domingo, 20 de abril de 2014

Respeitar a Petrobras


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net 
Por Eduardo de L. Locht   

A Petrobrás foi criada por pessoas, projetada por pessoas, construída por pessoas, operada por pessoas e esta sendo destruída por pessoas. Todo seu patrimônio industrial só funciona com pessoas.

Quando se loteia a empresa politicamente, nomeando políticos e politiqueiros sindicais para participar da direção da empresa, na realidade se pretende destruí-la pela incompetência de dirigi-la.

Gastam bilhões em propaganda da companhia para tentar amarrar a imprensa publicitária pela ameaça de cortar o que contratou. A Petrobrás e outras estatais não precisam de publicidade, precisam de resultados!

Terminaram com a meritocracia, sustentáculo da organização. Colocaram-na como uma das empresas mais endividadas do mundo. Colocaram um banqueiro francês que a transformou numa empresa de negócios.

Só existem negócios nas áreas comerciais onde ela compra ou vende seus produtos. Transformaram a Fundação PETROS numa financiadora de atividades desejadas pelo governo, em detrimento dos interesses dos aposentados.

Resistem em pagar o que devem aos aposentados, apesar de ações judiciais transitadas em julgado, fazendo com que seus atuais empregados percam a confiança no sistema.

Pessoas que honestamente aplaudem a suposta distribuição de renda e moradias ainda acreditam que o governo tem boas intenções e não percebem que a nação está sendo destruída pela incompetência de ignorantes no poder.

Nunca se viu em tempo algum um relato de tantos roubos em todos os níveis da gestão pública, o que nos desqualifica mundialmente. E pior, a esquerda acaba com a Petrobrás pela incompetência e aspirações comuno-socialistas e a direita tentará fazê-lo por convicções inadequadas ao Brasil no momento atual.

Eduardo de L. Locht   é engenheiro aposentado da Petrobrás –

Nenhum comentário: