segunda-feira, 30 de junho de 2014

Batatinha quando nasce...


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

A cena política atual parece um teatrinho infantil.

Discursos pueris, mal decorados e cheios de contradições.

O enredo do “João Minhoca” todos nós conhecemos.

Atualmente sofreu pequenas alterações.

O lobo mau não quer mais comer a vovozinha; quer seduzi-la e comandá-la.

O problema é que o dono de todos os bonecos, escondido atrás do palco, quer mudar os personagens.

As crianças estão entediadas com os antigos; querem novidades. Mesmo que envelhecidas.

Quem as alegrará neste pretenso pretérito do futuro?

Algum personagem tipo Hamlet?

É inegável que algo de podre há no “reino” das águas turvas.

Passa da hora de se acabar com as reinações.

Antes que a Cuca venha pegar...

A batatinha já assou e passou do ponto...

Fatalmente, ao pó retornará...

Se houver, por aqui, uma tomada generalizada de juízo...


Carlos Maurício Mantiqueira é Livre Pensador.

Um comentário:

Loumari disse...




Porque, assim diz o ALTO E O SUBLIME, QUE HABITA NA ETERNIDADE, E CUJO NOME É SANTO:
Num alto e santo lugar habito, e também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e para vivificar o coração dos contritos.
Porque para sempre não contenderei, nem continuamente me indignarei; porque o espírito, perante a minha face, se enfraqueceria, e as almas que eu fiz.
Pela iniquidade da sua avareza, me indignei, e os feri: escondi-me, e indignei-me; mas, rebeldes, seguiram o caminho do seu coração. (ISAIAS 57:15)




Ouvi-me, vós que conheceis a justiça, vós, povo, em cujo coração está a minha lei:
não temais o opróbrio dos homens, nem vos turbeis pelas suas injúrias.
Porque a traça os roerá como a um vestido, e o bicho os comerá como a lã:(ISAIAS 51:7)