sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Culpa dos Médicos

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

Aqui em Porto Alegre, um senhor teve uma parada cardíaca no centro da cidade. Perto do local estava uma equipe de televisão fazendo uma reportagem sobre um assunto (sabe-se lá qual) que resolveu “participar” do atendimento. Filmaram o repórter telefonando para o SAMU e gravando o colega que estava no telefone prestando “atendimento”.

Ocorre que a pessoa morreu e agora, como sempre, alguém precisa ser culpado pelo que houve. A Secretaria Municipal da Saúde  alega que  haviam seis ambulâncias estacionadas e disponíveis para atendimento e que isso pode ser comprovado pelo GPS que mostra a sua posição na cidade.

Para esclarecer – Porto Alegre conta hoje, no total com quinze (15) ambulâncias. Estas unidades dividem-se em “suporte básico” e suporte “avançado” de vida. Ninguém até agora teve a decência suficiente para dizer o seguinte: equipamentos de GPS (global position system) não dizem se uma ambulância tem ou não condição de rodar, não dizem de que tipo ela é e não esclarecem se existe uma equipe (médico, enfermeiro e motorista) disponível. Pergunto: até onde vai esse ódio dos médicos?

Nada disso do que coloquei acima está esclarecido e já se definiu que o culpado pela morte da pessoa foi o colega que estava na Central Telefônica do SAMU! A imprensa conseguiu o que queria, não foi?? Vendeu jornal, fez notícia, filmou o enterro do cidadão e apresentou-se como “defensora das pessoas”.

Um dos sistemas de atendimento pré-hospitalar mais eficazes do mundo é o de Seattle, nos Estados Unidos. Sabem quantos médicos trabalham nas ambulâncias deles?? Nenhum! Médicos lá não fazem esse tipo de serviço! Peguntem qual a dificuldade de colocar um paciente assim dentro de um hospital americano. Estudem o que aconteceu com a rede hospitalar brasileira para ver se existe sentido em reclamar do atendimento pré-hospitalar quando não temos hospitais !!!

Eu mesmo trabalhei no SAMU. Não desejo isso a médico nenhum! É terrível ficar com pacientes dentro de ambulâncias à beira da morte sem ter uma rede hospitalar preparada para recebê-los. É uma desgraça ser “médico telefonista” e tomar decisões de vida ou morte sem sequer ver a pessoa que está sendo atendida! Será que é preciso ser médico para entender a falsidade..a hipocrisia dessa coisa toda ???? Agora reclamam do “jeito” que o colega aqui em Porto Alegre atendeu a ligação! 

Argumentam que não foi “adequado”...Reclamam até do seu “tom de voz”no telefone.
Bando de hipócritas! Quinze! Vou repetir: Quinze (15) ambulâncias numa cidade do tamanho de Porto Alegre, que já está com sua rede hospitalar falida, que já tem seus médicos arrasados pelo stress que significa ser médico na rede pública daqui e agora querem crucificar mais um colega, não é isso???

Pois bem, vou dizer a vocês: já passei dentro da Secretaria Municipal de Saúde muita coisa parecida com o que esse colega está passando e vai passar. Até  hoje não terminou em NADA e é provavelmente isso que vai acontecer nesse caso também. O mais triste é que nada mudou! Continua a farsa da saúde “de todos, por todos e para todos com atendimento universal, gratuito e completo”. Não se constrói um maldito hospital na cidade. Continua a bobagem de fazer pronto-atendimento pra lá e pra cá e permanece a coisa de comprar ambulância sem saber como e quando usar!

Culpem os médicos mais uma vez! Nada vai mudar e as pessoas vão continuar morrendo, sim! Escutem os médicos em vez de dar razão a imprensa e aos malditos secretário


Porto Alegre, 22 de agosto de 2013 AVC (antes da vinda dos cubanos).


Milton Simon Pires é Médico.

8 comentários:

Anônimo disse...

Eles precisam de uma desculpa pra justificar a vinda dos médicos cubanos.
Não é falta de médico que está prejudicando tanto o Brasil e sim a falta de leitos, de equipamentos adequado.
Só constroem postos de saúde enquanto precisamos de hospitais bem equipados com profissionais valorizados. E sabe quando eles terão esta visão? Nunca! Porque quando precisam de cuidados médicos, vão para o Sírio Libanês às nossas custas.

Martim Berto Fuchs disse...

Estamos sob a ditadura da partidocracia desde o primeiro governo civil havido no Brasil.
Enquanto não atacarmos de frente este problema, nada vai mudar. Na saúde, na educação, na infra-estrutura e na segurança, responsabilidades cantadas em prosa e verso em todas eleições pelos candidatos impostos por seus partidos, uma vez empossados os referendados, eles passam a se preocupar com a próxima eleição.
E o resto que se exploda ! Brasileiro é bonzinho ! Lembram ?

http://capitalismo-social.blogspot.com.br/

Teste Testando disse...

Na verdade o sistema diz sim que tipo de veiculo é, segundo que o próprio sistema mostra se a equipe esta disponível. A arrogância do médico e a ânsia ´por um furo de reportagem é que mataram o coitado do senhor.
Porto alegre tem muitas ambulâncias mas poucas equipes e pior mais da metade das ambulâncias esta com algum tipo de defeito.

Não há santo nesta história, todos estão errados!

Teste Testando disse...

Na verdade o gps informa para o sistema qual o veiculo e o cadastro do gps no sistema diz que tipo de equipe ele é. A arrogância no médico e a ânsia pela noticia do repórter é que mataram o pobre do senhor. Todos estão mentindo para tirar o proprio da reta, todos estão errados!!!

Milton Simon Pires disse...

Mentira do "Teste Testando"..nenhum GPS foi feito para mostrar "tipo de coisa nenhuma"..Mentira maior ainda do "Teste" dizer que o GPS diz se há equipe. Vejam o que o sujeito escreve "o próprio sistema mostra se a equipe está disponível"..Deixa de ser mau-caráter, meu amigo. O tal "sistema" a que tu te referes é da Secretaria da Saúde e comandado pelo canalha do Casartelli. Nada tem a ver com GPS ! Duas hipóteses pra ti: ou tu estás escrevendo sobre o que não sabe, ou sabe sobre o que estás escrevendo e nesse caso é petralha sem-vergonha. Vai mentir em outro lugar ou te apresenta com nome real e diz em que SAMU tu trabalhas ou trabalhaste. Explica também para quem está lendo que "sistema" é esse que tu disseste que identifica o tipo de veículo e se há equipe disponível. Isso, seu picareta, não tem relação alguma com posição no globo terrestre!

Milton Simon Pires disse...

Serrão, esse sujeito que não está se identificando é um impostor. Está misturando duas coisas: GPS e "sistema" dos canalhas que estão na Secretaria Municipal da Saúde. Com esse último eles fazem o que querem! Não é à toa que tem gente da PROCEMPA que já foi pra cadeia. Logo vai chegar a hora da turminha da Saúde! Ambulâncias do SAMU já forma inclusive usadas como táxi para levar funcionários em casa. Ninguém me contou, eu vi isso durante o governo do PT aqui em Porto Alegre!

Anônimo disse...

Olá só pessoal, tudo tá errado e ai pergunto, porque os médicos ficaram quietos e cadê os conselhos CRMs para denunciarem as falcatruas dos governos? Vocês sabiam que a melhor formação em medicina do mundo é s respeitadíssima é a Cubana? Aproveitando, que tal lembrar que todas as universidade publicas, onde muitos se formam, são mantidas com dinheiro do povão? Não seria justo que todos os formados fossem atender politicas humanitárias durante um certo período e mesmo assim ganhando uma razoável salário mas em locais menos favorecidos? Temos que ser mais completos em nossos pensamentos, nossas críticas e principalmente, largar o corporativismo e somente olhar o umbigo!

Milton Simon Pires disse...

Olha aí, Serrão..o tal Juvanci:
1. A "melhor formação em medicina do mundo é respeitadíssima e é cubana...kkkk.kkk..uma barbaridade dessas não merece sequer resposta!
2. Dinheiro do "povão", seu petralha? Quer dizer que eu, pelo fato de ser médico e ter estudado na UFRGS não sou povo?? Se sou povo; já não fazia "contribuição" antes,durante e depois de estar lá??
3. Corporativista é a PQP, seu picareta petralha! Vai tu olhar teu próprio umbigo antes de escrever merda! Não tens a mínima ideia do que estás falando!
4. CRM nenhum ficou quieto, petralha! Todos nós estamos, há anos, berrando para avisar as pessoas sobre o que teu partido está fazendo.
5. Teu partido, Juvanci, desvia dinheiro para Cuba e para Palestina..Lava tua boca antes de falar dos médicos brasileiros !