terça-feira, 8 de abril de 2014

Imprensa: Acorde!


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

Um aviso à grande imprensa do meu país, que, por motivos que poucos conhecem mas que muitos desconfiam quais sejam, certamente ligados a dependência da subvenção oficial que a mantém viva, insiste de modo unilateral num tema polêmico: cesse a lavagem cerebral que está impondo aos leitores e espectadores, visando a mobilizar os jovens de hoje que não viveram os tempos obscuros de 1964, a adotarem uma postura na qual há uma clara intenção de demonizar as forças armadas que, atendendo aos apelos da sociedade da época, à beira da pulverização, conforme fartamente documentado pelos precursores e antepassados dos que hoje assumem posições discutíveis nas redações e estúdios, carregaram sozinhas - os segmentos civis que apoiaram as ações, posteriormente se "ajeitaram" no poder e alguns estão aí até hoje - a responsabilidade das consequências daquilo que tinha que ser feito. 

Pare, querida e ainda livre imprensa, com essa torrente de colagens e montagens porque os seus órgãos de comunicação serão os mais atingidos, se for bem sucedida a ditadura que está solertemente sendo montada por quem  está hoje no poder, ex-guerrilheiros que afirmam hipocritamente, com forte apoio dos atuais impérios jornalísticos, que suas ações àquela época  tinham como objetivo defender a democracia. 

Amada imprensa, caso a estratégia que estão tendo a liberdade de montar, graças aos governos que se seguiram ao "golpe" -termo convencionalmente adotado para enfatizar a desmoralização - e que foram conduzidos, é claro, com alguns erros e exageros, por aqueles que hoje estão sendo apresentados como carrascos, se aquela estratégia for concretizada, os jovens jornalistas que hoje se dedicam a fazer falsos heróis serão descartados como inocentes inúteis, muitos deles mandados para trabalhos no campo ou promovidos a "delegados". E o chopinho, nunca mais... 

Querida imprensa, é preciso entender que a sociedade não está mais conseguindo engolir o blá-blá-blá revanchista e parcial com o qual está sendo bombardeada, mesmo porque o governo há mais de dez anos no poder transformou o país num balaio de crises que está deixando a população em estado de apreensão. 

Vêem-se crises para onde se olha: na educação, na saúde, na segurança, nas estatais em estado falimentar, na classe política mergulhada em corrupção e domada pelo poder central, na justiça completamente dilapidada pelo aparelhamento no âmbito das togas, no apoio a atos totalitários aqui nas nossas fronteiras e na infraestrutura que está tirando o produto brasileiro da competição internacional, entre muitos outros iminentes desastres.

Imprensa do meu país: acorde, enquanto é tempo, 


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guerra, reformado.

2 comentários:

BRAGA disse...

PREZADO SENHOR PAULO ROBERTO. BOM DIA.
ESTAMOS AGORA, NUMA DITADURA "ESCANCARADA", SÓ QUE MAIS SOFISTICADA, A ECONÔMICA, QUE É CRUEL. VEMOS DIARIAMENTE NA GRANDE MÍDIA, EM REDE NACIONAL, A DEMONIZAÇÃO DAS FFAA(INSTITUIÇÃO). NÃO FORAM TODOS OS MILITARES QUE FIZERAM ISSO. VEJO SENHORES E SENHORAS MUITO BEM VESTIDOS DESSAS COMISSÕES DA VIDA DETONANDO TUDO. E A LEI DE CAUSA E EFEITO?
PERDI EMPREGO, PORQUE ME "DEDARAM" EM 1966 (ACREDITE NÃO FOI UM MILITAR E SIM UM ALUNO) E DEPOIS EM 1977, "FICHADO" PORQUE ERA SINDICALIZADO E PARTICIPEI DE GREVES E PANFLETAGEM.
INGRESSEI NO CEP EM 1977, POIS TAMBÉM EXERCIA MINHA CIDADANIA SEM O USO DE ARMAS DE FOGO E ASSEMELHADOS, POIS SOU CIVIL E ACREDITO NA FORÇA DA PALAVRA.
ALGUM TEMPO DEPOIS O DOPS AREENDEU OS DOCUMENTOS DO CEP COM OS POUCOS CORAJOSOS QUE HAVIAM SE SINDICALIZADOS.
QUANDO VEIO A ANISTIA, MELHOROU UM POUCO, MAS A “NORMALIDADE” SOMENTE CHEGOU A PARTIR DE 1985.
DURANTE AS ASSEMBLÉIAS DA CATEGORIA COMECEI A PERCEBER QUE A LIDERANÇA ESTAVA PREOCUPADA EM SE CANDIDATAR A CARGOS POLÍTICOS E, NÓS ÍAMOS “ENCARAR” A PARADA:
POLÍTICOS PODRES, PM, BOMBAS DE EFEITO MORAL E MUITO GÁS E BORRACHADAS.
EM 1982/2014, ELEIÇÕES DIRETAS PARA GOVERNADOR: BRIZOLA, MOREIRA FRANCO (ARGH!), BRIZOLA, MARCELLO ALENCAR, GAROTINHO (INIMIGO DOS PROFESSORES), BENEDITA DA SILVA, A GAROTINHA (POSTE), SERGINHO CABRAL E PEZÃO.
DOS PRESIDENTES DIRETOS: TUDO FARINHA DO MESMO SACO.
NUNCA PEDI IDENIZAÇÃO AOS GOVERNOS, POIS QUEM PAGA É O POVO QUE TRABALHA DE VERDADE!
RESPEITO AS TAIS COMISSÕES DA VIDA. BUSCA DE JUSTIÇA, SIM! VINGANÇA NÃO!
NÃO POSSO AVALIAR OS COMPONENTES DAS TAIS COMISSÕES POIS NÃO OS CONHEÇO.
CHEGA DE DITADURAS. MAS A MINHA SENSAÇÃO É ATUALMENTE, NÃO HÁ IDEOLOGIA E SIM O PODER PARA CHEGAR AO DINHEIRO.
É SENHOR PAULO ROBERTO, PARA FINALIZAR, O BRASIL SEMPRE FOI ESSA MERDA, DESDE 22/04/1500.

BRAGA disse...

PREZADO SENHOR PAULO ROBERTO. BOM DIA.
ESTAMOS AGORA, NUMA DITADURA "ESCANCARADA", SÓ QUE MAIS SOFISTICADA, A ECONÔMICA, QUE É CRUEL. VEMOS DIARIAMENTE NA GRANDE MÍDIA, EM REDE NACIONAL, A DEMONIZAÇÃO DAS FFAA(INSTITUIÇÃO). NÃO FORAM TODOS OS MILITARES QUE FIZERAM ISSO. VEJO SENHORES E SENHORAS MUITO BEM VESTIDOS DESSAS COMISSÕES DA VIDA DETONANDO TUDO. E A LEI DE CAUSA E EFEITO?
PERDI EMPREGO, PORQUE ME "DEDARAM" EM 1966 (ACREDITE NÃO FOI UM MILITAR E SIM UM ALUNO) E DEPOIS EM 1977, "FICHADO" PORQUE ERA SINDICALIZADO E PARTICIPEI DE GREVES E PANFLETAGEM.
INGRESSEI NO CEP EM 1977, POIS TAMBÉM EXERCIA MINHA CIDADANIA SEM O USO DE ARMAS DE FOGO E ASSEMELHADOS, POIS SOU CIVIL E ACREDITO NA FORÇA DA PALAVRA.
ALGUM TEMPO DEPOIS O DOPS AREENDEU OS DOCUMENTOS DO CEP COM OS POUCOS CORAJOSOS QUE HAVIAM SE SINDICALIZADOS.
QUANDO VEIO A ANISTIA, MELHOROU UM POUCO, MAS A “NORMALIDADE” SOMENTE CHEGOU A PARTIR DE 1985.
DURANTE AS ASSEMBLÉIAS DA CATEGORIA COMECEI A PERCEBER QUE A LIDERANÇA ESTAVA PREOCUPADA EM SE CANDIDATAR A CARGOS POLÍTICOS E, NÓS ÍAMOS “ENCARAR” A PARADA:
POLÍTICOS PODRES, PM, BOMBAS DE EFEITO MORAL E MUITO GÁS E BORRACHADAS.
EM 1982/2014, ELEIÇÕES DIRETAS PARA GOVERNADOR: BRIZOLA, MOREIRA FRANCO (ARGH!), BRIZOLA, MARCELLO ALENCAR, GAROTINHO (INIMIGO DOS PROFESSORES), BENEDITA DA SILVA, A GAROTINHA (POSTE), SERGINHO CABRAL E PEZÃO.
DOS PRESIDENTES DIRETOS: TUDO FARINHA DO MESMO SACO.
NUNCA PEDI IDENIZAÇÃO AOS GOVERNOS, POIS QUEM PAGA É O POVO QUE TRABALHA DE VERDADE!
RESPEITO AS TAIS COMISSÕES DA VIDA. BUSCA DE JUSTIÇA, SIM! VINGANÇA NÃO!
NÃO POSSO AVALIAR OS COMPONENTES DAS TAIS COMISSÕES POIS NÃO OS CONHEÇO.
CHEGA DE DITADURAS. MAS A MINHA SENSAÇÃO É ATUALMENTE, NÃO HÁ IDEOLOGIA E SIM O PODER PARA CHEGAR AO DINHEIRO.
É SENHOR PAULO ROBERTO, PARA FINALIZAR, O BRASIL SEMPRE FOI ESSA MERDA, DESDE 22/04/1500.