terça-feira, 27 de agosto de 2013

Dá para esperar pelo milagre?

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão
serrao@alertatotal.net

Só um milagre pode evitar que o Brasil se consolide como o principal País, entre os emergentes, a continuar sendo o que sempre foi desde que foi achado pelos portugueses: uma rica colônia de exploração mantida artificialmente na miséria pelos poderes que governam, realmente, o mundo globalitário.

O Brasil se transformou no maior laboratório de experiências de Engenharia Social do globalitarismo. Nossa histórica e cultural visão de colonizado, mais ou menos o complexo de vira-lata nelsonrodrigueano, nos condena à passividade de seguir ideias de fora (quase todas desajustadas à nossa realidade).

O anti-capitalismo tupiniquim, calcado na especulação, no ganho fácil, na exploração barata do trabalho alheio, na crença de um Estado que deve a tudo ou todos prover, junto com uma adoração ao autoritarismo e à falta de respeito a leis, tudo isso, e muitos outros defeitos de uma lista que cabe num catálogo telefônico, consolidam nosso Capimunismo.

O Brasil foi historicamente desenhado para ser um País Capimunista, desde o momento em que a Oligarquia Financeira Transnacional decidiu derrubar o Império. O plano visionário de Dom Pedro II, que sonhava em nos tornar uma potência desenvolvida, não podia ser implantado. O Império Russo caiu pelo mesmo motivo.

Desde a Proclamação de uma República que nunca funcionou como tal, o Brasil é um campo de testes dos modelos socialistas fabianos. Apenas nos governos de Getúlio Vargas, o Brasil quase rompeu com tal lógica. No entanto, caiu na mesma armadilha de agigantar o Estado, sem desenhar um projeto democrático.

Azar nosso, por nunca conseguirmos seguir um modelo semelhante ao que produziu a independência dos 13 estados norte-americanos em 1776. Os EUA são hoje uma nação soberana e poderosa. Mesmo assim, foram duramente atacados pela Oligarquia Financeira Transnacional nos anos 1860 (com a Guerra da Secessão) e em 1913 (com a criação do Banco central privado, que tem os banqueiros internacionais como acionistas, o Federal Reserve).

Agora, o Titanic sem rumo chamado Brasil, com uma sociedade cada vez mais imbecilizada coletivamente por ideias completamente fora do lugar, praticando o Capimunismo de forma cada vez mais irresponsável, se vê diante da perspectiva de mais uma crise. Ainda bem que o genial Guido Mantega, ministro da Fazenda, nos garante que “estamos vivendo uma minicrise, mas que terá impacto menor, porque a economia mundial está em recuperação”.

A simples interpretação direta das palavras do ministro confirma que ele é um mero marionete globalitário, inclusive do ponto de vista da ideologia capimunista pregada pelo grupo político dele, o Partido dos Traidores. Mantega apenas reforçou a velha tese de que o destino do Brasil sempre depende dos outros (agora, admite até que é da decisão do Federal Reserve) – e não da própria vontade do Brasil.

Só um milagre pode nos tirar do regime Capimunista ao qual nos condenamos por ignorância civilizatória e cultural. Nosso gigante, ao contrário do que muita gente traduz erroneamente, não vive adormecido. Ele sobrevive entorpecido na mais profunda ignorância – sempre na posição cômoda de nunca querer saber daquilo que teria a obrigação de saber para observar, lembrar, pensar e agir corretamente.

Será que vai acontecer algum milagre para nos tirar da condenação à periferia do mundo que se desenvolve em vários outros países, com piores condições de riquezas naturais que o nosso?

Atualmente, estamos mais para um País em que os filhos assassinam os pais e, em seguida, cometem suicídio. A imbecilidade coletivista capimunista, inoculada pela velha Nova Ordem Mundial, infesta nosso psicossocial e nos desgoverna rumo a um abismo – onde os idiotas darão um grande salto ornamental rumo ao nada.

Um milagre pode nos salvar? Quem sabe... Enquanto a gente espera, tudo só vai piorar... E os diabos, travestidos de divindades da salvação política, continuarão infernizando o Brasil, um perfeito paraíso às avessas para os esquizofrênicos imbecis coletivos.

Enxuguemos o gelo, porque o diabo está pedindo a toalha, e Deus já deve estar de saco cheio de tanto idiota que acredita em milagre...

E se realmente Deus é brasileiro, ao embalo do samba do crioulo doido, deve estar pedindo asilo ao Paraguai...

Comédia Romântica



O Negócio é infringir...



Piada de Salão



Caiu para cima?



A União faz a forca...



Volta, fera indomada...



Globo e PT, tudo a ver...



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Agosto de 2013.

8 comentários:

Anônimo disse...

"A verdade: Super-inflação é acobertada pelo governo e pela mídia!

NÃO É O DÓLAR QUE ESTÁ EM ALTA.
É O REAL QUE ESTÁ DESPENCANDO, e o governo nega que isso esteja acontecendo.

Ao invés de ficar mostrando a cotação do Dólar, como faz a mídia de massa, vamos fazer o procedimento inverso.

Ver quanto custa o Real para qualquer estrangeiro comprar, e ver a evolução disto, nos últimos 3 meses.

(...)

A inflação acumulada no período é de 15% à 20%, perfazendo uma média de 17,5% nos último trimestre.

Por exemplo, você é uma fábrica, e somando a mão de obra e matéria prima, você gasta R$ 85,00 para produzir um produto, que vende por R$ 100,00.

Você continua vendendo seu produto por R$ 100,00 mas, o problema é que esses R$ 100 de agora, na verdade equivalem a R$ 83,50 de três meses atrás, quando você gastou R$ 85,00 para produzir.
Portanto, se você não aumentar os preços, você irá a falência, e provavelmente terá de aumentar seu produto para R$ 120,00 para isso não acontecer.
Isso se chama inflação.

Estamos ficando mais pobres.

E não adianta culpar o livre mercado pelo desejo de lucrar.
Se o Real está desvalorizando, é por que o Governo está imprimindo dinheiro 24hrs por dia, para pagar os estádios da copa do mundo.

Não sei se você percebeu, mas todas as coisas estão aumentando de preço, e o seu salário não aumentou, e a poupança não tem dado nada disto para ninguém - por que o Governo nega que tal inflação exista e que seja tão grande - um procedimento que também foi feito pela Argentina, durante a crise.

(...)"

http://verdadesespeciais.blogspot.com.br/2013/08/super-inflacao-e-acobertada-pelo-governo.html

Anônimo disse...

O brasil nunca vai melhorar nquanto acontecer tres coisas:
1º- cafetão se apaixona
2º- traficante vira viciado
3º- puta goza.

Anônimo disse...

CONCURSO DO MINISTÉRIO DA FAZENDA DIRECIONADO AO PT!

(Globo, 27) 1. O concurso para o Ministério da Fazenda realizado no último domingo está na mira da oposição. Uma pergunta sobre a reforma política, que exigia que o candidato conhecesse a proposta do PT para o tema, levantou a polêmica. Entre cinco opções, a resposta correta era “O Partido dos Trabalhadores (PT), atualmente no comando do Executivo Federal e com forte bancada na Câmara dos Deputados, defende o financiamento das campanhas eleitorais com recursos públicos”.

2. Tratava-se da única alternativa da prova citando um partido específico e, por ser a alternativa correta, quem soubesse da informação sequer precisaria ler as demais opções. O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) entrará nos próximos dias com uma representação no Ministério Público para que seja movida uma ação de improbidade contra o responsável.

Martim Berto Fuchs disse...

Parabéns pelo artigo. Aqueles que realmente se preocupam com o coletivo, tem mais é que estar perdendo a esperança, pois à cada novo desgoverno, a tendência é piorar.
Não será Serra ou Aécio que mudarão alguma coisa. Apenas, vão parar de brincar de cabra cega com o comunismo, mas não com o capital internacional, pois também a guangue do PSDB não tem proposta.
Já são mais 12 anos perdidos pelos etílicos do Partido dos Trambiqueiros.
Solução tem, mas temos que debatê-la fora do Congresso Lamaçal se quisermos mudar esse estado de coisas.

http://capitalismo-social.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

o brasil precisa se livrar de prostitutas maçonicas como a familia de picaretas mensaleiros Gerdau.

Pais livre é pais sem Sinagogueiros de Satanás.

César Augusto de Oliveira.

Anônimo disse...

Esperar pelo milagre? Milagre da porra! Isto só vai è mesmo à porrada, com muito sangue, uma guerra civil bem violenta, pois tudo está infestado de filhos da puta de petistas e do PC do B, mais todas legendas cumplices e colaboracionistas.

Ma sem militares, pois esses defendem este regime filho da puta.

Anônimo disse...

"Médicos Cubanos asilados processam Cuba e Venezuela por trabalho escravo

Sete médicos cubanos e um enfermeiro abriram processos judiciais contra Cuba, Venezuela e a empresa estatal venezuelana PDVSA, por suposta conspiração para obrigá-los a trabalhar em condições de "escravos modernos", como pagamento pela dívida contraída por Cuba com o estado venezuelano por fornecimento de petróleo.

Os processados, "de forma intencional e arbitrária", colocaram os profissionais da saúde em "condição de servidão por dívida" e assim se converteram em "escravos econômicos" e promotores políticos, segundo o documento da petição apresentada nos Estados Unidos, a que a agência EFE teve acesso.

A demanda foi interposta na última sexta (Nota do tradutor: no dia 19 de fevereiro de 2010) ante um tribunal federal de Miami, nos Estados Unidos, pelos médicos Julio César Lubian, Ileana Mastrapa, Miguel Majfud, María del Carmen Milanés, Frank Vargas, John Doe y Julio César Dieguez, e pelo enfermeiro Osmani Rebeaux.
Com a ação legal, que foi atribuída à juíza Patricia A. Seitz, os demandantes buscan uma indenização de ultrapassa cinquenta milhões de dólares, disse Pablo de Cuba, um dos advogados defensores.

(...)"

http://libertatum.blogspot.com.br/2013/08/medicos-cubanos-asilados-processam-cuba.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+Libertatum+(LIBERTATUM)

Anônimo disse...

"Demissão de Patriota é uma história mal contada"

segunda-feira, 26 de agosto de 2013"Demissão de Patriota é uma história mal contada"



Patriota cai.
Evo e Dilma de nada sabiam.
Será?

Por Ricardo Noblat


Esquisito o episódio da chegada ao Brasil do senador boliviano refugiado há mais de 440 dias em nossa embaixada em La Paz.

E agora da demissão do ministro Antônio Patriota, das Relações Exteriores.

A operação de retirada do senador da Bolívia foi arriscada se ela de fato ocorreu à revelia do governo Evo Morales.

Foram 22 horas dentro do carro principal da embaixada até a chegada em Corumbá. Fuzileiros navais garantiram a segurança do senador durante a viagem.

Em Corumbá, a segurança coube à Polícia Federal, subordinada ao ministro da Justiça.

É possível que fuzileiros e agentes da Polícia Federal tenham sido mobilizados à revelia dos seus chefes - os ministros da Defesa e da Justiça?

É possível que a fuga do senador fosse apenas do conhecimento do encarregado de negócios da embaixada do Brasil na Bolívia?

O posto de embaixador está vago por lá.

E a pergunta mais importante: que ministro teria coragem de se envolver numa operação diplomaticamente tão delicada sem que a presidente Dilma fosse informada?

E desse seu aval?

Dilma nunca gostou de Patriota, nunca se deu bem com ele, sempre o tratou mal, às vezes de forma humilhante.

Era preciso entregar alguma cabeça para acalmar o governo boliviano, aparentemente irritado com o que aconteceu.

Se Evo Morales só ficou sabendo da fuga do senador depois de sua entrada no Brasil, é grave. Deixa-o mal diante dos seus governados.

Se ele sabia da fuga e compactuou com ela, não poderá admitir. Pegaria mal.

A demissão de Patriota desmancha o mal estar sincero ou simulado entre a Bolívia e o Brasil.

Estranho que a crise venha a acabar com a saída apenas de Patriota se outros figurantes dela recebiam ordens dos ministros da Justiça e da Defesa."

http://resistenciademocraticabr.blogspot.com.br/2013/08/demissao-de-patriota-e-uma-historia-mal.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+ResistnciaDemocrtica+(Resist%C3%AAncia+Democr%C3%A1tica)