terça-feira, 22 de abril de 2014

A Musa do Ódio


O Escritor Ruy Câmara dá um tapa na cara da alta burguesia petista, especialmente na sua “filósofa” Marilela Chauí, que resolveu decretar a morte da classe média – tão exaltada na propaganda dos governos do PT.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por José Gobbo Ferreira

A Sra. Marilena Chauí fez um interessante pronunciamento na presença da figura mais repugnante que a política brasileira já produziu nos últimos tempos, ou seja, desde a chegada de Pedro Álvares Cabral:

Ele é muito interessante por desnudar o que vai pelo coração daquela senhora. E por mostrar que o grande timoneiro do PT aprova aquela posição. Respeito integralmente a opinião de ambos. Eu sou de classe média, e a classe média é democrática.

O vídeo é precioso! Deixa completamente claras a ideologia do PT e complementa aquele outro da Sra. Maria do Rosário em uma reunião da OAB em Petrópolis.

Levando em conta os dois, fica claro que o PT é um partido cujo hino nacional é a Internacional Comunista. Fica provado que a força motriz desse partido é o ódio. E fica demonstrado que esse ódio é usado para alimentar a luta de classes.

Mas ela não deixa de ter razão. Realmente a classe média é fascista. Tão fascista que permite democraticamente que aquela Sra. diga todas as sandices que disse sem sequer cogitar de enviá-la para um Gulag qualquer.

Não há como negar: a classe média é terrorista. Imaginem: ela trabalha!!! Pode haver terrorismo maior, atrocidade mais pungente, agressão mais desumana ao PT, um partido de trabalhadores que não trabalham, de estudantes que não estudam e de intelectuais analfabetos?

Finalmente, é envergonhado e de cabeça baixa que assumo: a classe média é ignorante. Pois não é que ela permitiu que um partido tão asqueroso, desonesto e incompetente como o PT chegasse ao poder? E lá ficasse por tanto tempo?

Na comemoração de seus dez anos de governo, o PT se vangloriou de que nunca antes na história desse país houve uma promoção social tão maciça. Milhões de pessoas passaram da classe D para a C, ou seja, ingressaram na maldita classe média. Pobrezinhos! Melhor lhes fora ter ficado onde estavam. Eram amados por essa musa do PT. Agora são odiados. Devem estar chorando dia e noite.

Como cidadão, o que ela disse não me trouxe novidade nenhuma. Como ser humano, meu sentimento é de piedade por quem guarda tanto ódio no coração (é o velho sentimentalismo da classe média, fascista, terrorista e ignorante...)
Feliz Páscoa Sra. Marilena Chauí. Que a Ressurreição do Cristo possa abrandar esse seu coração e trazer-lhe um pouco de paz.

São os votos deste cidadão de classe média.

José Gobbo Ferreira é Coronel do EB, na Reserva.

3 comentários:

Anônimo disse...

Os aplausos a mARILENA CHUNCHUN, cheia de anéis e badulaques, devem ser dos seus alunos puxa-sacos que precisam de nota para serem aprovados. Lugar de maluca é no hospício.

Anônimo disse...

O mais impressionante é o ex-presidente de um país se deleitando em frente às câmeras, sem o mínimo pudor e vergonha, com um afronte direcionado a parte da sua população, a qual é o motor da sociedade. Esse cara deveria usar a mesma corda recomendada no final do vídeo acima à essa pedaço de estrume, Marilena Chauí. Ou deveria ser ajudado...

Loumari disse...

"Ser forte à custa alheia é ser fraco à custa própria."
(Ferreira Virgilio)