quinta-feira, 17 de abril de 2014

Ser ou não ser, eis a questão


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Valmir Fonseca

Na medida em que os direitos humanos passaram a dominar a humanidade em detrimento dos deveres, os mais atilados e espertos, sejam os partidos políticos, sejam os melífluos parlamentares, abraçaram com fervor a tese corrente de que todos têm direitos.
É verdade, todos temos direitos. Deveres, talvez.
Na atualidade, portanto a máxima é sair do armário, seja você como for, deixe a vergonha de lado e assuma.
O grau de liberalidade é tamanho, que seja como você é não esconda e brade ao mundo “eu sou assim”, e, lepidamente, com orgulho, exponha aos demais viventes, que você é assim ou assado, e que nada neste mundo poderá impedir ou discriminar as suas opções, mesmo que elas contrariem as leis do Criador e da natureza.  
Não importa, se você é bichona, veado, preto ou negro, índio ou não selvático, branco, amarelo, vermelho, quilombola, de olhos azuis ou castanhos, o que importa é que você se liberte, e se for necessário, saia às ruas com descarada convicção.
Alguns optam por queimar ônibus nas ruas, outros em juntar - se em corajosos grupos de mão - de - obra não especializada nos arrastões, outros nos rolezinhos nos shoppings, ou ingressam nos Black shits (no MST, nos Sem teto...)
Se você é chegado a uma droga, não se amofine, nem se apequene, pois você é vítima da sociedade indiferente, ou é o rebotalho de seus péssimos pais.
Breve, graças à tese governamental de que todos têm direitos, não importa o seu problema, sexual, financeiro ou ideológico, a descoberta em nível mundial é de que você é uma vitima da sociedade, a qual deverá pagar pelo erro de discriminar a sua impoluta pessoa.
Se você é comunista, assuma, se é democrata, assuma. Em qualquer opção avance com determinação.
Se você é um dos bolsistas ou se você é um dos idiotas que pagam as bolsas dos outros, decida e não pague, revolte - se e brade contra o governo, mas se é mais um aquinhoado com a esmola paga pelos outros, aplauda e vote na permanência, e, de preferência, na perpetuação do atual desgoverno.
Hoje, a nossa convocação é para os honestos amoitados, os discriminados indivíduos de caráter, os que professam a verdade acima de tudo, os indignados com a corrupção, com as mentiras e com as CPIs da embromação.
Hoje, conclamamos a vocês - maioria para lá de silenciosa -, dos reais trabalhadores, da imensidão de indivíduos que cumprem as suas obrigações, que madrugam para ir trabalhar, que não têm planos de saúde, que estão aposentados com uma miséria, e ainda por cima descontam para a sua própria aposentadoria.
Meus discriminados conterrâneos, abram o peito e gritem, “basta!”.
Não é vergonha ser honesto, não é desdouro ter caráter, não é vexame não ser um fora - de - série, embora todos os outros sejam.
Maioria vilipendiada, saia do armário da conivência e da submissão e dê um basta na canalhice e no império da corrupção, e declare em alto e bom som, que abomina a impunidade, que repele com veemência qualquer maracutaia, mesmo as de pequenas e irrisórias perdas para o erário nacional, como foi a inteligente compra da refinaria de Pasadena.
Saia do armário, do buraco, da tolerância e grite “chega de patifes!” no atual desgoverno.
Ser democrata, correto, cidadão com excelência moral, com conduta ilibada, cônscio de seus deveres e de muitas outras virtudes e valores que o identificam, eis a sua decisão.
O não ser nada, como um zero à esquerda, é a opção dos outros, mas não a nossa que como homens de bem, ansiamos que a canalha sócio - lulo - comuno - sindicalista atrelada ao execrável Foro de São Paulo, se escafeda de nossa Pátria e, se possível, da face da terra. 
Quem sabe, outros empolgados seguirão você, desafortunado brasileiro.
Valmir Fonseca Azevedo Pereira é General de Brigada, reformado.

6 comentários:

Anônimo disse...

MANCHETE DE JORNAL: CERVERÓ DIZ QUE NÃO HOUVE ENVOLVIMENTO DO PRESIDENTE LULA
OPERADOR DA COMPRA DA REFINARIA SUPERFATURADA “ISENTA” LULA DE CULPA

HÁ HÁ HÁ HÁ!!!
Só um imbecil acredita nessa esparrela. A tese mais correta é que, a visita a Dinamarca tenha sido exatamente para combinar a negociata. O que Lula foi fazer na Dinamarca? O Petísmo não gosta de países desenvolvido. A política externa petista, sempre foi voltada para o estreitamento das relações com ditadores das piores espécies. Que o diga Fidel e o BNDES

Manoel Vigas disse...




Saudações.

NÃO SENDO ANALFABETO, LEMOS:

Artigo 142 da Constituição Federal:

“As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”.

REPETIMOS:

" ... à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”.


MAS,

PELO QUE FOI ASSINADO PELA "presidenta",

PARECE QUE TEMOS UMA NOVA CONSTITUIÇÃO.

UM NOVO "EXÉRCITO POLÍCIA", UMA "FFAA COM FUNÇÕES DE POLÍCIA" .


CONFIRA:

*****************************

RIO - A presidente Dilma Rousseff (PT) assinou, na noite desta sexta-feira, 28, decreto que autoriza o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ...

Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro.

A GLO confere poder de polícia às Forças Armadas, isto é, autorização para patrulha, vistoria e prisões em flagrante.

FONTE:
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,dilma-assina-decreto-que-autoriza-exercito-a-patrulhar-complexo-da-mare,1146698,0.htm


*****************************

PERGUNTO:

PODERIA ALGUEM INFORMAR EM QUAL "PAIS" OU "LUGAREJO,

. . . POR MENOS CIVILIZADO QUE SEJA" . . .

EXISTE FORÇAS ARMADAS MAIS "humilhadas" DO QUE A NOSSA ?

************************
PIOR:

NENHUM MILITAR RECLAMA.

TRISTE TERRA DE NINGUÉM . . .

Atenciosamente.
Manoel Vigas

Anônimo disse...

Será que ainda existe alguém na caserna com honra?
Será que existe moralidade,ética, hierarquia e disciplina?
Será que ainda existe vontade e dever de garantir os poderes constitucionais e defender a Pátria?

Anônimo disse...

È por isso que vocês generais, são a maior merda do Brasil não se assumindo como a merda que são.

O vosso armário è a caserna onde todos se refugiam quando a Pátria è consecutivamente vilipendiada, atraiçoada, dividida e vendida. Aí existe um corporativismo doentio, putativo, nojento onde veados e melancias tocam a reunir. Veados e melancias são tudo o que sobrou de 1964! Daí só podia vir um texto asqueroso e covarde como este, deitando as culpas sobre os civis.

Grande covarde!

Vá-se foder!

"(...)

Na atualidade, portanto a máxima é sair do armário, seja você como for, deixe a vergonha de lado e assuma. O grau de liberalidade é tamanho, que seja como você é não esconda e brade ao mundo “eu sou assim”, e, lepidamente, com orgulho, exponha aos demais viventes, que você é assim ou assado, e que nada neste mundo poderá impedir ou discriminar as suas opções, mesmo que elas contrariem as leis do Criador e da natureza.

(...)"

"Ser ou não ser, eis a questão"
de Jorge Serrão

Anônimo disse...

Manoel Vigas 11:10 AM

Estou consigo!

Anônimo disse...

A anta e quem manda no exercito. A exemplo do que fazia no passado, deveria vestir a farda e ir com as armas que usava para assaltar bancos na frente do batalhão para defender o pais na mazela que ela mesmo esta criando. Já que e tao experiente em tratar de assaltos que va para a frente o esquadrão como uma verdadeira cidadã cumprir o seu dever que e auxiliar as forças armadas no papel que e dela de comandante das tropas.
Essa vagabunda sem vergonha que so nos envergonha com suas atitudes canalhas tem que deixar de se esconder atraz do lula cara de pau e começar a agir como chefe de governo. Se não gostasse tanto de fazer joguinhos na internete porisso anda sempre de laptop em vez de ler, não teria lesado a petrobras. Eta guerrilheira de merda num pais de merda e ainda quer se julgar o máximo. O máximo em que? Covardia. Por que não assume o que fez e começa a escrever uma biografia melhor?