quinta-feira, 19 de junho de 2014

Elite


O colar já era: o ladrão levou...

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Monica Schalka

Em semana de termos chulos, entro na onda. Estou de SACO CHEIO de ouvir o tal do Lula falar em trabalhadores como se esses fossem uma classe específica de quem recebe baixos salários. Sou casada há quase 30 anos com um super trabalhador. Entrou em uma faculdade de primeiríssima aos 16 anos, formou-se aos 21, aos 24 anos já sustentava uma família e , desde então, tem trabalhado ininterruptamente. 

Por mais de 30 anos, Lula, esse trabalhador acorda todos dias ås seis e meia da manhã. Cumpre uma jornada de 10 a 12 horas diárias de trabalho. Finais de semana gastos com a empresa são rotina. Paga impostos milionários que só Deus --- e talvez você e seu grupo — saibam para onde vão. Passou sua vida inteira se aprimorando em estudos e criou 3 filhos dentro desses mesmos valores. Filhos estudiosos e já trabalhadores também, colaborando em impostos e avanços em nossa sociedade.
 

Portanto, Lula, ainda no embalo dos jargões da semana, hoje somos elite, sim! Com muito orgulho, com muito amor e, acima de tudo, com muito esforço. Nos tornamos elite ås custas de empenho, sacrifícios e muita dedicação. Em minha casa, meus filhos quando querem evoluir, trancam-se em um quarto e estudam. Estudam muito. E dessa forma galgam novos patamares. Algo bem distinto do que o "prodígio" Lulinha faz…
 

Assim, já que xingar uma “dama” é deselegante, — no que concordo integralmente, ainda mais sendo ela uma autoridade — deixo para você minha indignação com o que tenta fazer deste país: Lula, vá tomar no cú você! Com todas as poucas letras que a palavra contém... (Chego até lamentar serem tão poucas...)

Acompanha uma fotinho minha, bem de elite, sim. O colar que está no pescoço, porém, se foi, levado por um assaltante que deixou bem claro que "se nem o presidente estuda e rouba pra caralho, por que eu também não posso fazer o mesmo..??” Como vê, Lula, existem trabalhadores e "trabalhadores”. Fico feliz por não fazer parte do mesmo grupo que você e "meu/seu" assaltante.

E aos amigos que nunca me viram usar de palavrão, deixo aqui minhas desculpas... Espero que entendam essa exceção.

Monica Schalka é Cidadã. Originalmente publicado em:

18 comentários:

Anônimo disse...

Ufa!!!Finalmente alguém defendendo a
elite trabalhadora deste pais que carrega os corruptos do PT nas costas!!!

Uma PAULISTANA!!!

Anônimo disse...

Parabéns pelo texto Mônica. Adorei! Objetivo e corajoso! Fora PT! Fora Dilma! Fora Lula!

Unknown disse...

elegante e direto, mesmo na mensagem àquela pustule do Lula... parabébs! #elite

Anônimo disse...

O PT odeia a classe media e a elite.

Pra Raquel Dias disse...

Parabéns!!!
Palavra tremenda!!!
É o que está engasgado em todo brasileiro!!!

Anônimo disse...

Parabéns!! Lamento que mulhres da sua estirpe, sejam tão raras no Brasil. Aproveito também a oportunidade para desejar que Dilma e Lula&Lulinha, vão tomar no cú, também, como todo respeito....

Neto disse...

É curioso ver uma mulher (a Monica Schalka), hoje em dia, que, ao invés de postar seu próprio trabalho, seu próprio crescimento, tem que, para dar um "foda-se", usufruir-se mais uma vez do trabalho árduo do seu marido. São mulheres como esta que acabam com a vitrine feminina. Lamento! Elas, hoje, fazem de tudo, derrubam até os homens, são mães, donas de casa e "presidente" de grandes empresas e, ainda por cima, até presidenta! Não se tem dúvida que a senhora literalmente é uma mulher da elite brasileira! Cavalcante-Neto.

celso disse...

Pessoas decentes nos representam.

Anônimo disse...

Muita gente não sabe de verdade quem é esse indivíduo, que consegui chegar a presidência da república, em momento que o país estava fragilizado, mas não por causa da ditadura e nem tampouco pela inflação que havia sido controlada, mas sim porque a corrupção imperava e impera neste país.Enquanto todos os trabalhadores do ABC, em São Paulo, trabalhavam de verdade,na Chevrolet,Ford, Volkswagem,Pirelli e em tantas outras fabricas, esse agitador barato teve uma grande sacada, que não é própria em pessoas insipientes, a de querer representar uma categoria tão ingênua como a dos trabalhadores metalúrgicos.Como pode um boçal que nunca soube o que era trabalhar na vida, querer representar um país.Mas se valendo da miséria material e intelectual do nosso povo, ele consegui.Um alcoólatra reconhecido internacionalmente(The New York Times.) bate no peito que seu único diploma, foi recebido após ter ganho as eleições, demonstrando o seu caráter de pessoa preguiçosa, já que tantos brasileiros quando têm uma oportunidade, fazem uma faculdade, não importando a idade que tenham.

Anônimo disse...

Essa nobilíssima dama paulista lembrou-me uma cena que presenciei há alguns anos em um restaurante carioca frequentado por cavalheiros e damas do mais fino trato. Ela brigou com um garçom e gritou "Eu sou uma lady, ouviu seu filho da puta".
A triste verdade é que nunca um contexto, qualquer que ele seja, justificou uma explosão de vulgaridade. Muito pelo contrário, as pessoas são o que são e mostram a verdadeira natureza nos momentos em que não conseguem controlar a ira.
Tenho muita pena do marido dessa senhora.

FGG disse...

E integridade familiar!
Sou militar com muito orgulho!
Ao contrário do Lula, estudei muito. Nível superior, especializaçôes, inclusive MBA e sou honesta!
Hoje mal consigo viver vom meu salário!
Sou suboficial da Aeronáutica, trabalhei 30 anos e hoje ganho menos que um ascensorista do governo em Brasília!

Julio disse...

Parabéns minha cara Mônica pelo desabafo! Conforme eu ia lendo, um filme ( o meu!) passava em meus pensamentos! PARABÉNS! Com sua permissão, usarei alguns trechos seus, pois definem exatamente minha angústia!

Imara disse...

Elite, de verdade, não põe acento agudo na palavra cu.

DILMA disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk só rindo dessa cafona

Novidades da Família disse...

Perfeito, parabéns, pelas palavras e pela família.
Pagens pelo grande exemplo de mãe,, certamente terá um feliz dia das mães.

Gê Gaia disse...

Texto objetivo e corajoso! Parabéns Mônica Schalka!
Infelizmente, não faço parte da elite, mas faço parte dos trabalhadores que estão sendo penalizados com tantos impostos, custo de vida altíssimo, violência sem medida, desemprego, corrupção sem controle...

Unknown disse...

Parabéns Mônica!!!Muito boa colocação!

Wilson Alexandre disse...

A PREPOTENTE BOÇAL - MONICA SCHALKA
É mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha (fenda na rocha) do que um rico entrar no Céu. FATO !
Para um comedor de feijão se tornar um(a) rico(a) Monica Schalka, ele(a) fatalmente terá que pisar (passar por cima) ou explorar uma outra pessoa menos favorecida. FATO! -
Se Monica Schalka (Boçal) fosse minimamente uma brasileira indignada pela falta de ética, transparência e honestidade na política (em todos os sentidos) a Suzano Papel e Celulose não teria tantos processos na Justiça e não seria acusada de crimes trabalhistas (contra os seus empregados), ambientalistas (contra a natureza) e também políticos (pois para derrubar árvores no Maranhão, certamente porque foi favorecida por algum político corrupto (basta investigar), com certeza).
FATO!