domingo, 12 de agosto de 2012

Os Riscos de uma suprema desmoralização da Justiça



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão

"E o presidente da República, por que não foi denunciado? Sou intrigado com isso, porque o Ministério Público não denunciou Luiz Inácio Lula da Silva. Nos autos não tem um depoimento sequer dizendo que Antonio Lamas sabia dessa movimentação de dinheiro. Já quanto ao Lula, tem um depoimento dizendo que ele sabia, mas por que ele não figura em nenhuma denúncia?”

Toda pessoa de bom senso repete essa mesma indagação feita pelo advogado Décio Lins e Silva na sustentação oral da sétima sessão do Supremo Tribunal Federal sobre a ação penal 470. Lula não entrou no rol dos mensaleiros porque o oportunismo político falou mais alto na época da primeira denúncia do escândalo. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso liderou um movimento explícito na oposição para queseu eterno amigo e companheiro Lula não fosse acusado e, muito menos, detonado do poder.

O braço de politicagem do Governo do Crime Organizado também fez de tudo para um caso de corrupção explícita, que poderia e deveria ter sido imediatamente investigado pela primeira instância da Justiça, fosse protelado ao máximo e acabasse julgado no foro privilegiado do Supremo Tribunal Federal. Mais grave é que o STF aceitou cair na armadilha de se submeter ao desgaste de transformar uma corte eminentemente constitucional em um tribunal criminal para um complicadíssimo julgamento coletivo.

Agora é tarde para concordar com o que foi dito sexta-feira passada pelo ministro Marco Aurélio de Mello. Todo mundo com bom senso sabia que o STF não era a instância ideal para se julgar os 38 réus. Mello também criticou quye o julgamento ocorre em “um sistema obsoleto que precisa urgentemente ser revisto”. O ministro lamentou que o STF virou “um cemitério de inquérito e ações penais”. Mello protestou que o mensalão “deixou numa fila cerca de 900 outros processos de extrema importância para a população”.

Mello sempre defendeu que o STF deveria julgar apenas três réus com foro privilegiado: os deputados federais João Paulo Cunha, Pedro Henry, Valdemar Costa Neto. O restante deveria ir a tribunais comuns. O ministro detonou: “O sistema é obsoleto. Começamos mal e consertar isso é muito difícil. Estamos assustados com isso e não há prazo mesmo para terminar”. E chamou atenção para o grave risco institucional: “Não sabemos se desmembraremos ou não a acusação da condenação das penas, caso elas existirem. Se cada ministro falar o que pensa e der a pena que ache correta, vai ser como um leilão, uma confusão que não sei se teremos resultado antes das eleições”.

O senso de Justiça tem tudo para ficar muito mal no fim da novela do mensalão. Em tese, o STF seria a última instância para avaliar o caso. Na teoria, o que o Supremo decidisse, estaria resolvido e sacramentado, porque só caberia recurso a Deus (aquele pobre coitado que parece estar no mesmo nível dos ministros de nossa Corte máxima). O problema é que os advogados dos réus já planejam recorrer a dois recursos. Um primeiro pediundo esclarecimentos sobre as sentenças que não forem unânimes. Uma segunda manobra será invocar o previsto no artigo 333 do regimento interno do Supremo, que nunca foi usado desdea fundação do STF, em 1890, dando direito a um novo julgamento em caso de condenações por um placar de 7 a 4 (por exemplo).

Com a possibilidade de tais recursos, o juolgamento da Ação 470 não é aquela “bala de prata” definida pelo criminalista Márcio Thomaz Bastos. Do jeito que o pirão pode desandar - seja com decisões do STF que podem não ser cumpridas na prática, seja com penas brandas que façam os crimes compensarem ou seja com recursos que só levam o desfecho do caso até o dia de São Nunca -, para a opinião pública, o senso de Justiça tem tudo para acabar desmoralizado.

A confirmação da impunidade programada e aconsequente desmoralização do senso de Justiça podem ser os ingredientes que faltam para o Brasil ser mergulhado em uma crise institucional capaz de gerar turbulências graves e até rupturas políticas. O triste é que o Governo do Crime Organizado sempre tem um plano B para se salvar nas piores situações. E o plano já está em andamento.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 12 de Agosto de 2012.

4 comentários:

Carlo Germani disse...

Caro Jorge Serrão.Artigo realista e esclarecedor.1-Sabemos que após a fraude da "redemocratização"
(1985-2012),o movimento revolucionário fundamentado na cartiha do psicopata comunista Antonio Gramsci,tomou o poder por dentro do Estado e da sociedade.

2-O equívoco imperdoável dos governos militares,foi de não combater os comunistas infiltrados no Estado e na sociedade (universidades,escolas,entidades de
classe,igreja,grande imprensa,
sindicatos,...),
e na ausência total de explicação à população,sobre o que representa o comunismo para a sociedade.

3-Principalmente nas Eras FHC e Lula,o Gramscismo tomou o país.

4-O executivo,o legislativo e o judiciário foram cooptados totalmente.O STF,virou um "escritório de advocacia do PT".

5-O caos que você se refere no artigo acima,está conforme as estratégias do marxismo de Stalin e
Lenin.Conjuntamente ao caos generalizado advindo do exterior com o colapso do sistema financeiro mundial,será um pretexto,em nome da ordem,para um golpe de Estado pelos psicopatas petistas et caterva que estão no poder.

PS-A não condenação de José Dirceu,
principalmente,será o estopim da desordem institucional.
Dirceu,guarda o ódio que tem de Lula e Dilma no freezer.
Sua sede de vingança virá à tona no primeiro minuto de liberdade plena.Dirceu,é um psicopata comunista e dublê de Stalin do século 21.

PS2-A permanência desses psicopatas comunistas no poder,
será a confirmação da inviabilidade irreversível do Brasil.Quem viver verá!

PS3-Como você disse,FHC/PSDB,foi o freio para que Lula não sofresse o impeachment (a Oligarquia Financeira Mundial deu a ordem é FHC como fantoche-farsante deles,
cumpriu).PT e PSDB,são "irmãos siameses",em comum acordo com o movimento revolucionário,com o Foro de São Paulo,(...),e lutam entre si apenas pelo poder.Ambos não tem qualquer projeto verdadeiro de nação,e sim,de poder ditatorial e totalitário.
PS4-Tempos trágicos estão a caminho para o Brasil e o mundo.
PS5-AOligarquia Financeira Mundial e a maçonaria europeia (principalmente inglesa)e dos EUA,
usarão o "coringa" e representante maçom chamado Michel Temer?

Anônimo disse...

Jorge

Desculpe contradizê-lo, mas não temos justiça no Brasil. Quanto muito, uma imagem indefinida dela. E isso nos leva diretamente à anarquia, à justiça dos politicos corruptos que tudo compram, aos juizes corruptos que se vendem por um punhado de reais ou US$.

Não, não temos justiça no Brasil ou qualquer similaridade com ela.

Já não è possível por mais que se queira. O nosso sistema judicial está ferido de morte.

Anônimo disse...

O Brasil acabou. Ressuscitá-lo será tarefa hercúlea, principalmente se o caminho escolhido for contrário à Ordem vigente .Quem entende o Cristianismo, ainda, como apenas uma religião travestida pelo papado milenar, perde o senso de percepção elementar que nos diz que, de fato, o Apocalipse chegou. Não há qualquer aspecto religioso implícito nesta realidade, tão somente a linguagem cósmica a se manifestar, e a Física Quântica já entendeu.
Entretanto, os comunistas, socialistas e outroa porcariístas de plantão não tem condições mínimas de entender coisa alguma além de sua desmedida vocação para a destruição.
A tão propalada nova Ordem Mundial é o caos, e por isto pede reorganização. Quando se dará? Talvez dentro de mais alguns milênios, se os stalins, hitlers, gramscis, marxs, forem impedidos de nascer por aqui, e seus seguidores os acompanharem lá pelas regiões abissais, nos confins do Universo.

Carlo Germani disse...

Anônimo(*)-11:58-Você não está entendo o que representa para a humanidade a tragédia da insana e satânica Nova Ordem Mundial (NOM).

O planejamento dessa meta (NOM),
vem desde 1792.O maior objetivo da Oligarquia Financeira Mundial ("os senhores donos do mundo"),composta
de apenas 13 famílias de megabanqueiros-sionistas financeiros,é a implantação de um governo único mundial,diatorial e totalitário.

Todos os personagens que você citou acima,foram produzidos,
incentivados e empossados no poder,por esses psicopatas "donos do mundo".

A Nova Ordem Mundial,é o extremo da insanidade humana da minoria
globalista.A União Europeia,obra deles,foi um ensaio,conjuntamente com o Euro (moeda política),já provou que não é possível agrupar
países com diferenças generalizadas.E como isso pode dar certo em nível mundial?

A Nova Ordem Mundial,está sendo executada há séculos.Não foi executada a sua implantação antes,porque precisavam da tecnologia eletrônica atual e o ato
de domínio global instantâneo.

A megacrise monetária-financeira,
também é obra desses globalistas financeiros.A falência dos países da zona do Euro sempre foi uma tragédia anunciada.O mesmo para os EUA.

Com o colapso do sistema financeiro
global e o caos generalizado,
o "golpe de Estado mundial",será a meta a ser concretizada.

A insana e satânica Nova Ordem Mundial deve ser impedida de acontecer.

PS-Insana porque não dará certo (vide Europa-UE)e satânica,porque
não é obra de humanos e sim de forças ocultas satânicas.

PS2-(*)Sugestão:escreva seu nome verdadeiro e completo,isso fará bem para sua alma.

PS3-Na cerimonia de encerramento das olímpiadas 2012,as mensagens subliminares antevendo a Nova Ordem Mundial,com simbolos maçônicos (o fogo olímpico,as luminárias do estadio com o triângulo maçônico e o olho que tudo vê,...,e finalmente a ave fênix.O recado foi dado.