sexta-feira, 6 de junho de 2014

“Não sei”

Versão pesada que circula pela internet com o canhão metaforicamente apontado para aquela outra arma letal para o Brasil

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

A Presidente Dilma, em recente entrevista a jornalistas estrangeiros, criou  entre eles e muito mais entre toda a sociedade brasileira, uma sensação de perplexidade quando, ao ser indagada a respeito da razão pela qual, afinal, o país está a apresentar índices lamentáveis de crescimento, respondeu com um sonoro e metálico "não sei". 

Ao tentar interpretar essa estonteante resposta, o que vem à cabeça do cidadão por ela governado? 

Ele há de se perguntar primeiramente se Sua Excelência realmente não tem conhecimento dos motivos, fato inquietador, partindo a negativa de quem partiu. 
Poderá também ele, o cidadão, divagar a respeito da hipótese, segundo a qual a Presidente está perfeitamente ciente das causas do baixo crescimento mas teme divulgá-las explicitamente, para não prejudicar o andamento da campanha eleitoral, já em curso, e baseada em atos demagógicos e inaugurações fantasmas. 

Existe também, prosseguirá ainda o nosso cidadão, a possibilidade de que ela, a Presidente, sabendo dos argumentos bizarros frequentemente emitidos pelo seu Ministro da Fazenda, Sr. Guido Mantega, um dos 39, para justificar a inflação persistente e o depauperado crescimento do PIB, considere que qualquer exposição de ponto de vista no sentido de avaliar o atual momento econômico só fará aumentar a insegurança e incerteza geral. 

Uma outra linha de raciocínio que poderá ser lembrada também pelo mesmo cidadão consistirá em imaginar um agudo grau de alienação arquitetado pelos seus escudeiros mais próximos, ao blindá-la dos fatos desagradáveis protagonizados por grandes parcelas da população ao longo de inúmeras demonstrações de protesto e greves perturbadoras que ela, com tranquilidade postiça, acha natural no regime democrático, ora ameaçado por decreto suspeito emanado dos subterrâneos do Planalto. 

Qualquer que seja a realidade, porém, o fato indiscutível é que o "não sei" traduz o descalabro que está caracterizando este governo, tutelado por um partido desesperado cujas hostes não medem esforços no sentido de se eternizar no poder a qualquer custo, contando, para isso, com o baixo nível do eleitorado e com a instrumentalização das instituições.


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guera, reformado.

3 comentários:

Anônimo disse...

Postes são objetos inanimados e seria estarrecedor se soubesse alguma coisa, portanto, não é surpresa nenhuma que a dilma não saiba porque o Brasil apresenta índices baixíssimos de crescimento.

CEL CESAR PINTO - averdadedasmentiras-unknown disse...

CARO JORNALISTA SERRÃO
É POR ESSAS E OUTRAS QUE O POVO INOCENTE ÚTIL NÃO PODE PERDER ESTA OPORTUNIDADE ÍMPAR DE COLOCÁ-LOS TODOS NO OLHO DA RUA.

A HORA É ESSA DE MOSTRAR QUEM É O DONO DO PODER NESTE PAÍS.

O PODER EMANA DO POVO. E SOMENTE A ELE DEVEMOS OBRIGAÇÕES.


É POR ESSES MOTIVOS QUE O POVO INOCENTE ÚTIL (PIÚ) NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES, NÃO VAI COMPARECER AS URNAS SUJEITAS A FRAUDES PARA VOTAR. VAMOS MOSTRAR QUEM MANDA REALMENTE NESTE PAÍS, SE SÃO OS PARTIDOS POLÍTICOS OU O POVO INOCENTE ÚTIL(PIÚ).

VAMOS PAGAR PRA VER.

 

 

Anônimo disse...

Quem vive num índice alto de crescimento patrimonial, não sabe mesmo pq os outros vão mal e nem querem, eles estão nem aí!!!!
Estão de saco cheio de dar satisfação para todo mundo, vão comer seu arroz com feijão e me deixe em paz, eis o pensamento do PT...