quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Por que Deus não pede asilo à Bolívia?

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Leia também o site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão
serrao@alertatotal.net

O que pode ser pior institucionalmente? Um ministro da mais alta corte do País, que perde tempo fazendo elogios à questionável honestidade de um réu condenado no Mensalão? Ou um Congresso que sempre se mostra corporativo para acobertar a corrupção, fazendo o teatrinho tétrico de não cassar o mandato de um deputado federal que virou presidiário depois que o Supremo Tribunal Federal o condenou por formação de quadrilha e peculato?

O Brasil tem mais outras perguntas sem resposta imediata... Quanto ganha o governo petista ao conceder o asilo político ao senador Pinto Molina – processado na Bolívia por corrupção? Por que motivo continua em segredo de Justiça, com elevados ares de impunidade, o processo que investiga denúncias de corrupção praticadas por Rosemary Noronha – melhor amiga do Presidentro Luiz Inácio Lula da Silva e ex-chefe do escritório paulista da Presidência da República?

Calma, tem mais questões irrespondidas, agora na economia em “crise mínima” (segundo o ministro da Fazenda Guido Mantega). Por que o Governo brasileiro resolveu censurar o Fundo Monetário Internacional, impedindo-o de divulgar o chamado “Artigo IV” – um relatório anual completo com os dados da economia brasileira fornecidos oficialmente? Por que o País só sabe combater a tal da “inflação” (na verdade, aumento abusivo de preços e tarifas) manipulando a taxa de câmbio e subindo os juros reais – que só geram lucros para a especulação financeira?

Todos esses motivos – e muitos mais, numa lista que cabe em um imenso catálogo telefônico – contribuem para o descrédito internacional do Brasil. Dá para acreditar em um País com tanta coisa errada? O que consegue ser pior: incompetências gerenciais no setor público e privado, corrupção sistêmica e desenfreada, Justiça lenta e ineficiente, economia capimunista, política egocêntrica e povo que (majoritariamente) prefere assistir a tudo de errado de forma passiva e bestificada?

Mais fácil é acreditar no parlamentar-presidiário Natan Donadon... Ele garantiu ontem que não é ladrão e que nunca roubou um centavo... Por tamanha sinceridade, merece continuar empregado como deputado federal, recebendo o polpudo salário, enquanto puxa cadeia na Penitenciária da Papuda (que deve abrigar presos menos perigosos que muitos políticos)...

O falido e imoral esquema institucional brasileiro tem sempre um jeitinho para acobertar as safadezas. Donadon não poderá mais cumprir as funções de parlamentar, embora não tenha perdido o mandato ontem, por falta de 24 votos para a cassação no plenário da Câmara. Enquanto estiver impedido, será substituído pelo suplente...

Ontem, quem saiu algemado, dentro de um camburão, rumo ao presídio, não foi o deputado-presidiário. Cada brasileiro honesto - que estuda, produz, e trabalha – é que deve ter se sentido um Presidiário Emérito do Governo do Crime Organizado que inviabiliza uma Nação com tudo para ser rica, desenvolvida e próspera.

E Donadon ainda se ajoelhou e agradeceu a Deus... Pena que o coitado Pai Celestial nem possa pedir asilo à Bolívia para dar um troco simbólico na agressão sofrida pelo seu fiel seguidor, que só faltou chama-lo de sócio nas operações...

O Diabo só não está achando graça de tudo, porque tirou licença médica para cuidar da reeleição – que anda mais ameaçada que nunca neste nosso Inferno aqui da Terra...

Com Pena de quem?


Se o Ministro Luiz Roberto Barroso lamenta condenar o Genoíno, a gente lamenta muito mais...

Eu lamento condenar alguém que lutou contra a ditadura quando isso implicava grandes riscos, alguém que participou da Constituição democrática do país e que é um homem que, segundo todas as fontes confiáveis, leva vida modesta e jamais lucrou com a vida política”.

Ajoelhou, tem que rezar...



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 29 de Agosto de 2013.

14 comentários:

Anônimo disse...

Quando se pensa que chegamos ao fundo do poço, graças a um governo federal incompetente e sem o mínimo escrúpulo; um Congresso que não esconde o fato de se constituir em um balcão de negócios pessoais; uma Justiça mambembe, cujas decisões são afrontadas por réus debochadamente sorridentes; verificamos constrangidos que há ainda espaço para toda a sorte de bandalheiras.

Anônimo disse...


PT FOI O PARTIDO QUE MAIS BOICOTOU A CASSAÇÃO DE DONADON.
CONFIRA OS DEPUTADOS QUE SE AUSENTARAM PARA LIVRAR UM COLEGA LADRÃO.

Lista completa aqui: http://diariodopoder.com.br/noticias/pt-e-pmdb-foram-os-que-mais-boicotaram-cassacao-de-donadon/

Anônimo disse...

PMDB saia fora do pt, vocês estão a pouco de irem parar na lata de lixo da historia brasileira!!!

patriota

Anônimo disse...

O Brasil já era: era ruim, na era pt, ficou insustentável. Fim!

Jair - SP disse...

Vergonha! O presidente do STF, Joaquim Barbosa, solicitou nesta quinta-feira (29) à Câmara dos Deputados que o salário de seus pares na Casa seja reajustado para R$ 30.658,42. Bem, acho que primeiro, devem julgar todas as pendências existentes no Judiciário. E, em segundo lugar, repor a defasagem nas aposentadorias da Previdência Privada.

Anônimo disse...

Depois de ver um ministro do STF babar os ovos do deputado Genoino antes de condená-lo,a Câmara "corporativa" absolver da cassação o deputado Donadon,fui vomitar.Tudo fede por aqui nessa república de merda cagada por nossos "ínclitos" representantes atuais.Aliás,acho mesmo que os dejetos de nossos parlamentares não estão saindo pelo devido lugar,mas voltando para seus cérebros.Nojo!!!

Anônimo disse...




quinta-feira, agosto 29, 2013
EDUARDO SABOIA E ROGER PINTO MOLINA: A FUGA DO INFERNO COMUNISTA BOLIVARIANO.

Mais detalhes, aqui: http://aluizioamorim.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Essa charge de renan e dilma, eles estão transando de quatro? Mas ela è sapatão!

Anônimo disse...

Que coisa horrível!...ATERRADOR VIDEO DEL CUBANO MALTRATANDO A BEBE ZULIANO via @RPolicial http://video.ak.fbcdn.net/hvideo-ak-prn2/v/1050380_10151596703481453_1028559991_n.mp4?oh=e16a1bc135f03a7ecb1cd4b3c9e5e2fa&oe=521FE94C&__gda__=1377858676_08d3e514cc5f786bf4cab4d61ddf9675 … DENUNCIEMOS qué pasa con las madres?

ioborges disse...

O ministro Luiz Alberto Barroso, que me perdoe, mas Stultitia hominis non habet limites Brasiliensium. Dixe.

Anônimo disse...

Tambem perdi as esperanças com esse país, um escarnio atras do outro,ninguém sabe quem é que manda,uma aberração em todos os sentidos esse país...

Anônimo disse...

"Cubanos presos, aqui e lá.

O problema não é que sejam médicos, muito menos cubanos.

O problema é o método de contratação, que convalida grave violação de direitos humanos.

(...)

Tão normal quanto a importação de trabalhadores é a exigência de qualificação — algum tipo de avaliação do profissional estrangeiro para saber se atende às necessidades nacionais. Todos os países fazem isso.

Portanto, o governo brasileiro pode abrir uma espécie de concurso internacional para contratar médicos. Mas, primeiro, eles têm que passar por prova de capacitação, como passa qualquer brasileiro quando entra para qualquer serviço público. Segundo, esse mercado deve ser livre.

Assim: o país importador oferece a oportunidade e dá as condições de trabalho, os estrangeiros, pessoalmente, se candidatam, fazem os testes e assinam o contrato. Esse documento, obviamente, pode ser rescindido. Imagine que o médico chega numa cidade remota e verifica que não tem a menor condição de atender. Ou não recebe o salário acertado. Ele pode retirar-se e rescindir o contrato. Inversamente, se começa a fazer besteira, o governo, o contratante, pode afastá-lo.

E se o médico, afinal, achar que entrou numa fria, e que sua família não se adaptou — ele pode pegar um ônibus, ir até o aeroporto mais próximo e embarcar, com seu passaporte e o de seus familiares, de volta para casa. Ou para Miami.

Essa é a situação dos médicos argentinos ou portugueses. Não é, obviamente, o caso dos cubanos. Estes não têm o contrato de trabalho com o governo brasileiro ou outra entidade local, não recebem salário brasileiro, não têm o direito de desistir, têm passaporte que só dá direito de voltar a Cuba, não têm, pois, a liberdade de deixar o Brasil e ir para qualquer lugar que desejarem.

São funcionários do governo cubano, destacados para trabalhar no Brasil — sob as regras contratuais do regime cubano, uma ditadura. E não poder trazer a família, que permanece refém em Cuba, sem poder viajar para o Brasil ou para qualquer outro lugar — isso é de uma violência sem limite.

Os médicos ficam presos no Brasil, suas famílias, em Cuba. Parece exagerado, mas é a pura verdade. Tanto que o governo brasileiro foi logo avisando os doutores cubanos que não tentem fugir ou pedir asilo, porque serão presos e deportados.

(...)"

http://resistenciademocraticabr.blogspot.com.br/




Anônimo disse...

"Supremo mantém pena de quase 11 anos de prisão para José Dirceu

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira, 29, rejeitar o recurso e manter em 10 anos e 10 meses a pena de prisão estipulada para o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado por formação de quadrilha e corrupção ativa no processo do mensalão.
Por maioria de votos (oito a três), todas as alegações apresentadas por Dirceu foram rejeitadas. Os ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello foram os três que defenderam atender parte dos pedidos do ex-ministro, mas ficaram vencidos.

(...)"

http://oliveiradimas.blogspot.com.br/2013/08/supremo-rejeita-mantem-pena-de-quase-11.html

Anônimo disse...

Genoino lutou contra a Ditadura.Juiz simplorio,desconhece que os safados queriam implantar a"ditadura do proletariado"Pela idade leu livros errados e não pesquisou,poderia ate ter usado uma camisa com estampa do "porco fedorento.Meados dos anos 70 ele deveria ser bastante jovem.Leia a verdade sufocada ,e depoimentos de esquerdopatas conhecidos,para não falar bobagem.Vivi a época.