarnam o ódio, a vingança, o cinismo, a brutalidade no palco da vida e na “teletela” onde os atores são prestigiados. Como se na vida de cada dia as escolhas estivessem pautadas, pré-determinadas inexoravelmente implantadas pelo Estado, aspecto da realidade escamoteado pelos que informam e induzem a opinião, os comportamentos e escolhas de cada dia.

A ação construtiva contribuindo conscientemente para o bem estar, asseguradora da participação no amanhã, com o festejo, o traje, a mesa e o teto conquistados, parecem sonho. Apenas minorias transitam nas veredas, realizando missões específicas, passo a passo, cumprindo metas e alcançando objetivos, prevenindo emergências e avaliando contingências, notavelmente grupos que mentalizam e concebem Deus fora dos currais de fanatismo e fundamentalismo.

Viver a vida para as novas gerações parece mais um “programa”, ou ato voluntarioso. A responsabilidade de um para com o outro, o compromisso, o contrato, soam como prisões impeditivas do exercício de “direitos” imediatos, delegados pelo Estado à sua conveniência. Os direitos conquistados pelo esforça individual pouco significam. O que aparece como valor é acessar prazeres ilimitados sem qualquer noção de nobreza, ética, vergonha, dignidade ou limite.

Diante da “maquininha de fazer doido” as pessoas recebem o suprimento da informação programada, repetitiva, preenchendo todas as mentes, fixando o infantilismo coletivo. Os “educandos” tornan-as incapazes de aceitar os valores da educação doméstica desde a mocidade. Sem limites, sem a percepção e o sentido da missão de partículas infinitesimais do cosmos, guardiões da vida em todas as suas manifestações, destroem, sem culpa, a própria vida.

Salvam-se do estouro da boiada, apenas algumas individualidades que conservam o pudor, modéstia, sede de saber e respeito pelos outros, fixados em poucas famílias. A opinião pública dos bandos, depende da informação reduzida sobre assuntos e atividades periféricas, normalmente inspiradas por ongs estrangeiras, que financiam, influem, ditam e justificam as regras deste jogo mortífero.

Uma só fonte parece abastecer com textos, imagens e comentários sobre esportes, política, economia, saúde, segurança, educação, cultura, artes, diferenças e méritos, limitando escolhas e impondo comportamentos. A impressão que fica é que toda a cultura ancestral, todas as instituições e propósitos humanos estão cercados e submetidos, reféns do escárnio.

As nações, como as pessoas, dependem umas das outras trocando matérias primas e alimentos. Mas sempre foram vigentes as políticas de pirataria de “privilegiados”, que preferem tomar o que precisam à força, submetendo as demais. Fingem negociar, mas resistem a firmar acordos livres das cláusulas de submissão que negam os propósitos construtivos. As grandes e continuadas perdas acabam sempre por neutralizar nações e culturas satélites dos centros de decisão global, econômicos, políticos e culturais.

A ideologia obediente aos propósitos das Internacionais Comunistas domina as mentes dos que ocupam os postos de mando, implantando as reformas ditadas pelos controladores do sistema financeiro global. A organização que merece o silêncio totalitário imposto à nossa mídia, reuniu-se na primeira semana de Julho em Caracas, na Venezuela. Bem ali, no norte do continente, os democratas gritam contra o desastre ideológico:

“O Foro de São Paulo é a instituição que reúne todas as forças mortíferas da esquerda em nosso continente. Vocês vão ver centenas de ônibus cheios de gente muito alegre, carregando bandeirinhas de todas as cores, entoando canções de amor e liberdade. Grupos de turistas entrando e saindo dos hotéis cinco estrelas. Atos culturais retransmitidos por cadeias obrigatórias (de radio e tv) homenageando “heróis” como Guevara, todos falando do bem que se vive no comunismo e contra o horror da vida no Império”.

“O Foro de São Paulo promove a violação de todos os direitos humanos, além da guerra, seqüestro, assassinato de gente inocente, coloca bombas em locais públicos, negocia com drogas e insulta a nossa inteligência. Caracas parece um cemitério, triste, em ruínas... Eles vão tentar fazer-nos esquecer que hoje temos mais jovens mortos em tiroteios sem sentido, que numa guerra”.

E no Brasil é diferente? Aqui o Foro de São Paulo está no comando, de modo sutil, imperceptível, encoberto pelo noticiário que interessa: “batalhas” futebolísticas, drogas, bundas, crimes impunes...

Arlindo Montenegro é Apicultor.

5 comentários:

Anônimo disse...

ROLA NA NET:
ÚLTIMA SAÍDA: SE PERDER, VIRA ESCRAVO DE POLÍTICOS.
APOSENTADOS, PENSIONISTAS, PROFESSORES, MILITARES, FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS – ESCRAVIZADOS E HUMILHADOS – VÃO “FERIR DE MORTE POLÍTICA” O CORAÇÃO DOS CARRASCOS CORRUPTOS: AS URNAS.
NÃO TEMOS OUTRA SAÍDA DEMOCRÁTICA. TEMOS QUE COMEÇAR A ATROPELAR OS BANDIDOS PELAS URNAS, DESTA FORMA: CONCENTRAR VOTOS NA OPOSIÇÃO – INDEPENDENTE DE PARTIDO.

É UM CAMINHO MAIS CURTO E MAIS SEGURO DO QUE ANULAR VOTOS OU ESPERAR QUE A SOLUÇÃO VENHA COM A CONSCIENTIZAÇÃO POLÍTICA. AFINAL, HÁ MUITO TEMPO, PESSOAS CONSCIENTES ANULAM VOTOS, MAS O QUE TEMOS É: BANDIDOS CADA VEZ MAIS PRÓXIMOS DE SEREM DONOS DO BRASIL.

ADEMAIS, PRECISAMOS “CORRER CONTRA O TEMPO” POR CAUSA DAS BOLSAS-VOTOS. PERCEBERAM? ENQUANTO DESENVOLVE-SE A CULTURA DO VOTO NULO, POLÍTICO MAL INTENCIONADO, MAIS RAPIDAMENTE, COM O NOSSO DINHEIRO, IMPLANTA A SUA CULTURA.

NÓS VAMOS PERDER!!!

PRECISAMOS, EM ALGUNS CASOS, UTILIZAR AS ARMAS DOS BANDIDOS. "VAMOS APRONTAR UM ZARALHO NAS URNAS" PARA GANHAR TEMPO, NOS APROVEITAR DA SITUAÇÃO E CRIAR ESTRATÉGIAS.

É exatamente assim que os canalhas "se dão bem" com o poder judiciário no Brasil.

NÃO SE ESQUEÇAM:

1) OS ÚLTIMOS GOVERNOS ACABARAM COM A EDUCAÇÃO NO BRASIL, OS POLÍTICOS ORA NO PODER QUEREM UM POVO “ABESTADO”, COMO DIZ O TIRIRICA, PARA MELHOR APROVEITAREM-SE DA NOSSA RIQUEZA E DO DINHEIRO PÚBLICO. PARA ISSO, O PRIMEIRO CAMINHO É DIZER QUE VALORIZA A ESCOLA E DESVALORIZAR O PROFESSOR. É UMA ESTRATÉGIA DIABÓLICA. O ALUNO ESTÁ SENDO ENGANADO E SERÁ UM ADULTO ESCRAVIZADO PELAS “BOLSAS-MISÉRIAS-VOTOS”.

NÃO ESXISTE VALORIZAÇÃO DA ESCOLA COM PROFESSOR ESCRAVIZADO!

OUTRA ESTRATÉGIA DIABÓLICA PARA CONSUMAR A LESA À PÁTRIA É GASTAR MILHÕES DO ERÁRIO COM PROPAGANDAS MENTIROSAS E INSTITUTOS DE PESQUISA CHAPA-BRANCA.

2) O GOVERNO DO PARTIDO DOS TRABALHADORES E COLIGADOS ESTÃO ESCRAVIZANDO TRABALHADORES, FUNCIONÁRIOS E APOSENTADOS PARA MANTER O PODER A QUALQUER PREÇO, COM UMA ESTRATÉGIA DIABOLICAMENTE ARTICULADA.

ALGUMAS CATEGORIAS, "AMIGOS DE CONFIANÇA DO REI", QUE OCUPAM CARGOS CONTROLADOS PELO PARTIDO, GANHAM ”RIOS DE DINHEIRO”.
OS TRABALHADORES E APOSENTADOS: ESCRAVIZADOS, MISERÁVEIS, HUMILHADOS E ENDIVIDADOS NÃO VÃO PERMITIR – A PARTIR DAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES – QUE OS “TUMORES CANCERÍGENOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA” SAIAM SE REPRODUZINDO E ESPALHANDO MAIS FILHOTES PELO BRASIL AFORA.
AINDA HÁ TEMPO PARA SALVAR AS CRIANÇAS DA ESCRAVIDÃO.

OS NOSSOS FILHOS E NETOS SERÃO ESCRAVIZADOS PELO PARTIDO DOS TRABALHADORES – PT – PARA MANTER A CORRUPÇÃO E ENRIQUECER BANDIDOS E POLÍTICOS.

É ISSO QUE VOCÊ QUER PARA A SUA FAMÍLIA??? FILHOS E NETOS???
Expressão de pensamento retirada de textos do movimento: “A REVOLTA DAS BENGALAS E DAS CADEIRAS DE RODAS” que gira na net.
VAMOS COMEÇAR A VENCER O CÂNCAR QUE DESTRÓI O BRASIL, JÁ NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES.

Anônimo disse...

Aqui, analfabetos funcionais e idiotas funcionais seguem com rigor com absoluta submissão o caminho traçado pelos interesses que movem a NOM e o Foro de São Paulo.

Já quase não existe espaço para o individualismo!

Tudo em manada, desde a informação da mídia para a manada e estes para o matadouro sem reagirem, sem pensarem, se inquirirem, sem se interrogarem sequer para onde estão indo e por que.

Manada anestesiada! Desde o simples gari até ao topo onde aí a responsabilidade pelo que está acontecendo, è total. Mas nem se importam! Também nem sabem construir uma frase.

Anônimo disse...

O povo necessita estar imbecilizado com telenovelas, futebol, religião em doses industriais para gaudio dos vigaristas que dizem representar o Ser Supremo e, na política, apenas interessado em receber algunas dezenas de reais pela venda do seu voto. O ópio do povo! Povo amestrado, bem direcionado, povo aterrorizado se a ordem vigente mudar, povo crédulo, povo estupidificado seguindo a máxima que vem do Manifesto Comunista de Karl Marx e Friedrich Engels, "Proletarios de todo o mundo, uni-vos", atual lema do lema da então União da Republica Federal Socialista Soviética do Brasil.

Povo estupidificado, a manada, o coletivo unido em torno da utopia, da demagogia, para bem do alguns e mal para uma nação continental.

Que fazer se os verde oliva mudaram de campo?

Guerra civil para separação de águas!

Anônimo disse...

Vamos recordar que o processo de infantilização da população foi um dos grandes equívocos dos governos militares. Tratou-se os comuns como adolescentes que deviam ser protegidos da realidade, o resultado todos sabemos. O erro se repete. O FSP é o objetivo de qualquer reação que possa advir.
V B

Anônimo disse...

Um anônimo sugeriu "concentrar votos na oposição". Qual? Quem? Como? Onde? Cadê ?