sexta-feira, 28 de março de 2014

Lula, Dilma, diretores e conselheiros da Petrobrás têm de responder por má gestão e corrupção na Petrobras


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Como a Petrobras é uma empresa controlada pela União, o Presidente da República, sua diretoria e conselheiros administrativos e fiscais são os responsáveis diretos por seu sucesso ou fracasso de gestão. Por isso, o Presidentro Luiz Inácio Lula da Silva e a Presidenta Dilma Rousseff, junto com o conselho diretor da estatal de economia mista, têm de responder, individualmente, na Justiça, por prejuízos gerados por tomadas de decisão com característica de má gestão ou comprovada corrupção. A regra é clara – mesmo no Brasil Capimunista da impunidade.

A CPI da Petrobras, que o presidente do Senado, Renan Calheiros, será obrigado a instalar, mesmo a contragosto da base de aliança desgovernista, explodirá a complicada reeleição de Dilma – popular nas pesquisas, porém sem credibilidade perante o poder econômico mundial, que efetivamente decide o jogo dos negócios privados e públicos no Brasil. É cedo para falar de impeachment, mas o risco existe, porque vale a máxima sobre as Comissões Parlamentares de Inquérito: todos sabem como começam, mas é difícil saber como terminam, mesmo com a costumeira impunidade tupiniquim.

O PT já dá sinais de desespero. Ameaça radicalizar na guerra virtual contra os ataques políticos que lhe serão fatais. Uma ala do partido também já atua na suicida e burra tática de substituir Dilma por Lula na corrida ao Palácio do Planalto. O presidentro seria um alvo mais fácil que a gerentona cujo falsa marketagem de competência desmancha no ar. Mesmo na remota chance de ganhar a eleição – na base da fraude eleitoral ou contando com os votos dos grotões de ignorância e clientelismo -, o governo do PT já perdeu credibilidade, legitimidade e não tem mais governabilidade para seguir em frente.

Se a CPI não sair, a Petrobras será alvo de ações judiciais aqui dentro e lá fora. O Ministério Público Federal será forçado pelas evidências a abrir inquéritos para investigar a má gestão ou os efeitos da dolosa ou culposa corrupção em vários negócios e parcerias da estatal de economia mista. A Comissão de Valores Mobiliários – que é, mas não deveria ser, um órgão do Ministério da Fazenda - terá de agir conforme a legalidade, como xerife do mercado de capitais e não na base da politicagem, com desculpa esfarrapada supostamente técnica, para encobrir os desmandos na Petrobras fartamente denunciados por investidores.

Independentemente do que fizeram (ou não), aqui dentro, o MPF e a CVM, investidores da Petrobras já cansavam de avisar que preparam ações judiciais na Corte de Nova York – na bolsa de cuja cidade a Petrobras negocia ações. Nos EUA, a Security and Exchange Comission, entidade independente de governo, costuma agir com mais rigor contra abusos e atos lesivos aos investimentos no mercado de capitais. Denunciados lá fora, individualmente, dirigentes e conselheiros da Petrobras correm sério risco de sanções duras e multas pesadas, em caso de condenação (o que é nada difícil de acontecer, diante de tanto escândalos com evidências e provas materiais em fartura).  

Literalmente, a petralhada e seus aliados políticos e de negociatas cometeu o assassinato da galinha dos ovos de ouro negro. Os dirigentes do governo e da empresa terão de acertar contas, na Justiça daqui ou de Nova York, pelas consequências da incomPTência e da delinquência. A tese é simples: quem manda na Petrobras é o Presidente ou Presidenta da República. Não deveria ser, mas é, no capimunismo tupiniquim. Assim, quem manda responde pelos atos. E PT, saudações...  

Nas coxas

O Globo teve acesso a documentos internos da Petrobras confirmando que o processo de compra da refinaria de Pasadena envolveu um prazo “muito curto” de due diligence — espécie de auditoria considerada um dos passos essenciais em processos de fusões e aquisições, na qual são avaliadas questões jurídicas, financeiras e operacionais.

O documento confidencial, datado de 31 de janeiro de 2006, revela que ao todo, o processo de compra levou cerca de 20 dias – quando especialistas ressaltam que essa etapa de análise de informações de uma empresa consome, em média, de dois a três meses.  

Após a coleta de documentos e reuniões com diretores financeiros da Astra entre os dias 11 e 25 de novembro de 2005, a estatal teve de fazer nova avaliação em apenas cinco dias.

A consultoria contratada pela Petrobras na ocasião, a BDO Seidman, de Los Angeles, nos EUA, chegou a recomendar que, em razão do “tempo limitado”, a estatal deveria buscar sua própria avaliação de dados.

Mangueira do Lava Jato

Curiosamente, batizada de Projeto Mangueira, a compra da refinaria envolveu a reorganização de cinco afiliadas da Astra Trading.

Como todo mundo sabe que, em uma empresa de Lava Jato sempre se tem uma boa mangueira, tudo caminha para um final infeliz.

Releia: PT deseja Paulo Costa como bode expiatório, isolando-o do governo, da Petrobras e da Odebrecht

http://www.alertatotal.net/2014/03/pt-deseja-paulo-costa-como-bode.html

13 do Metrô

O Ministério Público de São Paulo pediu à Justiça a prisão preventiva de treze executivos acusados de participar da formação de cartel para a compra e reforma de trens do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Onze deles são da Siemens, um da Bombardier e um, da Hyundai-Rotem.

Se a Justiça aceitar o pedido, os nomes dos executivos - estrangeiros que nunca foram ouvidos na investigação da Promotoria - vão para a Polícia Federal (PF) e, posteriormente, para a Interpol.

Mensalão agora mineiro mesmo

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal votou ontem para que seja julgado em Minas Gerais o processo chamado de mensalão tucano, que tem como réu o ex-deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG), e rola no STF desde 2005,.

Só o Super Joaquim Barbosa votou para que o julgamento fosse feito pelo Supremo:

“Eu me mantenho fiel ao entendimento que sustentei nas ações 333 (Ronaldo Cunha Lima), e 396 (Natan Donadon), pois a renúncia do réu não pode ser motivo para esquivar ou retratar a ação penal. No caso em análise, a renúncia do réu poucos dias depois da ação teve como finalidade evitar o julgamento”

Empurra com a barriga

Com a transferência para Minas Gerais, o julgamento final de Azeredo fica adiado.

Isso porque o juiz da primeira instância poderá pedir mais diligências para instruir o processo, se considerar necessário.

Em caso de condenação, o réu poderá recorrer ao Tribunal Regional Federal (TRF), ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e, por fim, ao STF.

Mesmo que a eventual condenação seja mantida, a pena só poderá começar a ser cumprida quando todos os recursos tiverem sido julgados.

Mais do mesmo

No tal Mensalão tucano ou mineiro, o MPF denunciou que foram desviados R$ 3,5 milhões em valores da época, ou R$ 9,3 milhões em cifras atualizadas.

O operador do esquema era Marcos Valério, o mesmo do mensalão do governo Lula. A principal empresa dele, a SMP&B, teria tomado dinheiro emprestado no Banco Rural e repassado para a campanha de Azeredo.

Para saldar a dívida no banco, três estatais – a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), a Companhia Mineradora de Minas Gerais (Comig) e o Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge) – deram dinheiro para a empresa de Valério.

Manobra radical

Oficialmente, a SMP&B era a intermediária do patrocínio do governo a três eventos de motocross.

Os eventos aconteceram ao custo de R$ 98,9 mil.

O restante do dinheiro teria sido usado para financiar a campanha e para pagar propina aos integrantes do esquema.

Guerrilha petista


O PT promoveu ontem um seminário fechado, chamado de “Presença Digital", para cerca de 80 assessores lotados em gabinetes de deputados e senadores para treiná-los para a guerrilha digital.

Um dos palestrantes foi o jornalista Leandro Fortes, autor de artigo apócrifo, publicado no Facebook oficial do PT, chamando o pré-candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, de “playboy mimado”.

O texto foi considerado um erro por dirigentes petistas, causou uma crise na pré-campanha mas o esquema segue em frente, como de costume...

Pula do Muro


Os irmãos como tal se reconhecem


Primeiro de Abreu



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 28 de Março de 2014.

17 comentários:

Anônimo disse...

"Coitadinhos" dos bandidos "torturados" pelos militares. Eu fico pensando o que seria o Brasil, hoje, se não fosse pelos militares? Em pouco mais de uma década, conseguiram quebrar o Brasil, imaginem administrando desde 50 atrás.

SandroMaravilha disse...

Cada vez que encosto no posto para abastecer e vejo aumento no preço dos combustíveis, me lembro que tudo será igual e nada acontecerá...só o aumento será eterno.

tyu disse...

Petrobrás....................

Chamar isso de empresa é uma ofensa para setor empresarial.............

Podemos classificar isso de uma bela putaria com dinheiro do povo.

Isso aqui é um amontoado de vagabundo, que por falta de nome adequado, colocaram braziu.

http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/petrobr%C3%A1s-deu-convite-vip-para-genro-de-dilma

Anônimo disse...

Petrobras deu convite VIP para genro de Dilma.

Lista inédita dos convidados VIP da Petrobras para assistir ao GP do Brasil de Fórmula 1, em novembro, revela que o agrado, originalmente usado pela estatal “para relacionamento com grandes clientes corporativos”, teve como beneficiados o genro da presidente Dilma Rousseff, Rafael Covolo; dois filhos do ministro da Fazenda, Guido Mantega; e a irmã, o cunhado e a sobrinha da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, além de parlamentares da base aliada e seus familiares.

Mantida em segredo pela gerência executiva de Comunicação Institucional da Petrobras, a lista foi obtida pelo Estado via Lei de Acesso à Informação. O cargo é ocupado desde 2003 por Wilson Santarosa, sindicalista amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O pedido de informações foi negado duas vezes, e só foi atendido por decisão da presidência da Petrobras.

As cortesias dão direito a vista privilegiada da pista do Autódromo de Interlagos, além de acesso aos boxes das escuderias, hospedagem em hotel cinco estrelas e buffet de bebidas e comidas durante o GP. Estima-se que o custo unitário dos convites oferecidos pela Petrobras chegue a R$ 12 mil - o ingresso mais caro vendido ao público no ano passado, com benefícios semelhantes, valia R$ 11.200.
Mas informações, no jornal O Estado de S. Paulo.

CEL CESAR PINTO - averdadedasmentiras-unknown disse...

A QUEDA DA IMPOSTURA DE HONESTIDADE, AUSTERIDADE E SOLIDARIEDADE DOS DIRIGENTES DO PT E SEUS COLIGADOS, NA CAMPANHA IMPLANTADA E VITORIOSA NA ELEIÇÃO DO PRESIDENTE LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA.

FOI IDÊNTICA A CAMPANHA DO SENADOR COLLOR DE MELLO NA CAÇA AOS MARAJÁS. NO SEU GOVERNO ELE FOI RESPONSABILIZADO PELOS ESCÂNDALOS E PAGOU COM A CASSAÇÃO DE SEU MANDATO.
PORQUE O SR. LULA NÃO VEM A PÚBLICO EXPLICAR A COMPRA DESTA REFINARIA PELA PETROBRAS, QUE ACONTECEU NO SEU GOVERNO.
CAUSA-NOS ESPECIE QUE ATÉ O MOMENTO O SR.LULA NÃO TENHA SE MANIFESTADO NESTE EPISÓDIO DA COMPRA DESTA REFINARIA DE PASADENA QUE FOI CONCRETIZADA NO SEU GOVERNO EM 2008 "SEGUNDO MANDATO COMO PRESIDENTE DA REPUBLICA". O QUAL COMO PRESIDENTE NÃO TOMOU CONHECIMENTO, (O QUE ERA NORMAL) E MUITO MENOS INTERFERIU NESTA COMPRA DESASTROSA FEITA PELA PETROBRAS.

QUANTO GANHOU PARA NÃO SE INTROMETER NESTA COMPRA O SR.LULA , O SEU PARTIDO PT, OS SEUS COLIGADOS E OS DEMAIS COMPONENTES DA CÚPULA DO PT, JOSE DIRCEU E SEUS COLABORADORES, HOJE, CONDENADOS NO MENSALÃO.

ISSO TAMBÉM PRECISA SER ESCLARECIDO PELO SR.LULA. NO ENTENDER DO POVO INOCENTE ÚTIL, ELE NÃO ESTÁ ISENTO DE CULPA EM MAIS ESTE ESCÂNDALO.

O POVO INOCENTE ÚTIL, QUE VOTOU NELE QUER SABER A VERDADE.

PORQUE O SR.LULA NÃO É ENTREVISTADO PELOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO, RADIO, TELEVISÃO, JORNAIS, REVISTAS E PELA INTERNET, SERÁ QUE TODOS FORAM COMPRADOS PELO PT E SEUS COLIGADOS.

ONDE ESTÁ A REDE GLOBO, A REDE MANCHETE , A REDE SBT E AS DEMAIS REDES BRASILEIRAS, QUE SEQUER FALAM EM SEU NOME, COMO SE ELE TAMBÉM NÃO FOSSE UM DOS RESPONSÁVEIS POR MAIS ESTE ESCÂNDALO DO GOVERNO DO PT E SEUS COLIGADOS.

PORQUE ELE NÃO VEM A PÚBLICO DIZER QUE É A FAVOR DE UMA CPMI NO CONGRESSO NACIONAL PARA APURAR O ESCÂNDALO DO PETROBRAS, QUE OCORREU NO SEU GOVERNO E NO GOVERNO DO SEU PARTIDO (PT) E SEUS COLIGADOS .

SE FOSSE AO CONTRÁRIO, O POVO INOCENTE ÚTIL TEM CERTEZA QUE O SR. LULA ESTARIA EM TODOS OS ÓRGÃO DE COMUNICAÇÃO, DANDO ENTREVISTAS E ALARDEANDO A CRIAÇÃO DE UMA CPMI PARA APURAR OS ESCÂNDALOS DA SITUAÇÃO , QUANDO O SEU PARTIDO (PT) ERA OPOSIÇÃO NO CENÁRIO POLITICO NACIONAL, COMO SEMPRE FEZ.

E AGORA, SR. LULA, MOSTRE A SUA FACETA DE POLÍTICO ESPERTO E OPORTUNISTA E VENHA A PÚBLICO EXPLICAR A SUA OMISSÃO NESTE NOVO ESCÂNDALO ,QUE ACONTECEU, NA SUA GESTÃO COMO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL. (2008)

O POVO INOCENTE ÚTIL AGUARDA COM GRANDE EXPECTATIVA SE O SR. TEM CORAGEM DE COMO HOMEM PÚBLICO E "HONRADO" QUE SEMPRE DEMOSTROU SER NO DECORRER DE SEUS MANDATOS PRESIDENCIAIS.

JÁ ESTÁ NA HORA DE PARAR DE SE OMITIR E DEIXAR PARA OS SEUS COMPANHEIROS ARCAR COM A CULPA DOS SEUS ERROS NO COMANDO DESTA NAÇÃO.

FOI ASSIM NO ESCÂNDALO DO MENSALÃO E TAMBÉM SERÁ ASSIM NO ESCÂNDALO DA PETROBRAS E TAMBÉM SERÁ ASSIM QUANDO FOR APURADO OS EMPRESTIMOS IRREGULARES DO BNDES PARA O PORTO DE CUBA E OUTROS ESTÃO PARA APARECER, SE FOR ABERTA A CAIXA PRETA DO BNDES.

O BOM DIA BRASIL DE 28/03/2014 MOSTROU A PREOCUPAÇÃO DO PRESIDENTE DO SENADO RENAN CALHEIROS E DA SENADORA IDELI SALVATTI COM ABERTURA DA CPI DA PETROBRAS EM ANO ELEITORAL.
"Brasília - O presidente da Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que "não há mais o que fazer" sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobrás. "Evidentemente que uma CPI em ano eleitoral mais atrapalha do que facilita a vida do Brasil."

A ABERTURA DA CPI DA PETROBRAS NÃO ATRAPALHA A VIDA DO BRASIL NÃO, SENHORES SENADORES. ATRAPALHA É A REELEIÇÃO DOS POLÍTICOS CORRUPTOS QUE INFESTAM ESTA NAÇÃO, PRINCIPALMENTE OS DO PARTIDO DO GOVERNO(PT) E SEUS COLIGADOS, OS ARTICULADORES DO CRIME ORGANIZADO NO BRASIL.

Anônimo disse...

Serrão, quando eu digo que os petralhas comunistas são doentes mentais, pois bem, veja neste artigo no link abaixo.
O fato de a Raquel Sheherazade ter feito comentário a favor do grupo de pessoas que espancou e prendeu um adolescente no poste, acusado de roubo, não vai mudar a atitude das pessoas indignadas com a inversão de valores e a falta de justiça.
O que dizer então, de deputados e senadores que pregam que "se não resistir à propaganda, é legítimo roubar". ISTO É INCITAÇÃO À VIOLÊNCIA.
Desculpe-me a franqueza, sr procurador, pior do que isto, são os dossiês, muitas vezes falsos, as calúnias e difamações para assassinar a reputação dos adversários e que sempre provém de quem detém o poder.


http://www.libertar.in/2014/03/censura-petista-criticos-do-governo.html

Anônimo disse...

Intervencão Militar já!!!!

GALERA QUE FOI NA MARCHA DO DIA 22/03


POR FAVOR VAMOS FAZER UM ESFORÇO E VAMOS NA MARCHA DO DIA 30/03 AS 15:00 Hs NO VÃO DO MASP.

SEGUE O LINK PARA VC MARCAR PRESENÇA, VAMOS FAZER ESTE NUMERO SUBIR URGENTE:

https://www.facebook.com/events/270646976440533/?fref=ts

https://www.facebook.com/events/265136536988226/?fref=ts

https://www.facebook.com/events/615140638521395/?fref=ts

https://www.facebook.com/events/294457044039444/?fref=ts

MARCHA DO DIA 31/03 TAMBÉM MUITO IMPORTANTE TODOS COMPARECEREM:

https://www.facebook.com/events/745022768855351/?fref=ts


Milton Lima

Anônimo disse...

Por que razão toda midia está escondendo outro crime de colarinho branco da vaca bulgara, incluindo os blogueiros?

"Dilma Rousseff aprovou compra de refinaria japonesa com contrato semelhante ao de Pasadena

Um ano depois da aquisição da refinaria norte-americana, presidente aprovou contrato de compra de plataforma japonesa nos mesmos moldes do anterior

O turbilhão de desconfianças que paira sobre a Petrobras - acentuado pela prisão de Paulo Roberto Costa e pela demissão de Nestor Cerveró, ambos diretores envolvidos na compra da plataforma de Pasadena -, ganhou mais um componente neste sábado. Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, Dilma Rousseff aprovou um contrato semelhante ao da refinaria norte-americana. Isto é: com uma cláusula chamada de Put Option, que obriga um dos sócios a comprar o restante das ações em caso de discordância entre as partes envolvidas.

Na ocasião, em 2007, a presidente ocupava os cargos de ministra da Casa Civil e de presidente do Conselho de Administração da Petrobras e concordou com a compra da refinaria japonesa Nansei Sekiyu (de Okinawa) - aquisição comandada, na época, pelo mesmo Nestor Cerveró. Dilma justificou a compra com base em um resumo elaborado pela diretoria internacional da Petrobras. Na última terça-feira, Dilma havia dito que, se soubesse das cláusulas no contrato de Pasadena, não teria fechado o negócio.

Sobre a compra da refinaria japonesa, a presidente justificou que "a aquisição estava alinhada com a estratégia geral da companhia (...) no que se referia ao incremento da capacidade de refino de petróleo no exterior" e ressaltou que "a refinaria detinha uma vantagem (...) por possuir um grande terminal de petróleo e derivados".

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o ex-presidente da Petrobrás José Sérgio Gabrielli citou o contrato da refinaria de Okinawa como exemplo de que o Put Option era comum nos contratos da empresa.

(...)"

http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/economia/noticia/2014/03/dilma-rousseff-aprovou-compra-de-refinaria-japonesa-com-contrato-semelhante-ao-de-pasadena-4454081.html

Anônimo disse...

"Dilma apoiou compra no Japão com cláusula similar à de Pasadena
Presidente disse que não sabia de cláusulas da compra da refinaria nos EUA em 2006, mas concordou com compra semelhante no ano seguinte ciente das condições

Como presidente do Conselho de Administração da Petrobras, Dilma Rousseff aprovou, em 2007, a aquisição de parte de uma refinaria no Japão ciente da cláusula Put Option, que obriga uma das partes da sociedade a comprar a outra em caso de desentendimento. No entanto, a presidente alega que não teria concordado com a compra de uma refinaria nos Estados Unidos em 2006, que tinha cláusulas semelhantes. As informações são do Estado de S.Paulo.


Dilma disse ter autorizado a compra da refinaria japonesa Nansei Sekiyu baseada em um resumo elaborado pela diretoria internacional da Petrobras, na época comandada por Nestor Cerveró. Ela afirmou em comunicado ao jornal que o resumo contém a “existência de cláusulas contratuais que materializaram o Put Option, bem como as informações técnicas correspondentes”.

(...)"

http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/dilma-apoiou-compra-no-japao-com-clausula-similar-a-de-pasadena,9edd163c4c9e4410VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

Anônimo disse...

"Dilma aprovou refinaria no Japão ciente de cláusula

Presidente, que diz que mudaria posição sobre a compra de Pasadena se soubesse de Put Option, autorizou negócio com esse mesmo item em 2007.

Em texto assinado pela Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto e encaminhado ontem ao Estado, Dilma disse ter autorizado a compra da refinaria japonesa Nansei Sekiyu com base num "resumo" elaborado pela diretoria internacional da Petrobrás, na época comandada por Nestor Cerveró, no qual "está referida a existência de cláusulas contratuais que materializaram o Put Option, bem como as informações técnicas correspondentes". No caso da refinaria de Pasadena, a presidente havia informado ao Estado que o resumo que recebeu do mesmo Cerveró, demitido ontem de um cargo de diretor na BR Distribuidora, era "falho" e omitia condições do contrato como as cláusulas de Put Option e Marlim (que garantia à sócia da Petrobrás um lucro mínimo independentemente da situação do mercado).

Dilma disse na nota de terça que, se soubesse das cláusulas, não apoiaria o negócio. As declarações da presidente sobre Pasadena provocaram forte reação no meio político e empresarial.

(...)"

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,dilma-aprovou-refinaria-no-japao-ciente-de-clausula,1143789,0.htm

Anônimo disse...

dilma não sabia nada sobre as clausulas da refinaria de Pasadena, mas inacreditavelmente esteve em quatro das cinco reuniões sobre sua aquisição!

Dá para acreditar nessa vaca bulgara?

"Dilma participou de pelo menos 4 reuniões sobre Pasadena

compra da refinaria de Pasadena foi tratada no conselho de administração da Petrobras pelo menos cinco vezes, segundo atas de reunião entre 2006 e 2012 (1.268, 1.301, 1.303, 1.320 e 1.368). A presidente Dilma Rousseff estava presente nas quatro primeiras, sendo a última em 2009. Dilma deixou a presidência do conselho em 2010, ano em que concorreu à eleição. A atual presidente da Petrobras, Graça Foster, participou da quinta reunião, em 13 de junho de 2012, três meses depois de assumir a presidência da empresa. Documentos e relatos mostram que há pelo menos 21 meses as suspeitas no contrato são conhecidas no conselho, e mesmo assim não foi feita investigação interna.

(...)"

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,dilma-participou-de-pelo-menos-4-reunioes-sobre-pasadena,1146414,0.htm

Anônimo disse...

"Lobão admite a possibilidade de lançar campanha para evitar falta de energia este ano

Vários analistas acreditam que há grandes chances de racionamento este ano, inclusive em junho, quando acontecerá a Copa.

Em entrevista ao jornal americano, Wall Street Journal, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, admitiu a possibilidade de realizar uma campanha para incentivar o uso consciente da eletricidade e evitar que falte energia durante a Copa do Mundo.

(...)"

http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/lobao-admite-a-possibilidade-de-lancar-campanha-para-evitar-falta-de-energia-este-ano/

Anônimo disse...

Refinaria Nansei foi comprada por US$ 71 mi, estatal já gastou o triplo desse valor para resolver problemas ambientais e efetuar melhorias.

Pode? Claro quee pode com esta terrorista extremamente grossa, ordinária, reles no trato com seus subordinados.

Anônimo disse...

"Petrobras já gastou o triplo do que pagou por refinaria do Japão

Além da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), a Petrobras fechou outro polêmico negócio com os japoneses.

A refinaria Nansei, em Okinawa, foi comprada em abril de 2008 por US$ 71 milhões, mas a estatal já gastou o triplo desse valor para resolver problemas ambientais e fazer melhorias operacionais na unidade, que é antiga e processa 100 mil barris diários. Segundo uma fonte, a companhia teria investido mais de US$ 200 milhões na refinaria desde a aquisição.

O negócio foi fechado na gestão de José Sérgio Gabrielli e dos então diretores de Abastecimento Paulo Roberto Costa (preso pela Polícia Federal na por suspeita de lavagem de dinheiro) e de Internacional Nestor Cerveró, que foi exonerado da BR Distribuidora na sexta-feira, após a presidente Dilma Rousseff ter revelado que aprovou a compra de Pasadena com base em documento de sua autoria que não contemplava cláusulas controversas. Entre elas a “put option”, que prevê que o sócio compre a parte do outro em caso de divergência.

Contrato previa ‘put option’

A Petrobras tentou vender a refinaria do Japão nos últimos anos. Uma das últimas ofertas teria sido de US$ 150 milhões, e a estatal não aceitou. Hoje, a refinaria opera com carga mínima. Segundo a fonte, o Japão não tem interesse em comprá-la. Procurada, a Petrobras não comentou.

Em nota divulgada ontem, a Secretaria de Comunicação da Presidência da República confirmou que no resumo executivo elaborado pela diretoria Internacional da Petrobras, e apresentado ao Conselho de Administração da empresa, continha a “existência de cláusulas contratuais que materializavam a Put Option”, no caso da refinaria Nansei, como revelado ontem pelo “Estado de S. Paulo".

O governo afirmou que a aquisição era um bom negócio, pois a unidade tinha um grande terminal de petróleo e derivados."

http://www.liberdade96fm.com.br/noticia/petrobras+ja+gastou+o+triplo+do+que+pagou+por+refinaria+do+japao-13739

Anônimo disse...

"Marido da nova presidente da Petrobras tem 42 contratos com a estatal, 20 deles sem licitação

(...)

De 2007 a 2010, a C.Foster, de propriedade de Colin Vaughan Foster, assinou 42 contratos, sendo 20 sem licitação, para fornecer componentes eletrônicos à estatal. Entre 2005 e 2007, apenas um havia sido firmado.

(...)"

http://www.implicante.org/noticias/marido-da-nova-presidente-da-petrobras-tem-42-contratos-com-a-estatal-20-deles-sem-licitacao/

Anônimo disse...

De tudo isso, só quero dizer uma coisa: ver a Dilma junto com a corja petista sendo derrotados nas urnas, seria bom demais pra ser verdade! Como toda e qualquer cidadã de bem, SONHO com isso...

Anônimo disse...

Que paginazinha mais tucanalha heim. Quem são os demos-tucanos, que acobertam mazelas em SP e MG há anos, sob vista grossa da grande mídia, sem falar nos tempos entreguistas de FHC. Lavem suas bocas pra falar de Dilma, bando de coxinhas viúvas da ditadura.