sábado, 23 de fevereiro de 2013

Um Aviso a Yoani


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

Tenho medo da recepção que a Yoani Sánchez vai ter aqui em Porto Alegre. Duvido que exista alguma cidade mais petista neste país do que a nossa. O PT é tão forte, mas tão forte aqui, que não precisa sequer mais ser governo, Jorge.

A cidade sofreu uma lavagem cerebral que durou 16 anos e Porto Alegre é hoje a prova de que ninguém no país sabe fazer a diferença entre PODER e GOVERNO. Poder, eu já escrevi um dia, é a capacidade de gerar CONSENSO.

O consenso que existe aqui é aquele formado pelas ONGS, minorias, movimentos dos sem-terra, sem-teto e acima de tudo dos sem-vergonha ! Daqui veio a ideia das lésbicas retirarem o crucifixo dos tribunais. Aqui defendemos o casamento GAYucho com unhas pintadas e dentes clareados. Aqui é a cidade do “Fórum Maconheiro Mundial”.

A hipocrisia é tanta que o próprio atual prefeito começou a sua vida política com a “cumpanherada” e trouxe para dentro do seu secretariado gente que tinha cargo de confiança durante o governo daquela corja.

Que Yoani se prepare… Perto do aconteceu na Bahia aquilo que aguarda ela aqui na província é carinho. Vai ser recebida pela escória do PT, do PC do B e todo o lixo que os cerca. Estes canalhas vão envergonhar o Rio Grande do Sul – que já recebeu desde as FARC até Battisti como heróis – mais uma vez.

Acho, modéstia parte, que é um aviso a ser publicado, e me adianto para esclarecer aos berros que o verdadeiro Rio Grande não é nada disso que escrevi acima!

Milton Pires é Médico.

5 comentários:

Solange Frota disse...

Dane-se esta sonsa, ainda assim a militância de PA está completamente errada. Gente burra e/ ou malévola.

Ronald disse...

Lamento muito que a polícia não mate mais como antigamente. Ess porra de direitos humanos cerceou uma polícia que matava direitinho como manda o figurino : favelados, negros, mestiços e gentalha em geral. Agora só os vemos de braços cruzados enquanto o crime campeia.
Cadê os esquadrões da morte ?

Anônimo disse...

Sou um gaúcho de velha estirpe, nascido em São Gabriel, com avoengos sesmeiros, com muito orgulho, do território conquistado das Missões, morando debaixo de couros secos, na vastidão isolada e perigosa das coxilhas fronteiriças, em 1801.
Moro no Nordeste do Brasil há mais de 30 nos (tenho 63 anos de idade), e me envergonho de ter os ossos de minha gente sepultados neste "novo" Rio "grande" do Sul, cujo maior característica é a covardia plena de sua população, e ainda festejam a Revolução Farroupilha. Não conhecem nem mais a História. Meu nome é Walner Barros Spencer.

Adilson Minossi disse...

O gaúcho de São Gabriel deveria ter orgulho de colocar o nome neste comentário. Confesso que os blogs não deveriam aceitar comentários de "anônimos"...
Nasci em Porto Alegre, bairro navegantes há qusse 70 anos. Trabalhei nos anos 60/70 numa das empresas mais gaúchas que conheci, a VARIG. A Varig é como a briosa BRIGADA e tenho muito orgulho de ser conterrãneo também do Dr. Milton que tão bem escreve e só vim a conhecê-lo a pouco tempo.
Mas faz tempo também que tenho me envergonhado do que fazem meus conterrâneos elegendo cavalgaduras como Olívio Dutra e cagões como Tarso Genro. Tarso Genro não vale o esterco que os cavalos soltam nas ruas no 20 de Setembro. Um sujeitinho sestroso, covarde e que faz caras e bocas para falar. Um advogadozinho trabalhista e medíocre que a gauchada transformou em prefeito e em governador. Foi ele que mandou deportar em avião venezuelano os boxeadores cubanos. Pode-se esperar tudo dessa raça infame dos PeTralhas. Mas como digo sempre esse partidozinho talibã vai acabar como acabou o III Reich e o Império Romano.

Anônimo disse...

Casamento GAYucho?

Um dia os bravos farroupilhas se lenvatarão novamente e vão lavar a nossa honra com o sangue desse lixo brazuca que promove a maior campanha de extermínio cultural da história da humanidade.

TE MUDA PRO BRAZIL, DOUTOR LIXO!

www . pampalivre . info