terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Haddad vingou Palocci ao denunciar fiscais do ISS que vazaram evolução de riqueza do poderoso ex-ministro

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Vingar Antônio Palocci Filho das revelações, em maio de 2011, de que seu patrimônio teve uma evolução milionária de 20 vezes, em cinco anos. Segundo inconfidentes petistas, esta foi a razão que forçou o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, a denunciar a máfia de fiscais que fraudava o recolhimento do Imposto Sobre Serviço (ISS). Para ficar bem com Palocci, Haddad traiu o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD), grande aliado petista.

Alguns ou pelo menos um dos autores do desvio de mais de R$ 500 milhões dos cofres públicos paulistanos (desde 2008) foram os mesmos que vazaram, anos atrás, as informações sobre as milionárias consultorias de Palocci – ex-ministro da Fazenda de Lula da Silva e ex-ministro da Casa Civil de Dilma Rousseff. Nos bastidores petistas, comenta-se que Palocci obrigou Haddad a “cumprir o compromisso” de vingá-lo, denunciando os fiscais que o prejudicaram politicamente.

Pelo menos um dos envolvidos no escândalo da Prefeitura de São Paulo teria revelado como Palocci conseguiu comprar, no fim de 2010, um apartamento no luxuoso bairro paulistano dos Jardins, no valor de R$ 6,6 milhões. A empresa de Palocci, a então Projeto Consultoria, Planejamento e Eventos Ltda, comprou o imóvel em duas parcelas: R$ 3,6 milhões e R$ 3 milhões – conforme informações vazadas na ocasião. Em dezembro de 2011, Palocci mudou o nome de sua empresa para Projeto Administração de Imóveis.

Em 2011, Palocci alegou que o dinheiro veio dos serviços de consultoria que prestou quando deputado, atividade permitida por lei, e que tudo foi declarado à Receita Federal. A empresa do ex-ministro, segundo denúncias de 2011, teria arrecadado R$ 7,4 milhões, desde 2006. Cinco anos antes, Palocci tinha bens no valor de apenas R$ 375 mil. Agora, Palocci exigiu a cabeça de quem o dedurou. E Haddad, talvez a contragosto de arrumar uma briga com Kassab, aproveitou para quebrar o clima negativo do Mensalão, posando de "combatente contra a corrupção" na denúncia contra a velha máfia paulistana do ISS. 

Agora, o caso é mais um capítulo da disputa entre petistas e tucanos sobre denuncismos de corrupção na prefeitura paulistana e no caso Siemens-Metrô com o governo Geraldo Alckmin. Sobre o esquema que desviava o ISS, beneficiando empreiteiras e incorporadoras de imóveis, o Ministério Público informa que a máfia dos fiscais começou a operar em 2005. Assim, teria agido nas administrações de José Serra (PSDB) e Gilberto Kassab (PSD), além de Haddad (PT). O promotor Roberto Bodini deve denunciar o caso à Justiça no começo de fevereiro ano que vem, depois das férias do Judiciário.

No mais recente capitulo do escândalo, O Globo revela que os nomes de grandes construtoras, shopping centers e até um hospital de São Paulo aparecem entre 410 empreendimentos beneficiários do esquema de fraudes. A lista, encontrada semanas atrás em poder de agentes públicos, comprova negociatas fechadas entre junho de 2010 e outubro de 2011. Os empreendimentos pagaram R$ 29 milhões em propina aos fiscais, enquanto deviam um total de R$ 59 milhões aos cofres públicos. No fim das contas, pagaram apenas R$ 2,5 milhões em ISS.

O MP deve denunciar que o dinheiro era repartido entre os auditores fiscais Luis Alexandre Cardoso Magalhães, Carlos Augusto di Lallo Leite, Eduardo Barcellos e Ronilson Rodrigues, considerado o chefe da quadrilha. Magalhães fez acordo de delação premiada com o Ministério Público e ficou cinco dias na cadeia. os demais passaram dez dias presos. Em seguida, Barcellos também fez acordo de delação premiada.
A operação contra a máfia dos fiscais foi deflagrada em 30 de outubro.

O escândalo obrigou os petistas a cortarem a própria carne. O secretário de Governo do prefeito Fernando Haddad, Antonio Donato, deixou o cargo no meio do escândalo. Foi suspeito de ter recebido R$ 200 mil para sua campanha eleitoral. Donato nega, mas, dependendo do que foi contado na deduragem da delação premiada, ele pode acabar também indiciado pelo promotor Roberto Bodini.

O engraçado da recente inconfidência de bastidores petistas sobre a vingança  de Palocci contra os fiscais é que, em 2011, chegou a circular uma versão, dentro do mesmo PT, de que o ex-ministro fora vítima de fogo amigo dentro do partido. Segundo a versão de dois anos atrás, o núcleo paulista do partido, comandado por José Dirceu, teria resolvido transformar a Presidenta Dilma em refém. As revelações sobre a evolução patrimonial dele podem ter partido de lá. A fonte de intrigas teria, assim uma origem também “comercial” – muito além da política.

Agora, se for verdadeira a versão da vingança de Palocci contra os fiscais, a autofagia petralha fica menos culpada pelo mar de lama em que o PTitanic vai afundar, por causa dos icebergs de denúncias de corrupção que vêm por aí no ano reeleitoral. 

Preocupação econômica

De Mauro Paulino, diretor do Datafolha, sobre o tema que deve mais influenciar a eleição de 2014:

“A forma como a economia vai se comportar será decisiva na eleição. A preocupação com desemprego e inflação aumentou, os que acham que a inflação aumentará subiram de 54% para 59%. É a maior taxa desde 2007. E os que acham que o desemprego vai aumentar subiram de 38% para 43%. Antes das manifestações, tinham subido de 31% para 36% e após os protestos, a 44%. É quase o mesmo índice de hoje”.

Oposição cresce na Venezuela

Uma leitura mais atenta dos resultados eleitorais de domingo, na Venezuela, mostram um crescimento da oposição ao chavismo.

Neste 8 de dezembro os opositores conseguiram 612.073 votos a mais, na comparação com a última eleição regional, em 16 de dezembro do ano passado.

Detalhe: 58,92% dos eleitores compareceram para votar nas eleições municipais venezuelanas.

Se for considerado que 40% do eleitorado não apareceu para votar, deve ser ainda maior o descontentamento com o governo de Nicolas Maduro na Venezuela.

Diferença caindo

Neste domingo, a Mesa de la Unidad Democrática (MUD) teve 4.252.082 votos, e os “vencedores” do PSUV chavista obtiveram 4.584.477 votos.

Na prática, o PSUV ganhou em 196 municípios, enquanto os candidatos MUD venceram em 53.

Acontece que o MUD foi bem votado em grandes regiões metropolitanas como Barinas, Carabobo, Lara, Mérida, Monagas, Nueva Esparta, Táchira, Zulia e no Distrito Metropolitano de Caracas.

Lula na CV
Instintos Selvagens


Companheirada


Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Dezembro de 2013.

5 comentários:

Anônimo disse...

Poda esses elementos criminosos num avião cargueiro e numa altura bem acima do céu e em pleno Oceano mandá-los caminhar para frente e sem paraquedas. Quem sobreviver terá ficha limpa.

Carlos disse...

Vivemos numa ditadura marxista/stalinista que tudo domina através da putativa e bastarda mídia chapa branca brasileira e cheia de merda tratar um genocida como se fosse um “santo”. Basta!

Todos fazem do criminoso e terrorista filho da puta de "santo" genocida quando ele assassinou centenas de inocentes na sua tomada do poder por via armada e mais 350 mil brancos só por serem brancos após tomar posse como “presidente’.

Ver dois chefes de estado de países onde o marxismo/stalinismo se instalou e ver um queniano da merda querendo destruir a nação mais poderosa do mundo fazendo patéticos e mentirosos elogios a um genocida, mete asco!

Ver aqui:

"Conheçam as ações "humanitárias" de Nelson Mandela. O terrorista que os tolos e desinformados tratam como Santo!

1980 - Nelson Mandela mandou colocar inúmeras bombas-relógio nas redes de Restaurantes Wimpy (Mais de 90 mortos e inúmeros feridos)

1981 - 02 carros-bombas no Durban showrooms (06 mortos, 34 feridos)

1983 - 01 carro-bomba em um congestionamento de carros na Street Church (19 mortos, 217 feridos)

1984 - 01 carro-bomba em Durban (05 mortos, 27 feridos)

1985 - 01 bomba no Centro Comercial Amanzimtoti ( 05 mortos, incluindo 03 crianças, 41 feridos)

1985 a 1987 - Nelson Mandela mandou colocar pelo menos 150 minas terrestres em estradas rurais (125 mortos)

1986 - 01 bomba no Bar de Magôo (03 mortos, 69 feridos)

1986 - 01 bomba no Tribunal Newcastle (24 feridos)

1987 - 01 bomba no Tribunal Joanesburgo (03 mortos, 10 feridos)

1987 - 01 carro-bomba no Centro de comando Wits (01 morto, 68 feridos)

1988 - 01 bomba no fliperama Joanesburgo ( 01 bebé morreu, 10 feridos)

1988 - 01 bomba no Banco Roodepoort ( 04 mortos, 18 feridos)

1988 - 02 bombas na unidade habitacional da Polícia Pretoriana (02 mortos, 03 feridos)

1988 - 01 bomba no Tribunal de Magistrados (03 mortos, 09 feridos)

1988 - 01 bomba no Bar Benoni Wimpy (01 morto, 56 feridos)

1988 - 01 bomba no Centro Comercial (02 mortos, 42 feridos)

1988 - 01 carro-bomba no Park Ellis Stadium Rugby (02 mortos, 37feridos)

Anônimo disse...

Companheirada


https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/p480x480/1470316_479126022199671_41713198_n.jpg

Anônimo disse...

Diversos vídeos YouTube comprovando manipulação vergonhosa no Sorteio do Mundial 2014.

Pode escolher o vídeo que desejar. Até nisso ficamos mais uma vez mal vistos.

http://www.youtube.com/results?search_query=manipulacion+sorteo+del+mundial+2014&sm=12

Anônimo disse...

manela jamais foi um "santo" como os bolcheviques atuais nos querem fazer acreditar, mas sim um revolucionário terrorrista genocida!

As viúvas andam histéricas!

"Partido Comunista Sul-Africano admite papel de liderança de Nelson Mandela

Pouco depois da morte do Sul Africano revolucionário Nelson Mandela, o Partido Comunista Sul-Africano eo Congresso Nacional Africano ambos lançados declarações oficiais reconhecendo o que já era bem conhecido entre os especialistas: "Camarada" Mandela era de fato um líder do Partido Comunista, que serviu no Soviética Comitê Central da organização-backed. De acordo com o Partido Comunista declaração sobre a morte de Mandela, não só foi o líder terror confessou um alto funcionário no mais alto órgão de decisão do Partido Comunista Sul-Africano de, ele era, na verdade, perto do equipamento até a sua morte.

Até a semana passada, os apologistas do Mandela ainda alegou implausível que a sua "suposta" aliança com o comunismo internacional foi principalmente um casamento de conveniência.

(...)"

http://illuminatielitemaldita.blogspot.com.br/2013/12/partido-comunista-sul-africano-admite.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+IlluminatiAEliteMaldita+(ILLUMINATI:+A+ELITE+MALDITA)