quarta-feira, 17 de julho de 2013

Um País às avessas

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Luiz Sérgio Silveira Costa

A prisão de agentes do Denarc de São Paulo, que recebiam dinheiro de traficantes de drogas, mostra duas importantes facetas, uma boa e outra ruim, lamentavelmente conhecida.

A boa é a demonstração de que a Polícia Civil e o Ministério Público podem, perfeitamente, atuar juntos, independentemente de PEC sobre a separação e estanqueidade das tarefas.

A má é a reafirmação da vergonhosa corrupção institucionalizada no País, quando policiais achacam traficantes, em vez de prendê-los, e bandidos, presos em penitenciária de segurança máxima, comandam o tráfico de lá, certamente com celulares passados por visitantes e agentes penitenciários.

A verdade é que, de dez anos para cá, o Brasil se tornou o país do desrespeito à ética e à dignidade, da desfaçatez, da corrupção institucionalizada, um país que funciona às avessas, do “faz de conta”, do Departamento de Repressão ao Narcotráfico que não reprime, mas estimula o tráfico; de policiais, bandidos; das prisões de segurança máxima, sem segurança; da reforma política dos políticos, que não vai reformar seus privilégios; da Comissão de Ética do Congresso, sem ética, devido ao “insanável vício da amizade”..,

E mais, muito mais! Pobre País!!!


Luiz Sérgio Silveira Costa é Almirante reformado.

Um comentário:

Anônimo disse...

e verdade ,a canhota acabou com o pais.