quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Petralhagem articula aprovação de anistia para Dirceu no Congresso, caso o STF o absolva no mensalão

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alertawww.fiquealerta.net  
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A petralhada arma um de seus mais ignóbeis golpes institucionais no Legislativo. Se os réus parlamentares ou ex-parlamentares forem absolvidos no julgamento do Mensalão – o que tem grandes chances de ocorrer, o PT já tem pronta uma armação para aprovar, a toque de caixa, um projeto que tramita Câmara desde 2007, concedendo anistia aos políticos cassados no escândalo do mensalão. Os beneficiados diretos seriam os ex-deputados José Dirceu (PT), Roberto Jefferson (PTB) e Pedro Corrêa (PP).

O maior interessado no esquema é Dirceu. O plano dele é disputar a eleição de 2014 – se elegando deputado federal para recuperar a impunidade (opps, imunidade) parlamentar. Mas só poderá concorrer se não for condenado no julgamento da Ação 470 no STF. O PT aproveitaria a absolvição de seu segundo maior líder para aplicar o golpe parlamentar da anistia aos mensaleiros. Sem a jogada do perdão, Dirceu ainda tem os direitos políticos cassados até 2015. Para ser aprovada a anistia, basta a maioria simples na Câmara e no Senado: os votos de metade mais um dos parlamentares presentes.

Enquanto Dirceu arma seu retorno triunfal ao picadeiro explícito da politicagem (nos bastidores ele nunca deixou de atuar), o Supremo Tribunal Federal é palco de uma batalha interna para acelerar ou freiar o julgamento do mensalão. O grupo que pretende condenar os mensaleiros deseja correr para que o ministro Cezar Peluso consiga apresentar seu voto antes da aposentadoria compulsória em 3 de setembro. Na linha a favor de Peluzo (e não necessariamente contra os mensaleiros), o ministro Luiz Fux apresentará proposta para que os ministros do STF usem o limite entre uma hora e meia e o máximo de duas horas para proferir o voto na Ação Penal 470.

Pela proposta de Fux, apenas o ministro-relator Joaquim Barbosa e o ministro-revisor Ricardo Lewandowiski teriam direito a mais tempo para apresentar seus votos. A intenção de Fux é evitar que o STF tenha de programar sessões extras apenas para apreciar o mensalão – terminando o julgamento antes da eleição municipal de outubro. Ontem, pela terceira vez, ministros adiaram a reunião administrativa que definiria a programação ou não de sessões extraordinárias – seja para o caso do mensalão ou para julgar outros casos também importantes que estão represados na enorme fila da Corte suprema.

O problema é que a celeridade no caso do Mensalão não é consenso entre os 11 ministros – principalmente entre aqueles com dissimulado DNA dos petistas que desejam que o julgamento só ocorra muito além de outubro, para não afetar o desempenho do partido na campanha eleitoral. Por isso é muito alto o risco de que a briga intestina acabe expondo o STF a uma indesejável desmoralização do senso de Justiça no Brasil. Os ministros com bom senso farão de tudo para que isto não ocorra.

Cantando de galo e faturando

A ONG Contas Abertas escancarou que o publicitário Duda Mendonça recebeu, de 2004 até hoje, a bagatela de R$ 195,2 milhões por serviços de markeing, publicidade e propaganda do governo federal petista e suas estatais.

Mesmo réu no mensalão e acusado pela Procuradoria Geral da República por lavagem de dinheiro e evasão de divisas, o marketeiro nunca deixou de atuar e ser bem remunerado.

Na visão da petralhada, a Duda Mendonça & Associados Propaganda (DM&AP) não poderia ser prejudicada pelos percalços com seu dono.

Deus já deve estar de saco cheio...

Um morador de Brasília que acredita ser a reencarnação de Jesus Cristo baixou ontem na Praça dos Três Poderes clamando por “justiça divina” para os mensaleiros.

Acompanhado de 10 discípulos, Inri Cristo fez sua peregrinação político-religiosa na entrada do STF, com um argumento que deve ter deixado Deus preocupado:

Jesus é um nome obsoleto, não conta mais. Meu nome é Inri”.

Impossível é acreditar que tal argumento convença os Deuses do nosso Supremo Tribunal Federal...

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 16 de Agosto de 2012.

6 comentários:

Ronald disse...

É a PTralhada escroque e escrota em ação.
Por isso, passo uma parte do dia amaldiçoando a cadela lindu que defecou aquele bêbado podre e escroto mas eu não sei os nomes das cadelas vagabundas que defecaram o megalonanico e o quadrilheiro canalha para este mundo.
De todos modo, não passam de duas cadelas ordinárias que geraram estes pulhas safados.
Sds



Ronald disse...

Nem todo fdp é PTralha mas todo PTralha é filho de cadela vagabunda e/ou prostituta.

Anônimo disse...

dirceu irá sempre ser inocentado de todas as merdas que fez contra o Brazil, contra os brasileiros.

Ele afirma que è 50% cubano além de ser espião ao serviço da inteligência cubana.

Logo, è um "deus" que corrompe todo o sistema brasileiro. Uma aberração politico/social/humana tal como lulla.

È a fome que se juntou à vontade de comer ou o selo e a carta!

Ambos podres de ricos sem trabalhar. Milagre brasileiro.

Anônimo disse...

Infelizmente tenho como servidor da internet a NET Combro ou simplesmente a NET. Já tive outros, mas eram um desastre, todos eles!

Fiz um contrato com 20 megas e só recebo 14 e nem adiante reclamar! Fiz contrato também com a televisão e, ainda à pouco tempo, via na televisão o canal SPEED dedicada aos desportos automobilisticos, sumir e em seu lugar, ficar a Fox Sport do australiano nacionalizado americano Rupert Murdoch.

Telefonei para saber como era. Foi-me dito que era para os clientes verem se gostavam mais da Fox Sport do que da SPEED e que o teste duraria uma semana para que depois o cliente fizesse a sua opção. Ao fim desse tempo voltei a ligar para 0 10621 e foi-me dito que o canal SPEED não voltaria mais. Resultado imediato, o NASCAR deixou de ser transmitido só o voltando a ser após inumeras reclamações e em diferido. Ao vivo, só raramente como atualmente acontece. Como desporto nesse canal, prevalece mais uma vez o ópio do povo, o futebol em doses indistriais.

Agora, ontem, retiraram dois canais, o 99 que transmite a Band News e o 98 a Band Sport.

Voltei a ligar. Disseram que eram canais para "degustação" que por gentiza era concedido por 3 ou 4 meses e, que se o cliente quisesse, teria ou terei de pagar R$ 9,90 por cada um deles. Curiosamente já os estava pagando quando fiz o contrato inicial há dois anos. Safadeza!

Outra atendente, me dizia que o canal 98 era do pacote esportes e teria de fazer o contrato. Mas eu tenho o pacote esportes que engloba todos esportes: ESPN (canal 60), ESPN Brasil (canal 70), ESPN HD (canais 560 e 570), SporTv 1 (Canal 39), SporTv 2 (canal 38), SporTv 3 (canal 35), Band Sports (canal 98), Fox Sports canal 97) Fox Sport HD (canal 554).

Tenho o pacote com todos canais informativos e agora terei de pagar a Band News à parte.

Maravilha, sem duvida!

È esse serviço agiota que a NET vende. E nem vale a pena reclamar! Nem tentem, pois quem têm sempre razão, são eles.

E só falo nos canais de esporte!

Anônimo disse...

A história que nossa midia chapa branca não conta sobre o assassinato de dois brasileiros na Bolivia, Rafael Max Diez e Jefferson Castro de Lima.

Comentário tirado do Blog do Aluízio Amorim

"Anônimo disse...

Polícia A- A+

Brasileiros teriam roubado motos para vender na Bolívia

Midia News

A Polícia boliviana informou, na tarde desta quarta-feira (15), que os dois brasileiros queimados vivos, na cidade de San Mathias (a 50 km de Cáceres), na tarde de terça-feira (14), teriam roubado duas motos, em território brasileiro, e as vendido na Bolívia.

Rafael Dias, de 27 anos, e Jéferson Max Castro de Lima, de 22, que moravam em Várzea Grande, foram acusados de assassinar os bolivianos Paraba Paulino Ramos, 33, Edgar Rojas Suarez, 26, e Costa Paraba Vanderley, 27.

Na briga, foram feridos Samuel Carvajal Salvatierra, que está nos cuidados intensivos em um hospital em Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá), e Sérgio Ramos, que foi baleado no braço direito. A chacina ocorreu na noite de segunda-feira (13), segundo informações das autoridades bolivianas.

Sérgio Ramos contou à Polícia que ele e seus amigos estavam conversando na casa de Edgar Suárez, local onde os dois brasileiros teriam tentado vender as duas motos.

Ele disse que eles estavam "brincando" com Rafael e, de repente, ele disparou um revólver. Ele teria saído ileso por fingir que estava morto.

Segundo os policiais, os brasileiros levaram duas motos roubadas do Brasil e estavam comemorando a venda. “Acho que algo aconteceu entre amigos que provocou o tiroteio”, disse um policial.

Outra versão indica que o tiroteio teria motivo passional, pois Rafael teria se apaixonado por uma jovem, que mora na casa de Edgar Suárez.

Jefferson, horas antes de morrer, conforme a Polícia de San Mathias, disse que tinha saído da Cadeia Pública de Tangará da Serra ( 239 km a Noroeste de Capital), há uma semana, e Rafael teria revelado que cumprira atividades socioeducativas no Complexo do Pomeri, no bairro Carumbé, em Cuiabá.

A Polícia boliviana acrescentou que, após o crime, Rafael fugiu para as montanhas e teria trocado tiros com agentes.

Rafael teriado deixado a montanha e parado numa casa para pedir água e, ao notar a presença dos agentes, teria reagido. Em seguida, o jovem se refugiou em uma área chamada Canyon Fátima, mas foi capturado.

Após a prisão, ele foi entregue ao comandante da Polícia Militar de San Mathias, major Edwin Rojas Mendez. Rafael foi trancado na cela onde estava detido seu suposto cúmplice, Jefferson, da noite anterior.

16 agosto, 2012"

http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2012/08/acusados-de-homicidio-brasileiros-sao.html

Anônimo disse...

Há possibilidaes de absolvição? Sim,há.Mas se tal acontecer será a maior putaria já acordada neste país.
Mas como a Justiça no Brasil é inviezada,fiquemos com as palavras de Charles Bowen(Juíz inglês do século XVIII).
"A CHUVA CAI SOBRE O JUSTO E O IN-
JUSTO,MAS PRICIPALMENTE SOBRE O
JUSTO,PORQUE O INJUSTO ROUBOU O
GUARDA-CHUVA DO JUSTO."