quinta-feira, 18 de julho de 2013

Manifesto dos Médicos Brasileiros

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Simon Pires

Nós, os médicos brasileiros declaramos que:

1. Não aceitamos entre nós e como iguais qualquer medico filiado à organização criminosa que atende pelo nome de Partido dos Trabalhadores.

2. Não aceitamos que pessoas doentes atendidas no serviço publico sejam chamadas de “usuárias” pois devem ser chamadas de “pacientes.”

3. Não nos apresentaremos como “trabalhadores da saúde”. Nós seremos chamados “médicos.”

4. Nada devemos a qualquer brasileiro que um dia tenha tentado ser medico e não tenha conseguido.

5. Não temos “divida” alguma a pagar para sociedade pelo fato de termos estudado em Universidades Públicas.

6. Jamais aceitaremos que ordens técnicas ou decisões que envolvam a vida e a morte de brasileiros sejam tomadas por enfermeiras, psicólogos, fisioterapeutas ou qualquer outro profissional que não seja médico.

7. Não fazemos distinção de classe, cor, sexo, crença religiosa ou política dos pacientes que atendemos.

8. Não teremos medo ou receio algum de enfrentar qualquer outra classe profissional no Brasil quando necessário for para preservar a honra e dignidade da profissão assim como a vida de brasileiros.

9. Nossos “colegas” não são qualquer outra pessoa que trabalha conosco no atendimento do paciente, mas sim os outros  médicos do Brasil.

10. Nós não teremos duvida alguma em nos voltarmos contra qualquer instituição de classe, órgão de imprensa ou gestor de serviço de saúde que ameaçarem os princípios acima. Nossa única e TOTAL subordinação é, em primeira instancia   ao Conselho Federal de Medicina e, acima de tudo – a Constituição da República Federativa do Brasil .

Milton Simon Pires é Médico.

Nenhum comentário: