domingo, 10 de fevereiro de 2013

Vamos acabar com a folia dos ridículos?

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alertawww.fiquealerta.net  
Por Jorge Serrãoserrao@alertatotal.net

Pulando carnaval em Salvador, para alegria de gregos de baianos, o rapper sul-coreano Psy revelou que o segredo do sucesso foi fazer "o máximo possível para ser ridículo" no vídeo que o levou a ser conhecido mundialmente, com a ridícula coreografia na música "Gangnam Style". A folia dos ridículos seduz a humanidade, principalmente as grandes massas ignaras.

O que o rebolativo “livre-pensador” falou agora, nossos políticos da safra pós-abertura de 1985 sempre souberam. Hoje, quem dança ao ritmo escroto deles somos nós. Graças à hegemonia deles, no comando do Governo do Crime Organizado, o Brasil atravessa o samba, em ritmo errático para trás. Instituições, corrompidas e com métodos anacrônicos, caminham para uma ruptura.

É carnaval! Mas independentemente do reinado do Momo, nossa politicalha parece que vive em permanente carnaval. Principalmente com a coisa pública, da qual tiram proveito próprio. Por isso, não causa espanto a bravata lançada pela tal facção “Renanzista” contra nosso Estado nada Democrático de Direito. Lançar ameaças midiáticas ao Ministério Público e ao Supremo Tribunal Federal, para tentar blindar Renan Calheiros, só pode ser uma atitude de débil mental. Pois o Senado parece repleto deles. Daqui a pouco, sentiremos saudades do Sarney...

Um politizado amigo me mandou uma mensagem no meu grampeado e invadido e-mail, no sábado de carnaval: “A contra-revolução de 1964 no Brasil foi uma situação política especial, na qual houve a necessidade temporária de exclusão da democracia para que se preservassem os objetivos fundamentais da Nação, inclusive a própria democracia". Análise justa e perfeita. Acontece que em 1964 houve um clamor popular para aquela ação...

Os militares de hoje dão sinais de que não acreditam mais naquele tipo de intervenção. Sobrevivem acuados pelo passado estigmatizado pela propaganda ideológica de esquerda. Assim, preferem aparentemente agir como passivos funcionários públicos fardados, mesmo quando atacados. Não chega a ser covardia, muito menos conivência. Mas sim uma pragmática conveniência. Cuidar da carreira e do contracheque dá bem menos dor de cabeça que se meter em política.

Miliares não devem ser interventores da vida pública. O papel constitucional deles é outro. No entanto, não podem se omitir diante dos problemas nacionais. Principalmente a corrupção. Por isso, pega muito mal o silêncio comprometedor diante da recente denúncia da revista Veja de que oficiais do Exército pediram propina para referendar a vitória de uma empresa paranaense, fabricante de ônibus, em uma licitação de R$ 17,8 milhões para fornecer 65 veículos para o Batalhão da Guarda Presidencial.

O caso foi denunciado pelo grupo Mascarello ao senador Roberto Requião (PMDB). Ele repetiu a denúncia ao ministro da Educação, Aloísio Mercadante Oliva, cujo pai é um General quatro estrelas da velha linha-dura. O próprio Oliva (o filho, que por conveniência política não usa o sobrenome do pai militar) teria cobrado providências ao comandante do Exército. O General Enzo Peri homologou a licitação, sem que a empresa tivesse de pagar o “pedágio”. Depois, ouviu todos os envolvidos e comunicou à Presidenta Dilma todas as providências que foram tomadas. Em geral, o EB age com rigor e corta a própria carne em tais casos.

O Exército deveria agir com total transparência pública para uma acusação tão grave contra a honra e honestidade militar. Primeiro, nada custaria ao EB esclarecer porque o Batalhão da Guarda Presidencial precisa de tantos ônibus, em uma das operações do PAC Equipamentos. Segundo, teria de tornar públicos os nomes dos envolvidos e sua eventual punição sumária. Não vale a pena repetir o maior erro fatal pós-64 – que foi a censura. A omissão da verdade custa aos militares perder a guerra de versões da história para a esquerda – que soube muito bem contar os fatos sob a ótica dela. Depois, não adianta gritar “Salve, Jorge”...

Militares não podem dar golpes... Também não devem sofrê-los. As Forças Armadas têm a destinação institucional de defesa incondicional da Pátria. Militares – principalmente seus generais – existem para conhecer, buscar e combater, permanentemente, o inimigo real. Nâo existem margens para agir de outra forma. Ainda mais contra a corrupção, os corruptores e os corruptos em qualquer instituição pública.

Militares não podem cair na folia dos ridículos. Rasgar a farda e os juramentos de fidelidade à Pátria não fazem parte de nenhum rito carnavalesco. General da banda só é bom nos bailinhos. “Os militares sabem de absolutamente tudo que acontece” – como já chegou a destacar o General Enzo, em um jantar fechado, curiosamente com o poder fardado vestido à paisana, exceto o Coronel que tomava conta da porta do salão do Comando Militar. Exatamente por saberem de tudo, não podem omitir e muito menos se omitir.

No vácuo institucional que se desenha, se os militares não cumprirem seu dever constitucional, o Brasil vai cair em anomia, com consequências imprevisíveis. Em tal quadro, generais precisam agir como samurais – jamais como gueixas seduzidas pelos podres poderosos de plantão. Cabe à sociedade apoiar os militares na defesa da Pátria e da essência das instituições – que precisam passar por um processo de depuração e reorganização para voltem a ser aquilo que deveriam, para o bem dos brasileiros.

Independentemente da ideologia de cada um, todos nós temos de dar um fim à ridícula folia do Governo do Crime Organizado. As Forças Armadas, como ainda respeitadas instituições nacionais fundamentais e permanentes, devem dar o exemplo. Sem golpes! Mas democraticamente, dando suporte e segurança a quem deseja fazer com que a ordem legal seja restabelecida e cumprida.

O Brasil precisa de choques urgentes e simultâneas de Democracia, Ordem Pública e Educação. O resto é confete e serpentina...

Se tiver saco, releia o artigo: Ética, Democracia, Política e Liberdade: teremos algum dia?



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Fevereiro de 2013.

9 comentários:

Anônimo disse...

Afirmo com todas as letras : O governo Dilma e o governo Lula são os mais corruptos da história recente desse país.

Subtenente Marcos Pinto de Oliveira França - RJ ( ativa )
* Não vejo ninguém da ativa se manifestar, eu não fiz juramento a bandeira prá ficar calado diante dessa desagregação e roubalheira no eu país. Além do mais não é preciso ficar com receio de nada o Art. 5º da CF me garante escrever aqui.

Anônimo disse...

Meu caro. Deu no jornal que o Lula está passando o carnaval em uma cidade do interior de São Paulo, onde um de seus filhos tem uma fazenda. Como eles ficaram os 8 anos do governo do papai mamando nas tetas do tesouro, pergunto e a Secretaria da Receita Federal, não investiga o crescimento patrimonial absurdo da família em tão pouco tempo ou eles deram o jeito de ganhar um dos manipulados mega-prêmios da mega sena da CEF, para justificar isto.

Anônimo disse...

“As Forças Armadas, como ainda respeitadas instituições nacionais fundamentais e permanentes, devem dar o exemplo. Sem golpes!”. Dar exemplos, sem golpes? Não me parece função das F.As. O único exemplo que as Forças Armadas poderiam dar seriam justamente alguns golpes nas moleiras de alguns desses corruptos, o que não seria nada mal. O que arde, cura... ! Ou seremos nós, os únicos, sempre golpeados? Para se mudar a direção de algo em movimento, é necessário força... Jmv

Anônimo disse...

Peço desculpas por não me ater ao assunto. É sobre notícia da Folha de hoje (10/02) elaborada por Juliana Piva e Leonardo Vieira, sobre a história do Brasil que está sendo aplicada no Exército. Provavelmente, ambos os redatores aprenderam a história do Brasil deturpada, atualmente divulgada nos cursos de jornalismo e outros. Recomendo a esses jornalistas, tentarem leituras, não ideológicas, e sim realistas. Cagliostro

Anônimo disse...

Ao anonimo das 9:49
Meu caro,
A Receita Federal so investiga ladrao de galinha.

Anônimo disse...

É no mínimo estranho que em um governo do PT, em um STF eleito pelo PT, com um procurador geral eleito pelo PT, não se investiguem as privatizações e o escândalo do Banestado para nomear algumas das falcatruas do PSDB.

Bom, pelo menos o PT conseguiu passar, nesse congresso dos ladrões, a lei que reserva 30% de cada poço do pré-sal a Petrobrás.
Ainda é pouco, mas já foi um começo.

Anônimo disse...

Gen. Lott tirou um para por outro(pres), parece que foi na raça, sem povo pedir, acho que hoje deve ser por aí,se formos esperar a massa, vamos morrer de inanição, eles(pt) matam de muitas formas: raiva, deprê, desânimo, inanição, corrupção, desgoverno, etc.
De certo mesmo é que essa situação está se represando a cada dia mais, quando estourar vai ser um pega p capar que barbudo encardido nenhum vai ficar p contar a história, outra coisa, as forças devem ter uma regra clara com relação a essas prezepadas de politicos, em 2005 já era pra dar um chega pra lá nesses comunistas bandidos.
Sei não, se estão tão coniventes assim, devem estar de acordo com os planos dos comunistas, de qualquer modo, uma hora a corda arrebenta.
Mais um detalhe, tirar o pt e depois? se for p tirar que seja pra as FAs ficar uma boa temporada, extinguir o pt e proibir partidos comunistas de vez, retomar o país e assumir uma linha condizente com o mal que estamos vivendo, na real mesmo? democracia não funcionou nem na época de platão e não funciona em lugar nenhum do mundo, a perada é casca grossa mesmo, ou é de direita ou é de esquerda, vejam os americanos com dois partidos e pena de morte, nós estamos mesmo parecendo um povo zumbi, masoquista e acho que essa falta de reação do povo tem a ver com o plano de longo prazo dos comunas, vemos gente morrrendo a tôa e nada fazemos, vemos tudo de ruim acontecendo e ficamos mais preocupados com nossa vidinha insignificante, o egoismo, os objetivos materiais acima de tudo e perca da identidade humana pois estamos mais para maquinas de pagar contas do que para seres racionais, acho que devemos fazer essas manifestações programadas para este mês tomar corpo e tomarmos as rédeas da parada, senão, vamos morrer empalhados pelo pt, morrer esperando o fim do mundo que ja acabou para os brasileiros e começou para os comunas que estão com a ilusão de que ditadura nunca mais, nunca mais e para sempre não existem, se for preciso um golpe que assim seja, se os estrangeiros quiserem pensar mal que pensem, não evstão aqui pra ficar pagando esse pato, esse negócio de deixa vida me levar é legal em letra de pagode, a vida pessoal e do país precisa de rumo e objetivos senão desagua nessa me.. toda.
Começar a pensar em protestar pra valer é o primeiro passo, depois da vontade, vem a força e depois a realidade, somos mais, acreditem, não só podemos como devemos, os milicos que se ajeitem lá dentro, se os que aí estão no alto escalão não tão a fim então que outros mais brasileiros que se façam presentes e tomem o forte, ora, esperar cortesia ou educação diante disso é inocência.
Nesse aspecto os comunas fizeram bem, deixaram o Brasil ver que os milicos sabem administrar esse país, bem ou mal, muito melhor que qualquer partido que ja pisou nessa terra e até os atuais govertnantes encardidos sabem disso, mas a maldade não permite que deêm o braço a torcer, preferem ver sangue brotando do chão para curtirem o puder, vadios, incompetentes, inúteis e filhos do malígno, desses, nem as mães sentirão falta.
***O FATO DO ALTO COMANDO ESTAR ABSOLUTAMENTE CONIVENTE COM OS ATAQUES CONTRA AQUELES COMBATENTES QUE IMPEDIRAM QUE O BRASIL FOSSE TOMADO DE ASSALTO POR ESSES VADIOS QUE HOJE NOS GOVERNAM, COMPROVA QUE ESSA SITUAÇÃO DE MARASMO DAS FA ESTA DENTRO DO SCRIPT DO PT, TRAIDORES SIM, JUNTO AOS BARBUDOS ENCARDIDOS. QUISERA O POVO CUBANO TER TIDO UMA FORÇA COMO A NOSSA, E AGORA DEPOIS DE TUDO, ENTREGAR A NAÇÃO E SEU POVO DE BANDEJA PARA ESSES MALTRAPILHOS VAGABUNDOS?

***QUE AS FORÇAS ARMADAS NACIONAIS SE RENOVEM E QUE DEPOIS DE COLOCAR NOSSA CASA EM ORDEM, OFEREÇAM SEUS SERVIÇOS AOS NOSSOS VIZINHOS PARA UMA FAXINA QUE SAIA DO SUL DA AMÉRICA E TERMINE EM CUBA, POVO NENHUM MERECE O QUE ESTAMOS VIVENDO.

Anônimo disse...

Os nossos militares são traidores. Todos eles! Valem merda! Covardes por natureza, representam a nossa classe política no seu melhor!

Por exemplo, a prova como os militares são traidores e covardes. Que juramento da porra fizeram?

"(...)

As maiores reservas de Nióbio no mundo, estão na agora intocável Reserva Raposa-Serra do Sol em Roraima, decretada em 2005, por Lula.

Os USA e Comunidade Européia aplaudiram de pé esse ato.

É muito descaso com as questões do país e o desinteresse com o bem-estar do povo brasileiro. Como os EUA, a Europa e o Japão são totalmente dependentes do nióbio e o Brasil é o único fornecedor mundial, era para todos os problemas econômicos, a liquidação total da dívida externa e de subdesenvolvimento serem totalmente resolvidos.

Deve ser frisada a grande importância do nióbio e a questão do desmembramento de gigantescas fatias de territórios da Amazônia, ricas deste metal e de outras jazidas minerais já divulgadas. As pressões externas são demasiadas e visam à desmoralização das instituições brasileiras das mais diversas formas, conforme pode ser comprovado nas políticas educacionais e nos critérios de admissão de candidatos às universidades. Métodos que corrompem autoridades destituídas de valores morais são procedimentos que contribuem para a desmontagem do país.

Uma gama extensa de processos que permitam os traidores obterem vantagens faz parte para ampliar a divulgação da descrença, anestesiando o povo, dando a certeza de que o Brasil não tem mais jeito.

A questão do nióbio é tão vergonhosa que na realidade o mundo todo consome l00% do nióbio brasileiro, sendo que os dados oficiais registram como exportação somente 40%. Anos e anos de subfaturamento tem acumulado um prejuízo para o país de bilhões e bilhões de dólares anuais.

O que está ocorrendo é que o Brasil está vendendo, quase doando, todas as suas riquezas de qualquer jeito e recebendo o pagamento em moeda podre, sem qualquer valor, ficando caracterizada uma traição ao país e ao povo brasileiro."

http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2008/03/413501.shtml

Anônimo disse...

Os nossoa militares estão no mesmo patamar dos nossos politicos. Não valem porra alguma! Que juramento fizeram?

Para ver como são covardes e corruptos:

"(...)

As maiores reservas de Nióbio no mundo, estão na agora intocável Reserva Raposa-Serra do Sol em Roraima, decretada em 2005, por Lula.

Os USA e Comunidade Européia aplaudiram de pé esse ato.

É muito descaso com as questões do país e o desinteresse com o bem-estar do povo brasileiro. Como os EUA, a Europa e o Japão são totalmente dependentes do nióbio e o Brasil é o único fornecedor mundial, era para todos os problemas econômicos, a liquidação total da dívida externa e de subdesenvolvimento serem totalmente resolvidos.

Deve ser frisada a grande importância do nióbio e a questão do desmembramento de gigantescas fatias de territórios da Amazônia, ricas deste metal e de outras jazidas minerais já divulgadas. As pressões externas são demasiadas e visam à desmoralização das instituições brasileiras das mais diversas formas, conforme pode ser comprovado nas políticas educacionais e nos critérios de admissão de candidatos às universidades. Métodos que corrompem autoridades destituídas de valores morais são procedimentos que contribuem para a desmontagem do país.

Uma gama extensa de processos que permitam os traidores obterem vantagens faz parte para ampliar a divulgação da descrença, anestesiando o povo, dando a certeza de que o Brasil não tem mais jeito.

A questão do nióbio é tão vergonhosa que na realidade o mundo todo consome l00% do nióbio brasileiro, sendo que os dados oficiais registram como exportação somente 40%. Anos e anos de subfaturamento tem acumulado um prejuízo para o país de bilhões e bilhões de dólares anuais.

O que está ocorrendo é que o Brasil está vendendo, quase doando, todas as suas riquezas de qualquer jeito e recebendo o pagamento em moeda podre, sem qualquer valor, ficando caracterizada uma traição ao país e ao povo brasileiro."

http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2008/03/413501.shtml