domingo, 27 de julho de 2014

Nem Anão, nem Gigante, Brasil é encrenca ambulante

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Somos um “Anão Diplomático” – como proclamou o aspone lá de Israel? Ou somos um “Gigante Corrupto” – como a nossa desclassificada classe política demonstra cotidianamente? O Brasil tem dificuldades de se definir corretamente. Começa pela própria designação. Somos uma República Federativa? Infelizmente, não somos... O desafio é descobrir a real identidade do Brasil. Somos o quê, de verdade?

Aparentemente, somos uma gigantesca contradição. O Brasil é uma metamorfose ambulante. Se é anão ou gigante, não importa a estatura. Lamentável é a encrenca sistêmica e cultural, sem tamanho, em um País subdesenvolvido, sob regime Capimunista. A desordem, a ilegalidade, a injustiça, a corrupção e tantos outros males se agigantam. Enquanto valores, princípios e conceitos corretos se apequenam.

Épocas de eleição deveriam servir para debatermos o Brasil e pensamos soluções para consertá-lo e melhorá-lo. Infelizmente, o período eleitoreiro se resume menos à discussão de ideias e novos conceitos corretos, e muito mais a um bate boca estéril, entre facções de torcidas organizadas. Somos tomados pelo clima de fanatismo político – com jeito ideológico, fundamentalista ou meramente casuístico. O clima de guerra só gera discursos inúteis que nos conduzem ao mesmo lugar de sempre.

Vivemos sob a gênese apocalíptica da sacanagem, da autoilusão e da corrupção. No princípio, no meio ou no fim, os nomes dos vencedores já foram previamente decididos por quem comanda o inconfiável sistema eletrônico de votação do Cassino do Al Capone. O Governo do Crime Organizado apenas finge que troca algumas peças de sua máquina. A politicagem faz sempre a festa e continua reinando. O problema é que as pessoas começam a perder a paciência com esta rotina macabra...

O desgoverno petralha já sabe que perdeu a eleição. Só falta definir como será a saída do poder. Uns já pensam na fuga pacífica, fazendo um acordo com o vencedor para que não haja perseguições. Mas muitos preferem a resistência radical, apostando na capacidade de sabotar quem vai vencer, superestimando a capacidade do aparelhamento feito na máquina estatal ao longo de 12 anos. Ao “vencedor”, pior que na ironia do imortal Machado de Assis, sobrarão batatas podres e quentes.

Quem conquistar o trono do Palácio do Planalto tem o dever de mudar o Brasil. A pergunta fundamental é: será que está ou estará a fim de fazer isto? Terá competência, coragem e timming para alterar o que não funciona: impostos absurdos, juros altos, gastança da máquina pública, alta especulativa dos preços e corrupção sistêmica – apenas para citar os problemas mais urgentes?

O PT já perdeu, previamente, a eleição porque não demonstrou ter solução, capacidade e competência para resolver tais questões básicas. Será que o “vencedor” terá? Ou repetirá a receita petista-petralha, dando continuidade à encrenca ambulante do Brasil?

Os brasileiros e brasileiras estão perdendo a paciência. O sinal já foi dado ao PT. Espera-se que o PSDB, favorito para herdar o trono, não repita a dose. O risco da suposta mudança, para ficar tudo do mesmo jeito, é muito alto...

Esquizofrenia petista


Aposta nos efeitos especiais


Fuga dos financiadores  


Doações ao Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.
                           
Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Julho de 2014.

20 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom o texto Serrão. O titulo então.

Encrenca ambulante...kkkkkkk , com certeza. E das grandes.

Isso aqui é um país de mentirinha. E parece que ta todo mundo anestesiado, ninguém ta nem ai. Essa é a impressão. Vamos ver onde é que essa esquizofrenia vai nos levar.

Veronica Ruzzi disse...

Não ouvi nenhum candidato a presidência sequer mencionar algum parecer sôbre estas famigeradas urnas eletrônicas que vai ferrar qualquer tentativa de mudança no quadro politico do Brasil, no fundo são todos farinha do mesmo saco, o que nenos importa a esta "classe desclassificada de politicos e companhia ilimitada de um sistema corrupto em qualquer esfera dos poderes nacionais": E O POVO BRASILEIRO NÃO VAI VER TÃO CEDO QUALQUER CHANCE DE FUTURO PELA FRENTE. Vai sim ver a miséria a decadência a perda total de seus direitos, para que esta classe de ladrões possam viver no luxo na riqueza sem jamais ter derramado uma gota de suor com qualquer trabalho que faça valer um ganho honesto, vão sim derramar suor de tanta malandragem regados com drogas e bebidas e outras indecências mais como já estão acostumados a fazer.

Anônimo disse...

Serrão, repito que você está muito pessimista. Tem jeito e desta vez é muito mais fácil porque a razão da estagnação é simplemente a incompetência dessa cambada que está aí. O Brasil tem dinheiro guardado e riquezas REAIS em maior número do que se pensa.
Dê uma olhada numa série de report agents da Veja chamada "O Brasil que dá certo". foi uma expedição que eles fizeram a várias cidades que mesmo em meio ao caos petista conseguiram e conseguem crescer.
O que precisamos agora é tirar o entulho do século XX (lulopetismo, bolivarianismo e outros "ismos", mais o populismo getulista e a caterva que infesta as universidades, os discípulos da medonha Marilena Chauí), o entulho do século XXVI (capitanias hereditárias e seu símbolo maior, Sarney & famiglia) e o entulho do Império (o famoso "você sabe com quem está falando", representado espetacularmente por gente como Maluf, josé Maria Marin e a CBF, ordens maçônicas mais que ultrapassadas, representadas pela triunfante figura de Michel Temer e coisa e tal), e especialmente, a cultura de banditismo, máfia, gangsterismo e terrorismo físico e mental, capitaneada pelo execrável Gilbertinho e seus comunas da CNBB, que não São maioria mas tiraram toda a autoridade moral da Igreja.
Parece que é muito, não? Mas NÃO É!!! tudo isso junto representa creio que menos de 5% da população.
O que precisamos fazer é somente acordar a população para o seu real poder, e aí toda essa tranqueirada cai porque os pés são de barro mole.
E TODO MUNDO QUE TEM MAIS DE UM NEURÔNIO JÁ TÁ DE SACO MAIS DO QUE CHEIO!
E estamos bem perto disso. O Brasil ainda se veste de gata borralheira, mas ainda não se olhou no espelho pra ver que na verdade é Cinderela. Só tem que dar um VTNC e um pontapé bem dado no rabo da madastra e das irmãs barangas.

deforti disse...

O primeiro passo para mudar o sistema é uma Reforma Política. O modelo político mais representativo é o parlamentarismo unicameral no governo federal, estadual e municipal, fim dos poderes executivos em todas as esferas do governo, fim do senado federal e instituir o voto distrital. O Brasil pode ser dividido em 150 distritos para eleger dois deputados por distrito para um congresso de 300 deputados. A maioria dos países do mundo adotam o modelo de voto distrital, um modelo político onde as campanhas poderiam ser feitas com doação de pessoas físicas no valor máximo de 100 reais por eleitor e limite de 100 mil reais por candidato. No modelo distrital cada distrito tem o mesmo número de eleitores, as campanhas políticas ficam mais acessíveis e o eleitor vai poder escolher um representante da sua região ou da sua cidade. Acho mais democrático ter dois deputados por distrito, desta forma o eleitor tem o dobro de chance para se identificar com seu representante e o distrito não fica sendo visto como um feudo que pertence a um só político. O financiamento de empresas públicas e privadas nas campanhas é o início do processo de corrupção, já que as empresas como empreiteiras, mineradoras e os bancos investem nos políticos para depois desviarem os gastos públicos por meio das licitações fraudulentas. O financiamento público tem sido defendido por alguns políticos, mas isso não impede o caixa dois. Essa proposta só ajuda para que os políticos desviem o erário antes que sejam eleitos. Tem boas propostas de reforma política como impedir a reeleição para o mesmo cargo eletivo, acabar com os partidos políticos, os cargos comissionados de confiança e instituir a lei que permite ao eleitor impedir o mandato político de um parlamentar, também conhecida como lei do recall. Existem propostas que podem distorcer a política nacional, como fazer com que o voto seja facultativo, mas se isto for aprovado vai reduzir bastante o número de eleitores e ficaria fácil para pequenos grupos controlarem o processo eleitoral.

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo das 10:47. Porém, e sempre há um porém, vamos conseguir varrer esta crapunalha toda, a tempo de salvar a Nação?
E nós, somos quem? 95%? Por que cargas d´água, e água muito suja, permitimos que as coisas chegassem no lodo? Que os céus nos ajudem!

Anônimo disse...

As cartas do Tarot não mentem jamais: o anão fedorento vai partir brevemente e levará com ele um punhado de corruptos e corruptores. Aguardem!!!

Loumari disse...

Jorge Serrão escreveu:
O Brasil tem dificuldades de se definir corretamente. Começa pela própria designação. Somos uma República Federativa? Infelizmente, não somos... O desafio é descobrir a real identidade do Brasil. Somos o quê, de verdade?


Senhor Serrão, o povo brasileiro é o gênio humano que ele só acumula todos os superlativos de inteligência no homem.
E não se exclui que este gênio vai se mobilizar em massa no dia das eleições e apoiar com o superlativo o sistema que já lhe está a espremer até as moelas.

Vós todos que ireis colocar o seu bulentim de voto nas urnas, que fiquem sabendo desde já que o seu voto são munições nas armas que virão a ser utilizadas contra vós mesmos amanhã. Já de nada servirá ir manifestar pelas ruas e praças públicas para protestar contra um ato que vocês mesmos deram origem e legitimou. Porque o seu voto virá ser a bala que vai lhe matar a você, ao seu filho, ao seu vizinho. Muito pouco importará a causa que lhe dará motivos de manifestar num ato de contesta, o seu voto terá sido a voz do silêncio que terá deslegitimado todo movimento e ato de protesta no futuro depois das eleições. E terão sido cúmplices nos atos de opressão que virão a serem infligidos aos inocentes. Se lhes sobra algo de fundamento, não sejais cúmplices no derramamento de sangue e atos de torturas em contra de pessoas inocentes. Uma muito fraca participação nas eleições, vai fazer despegar da cabeça o rosto de todos os embaixadores de Brasil no mundo de peso da vergonha. Talvez isso lhes tirem do seu estado de conforto.

Anônimo disse...

Em outubro, vamos ajudar a salvar o Brasil. Não vote no 13. O 13 é que está destruindo nosso país.


Fora 13!

Anônimo disse...

Sr. Serrão, qual é a sua chamando o porta-voz israelense de "aspone"?o Senhor está de TPM? Prefiro acreditar que sim, do que pensar que o Senhor é antissemita.

Jorge Serrão disse...

Caro anônimo, burrocrata (de qualquer governo) que fala merda merece o título distintivo de aspone = assessor de porra nenhuma...

Anônimo disse...

É como podemos nominar igualmente esse lulla (aspone do fidel); dilma (aspone do lulla) e assim por diante ... no nauseabundo ambiente petralha.

CEL CESAR PINTO AVERDADEDASNEBTIRAS-UNKNOWN disse...

PLANEJAMENTO PARA UMA REVOLUÇÃO NO BRASIL
De uma forma simples, podemos definir planejamento como uma ação ou um conjunto de ações, vinculadas ou não, para atingir a um objetivo pré-definido. No caso deste artigo, o objetivo é destruir o esquema montado pelos marginais do PT e do PSDB para, realizando um teatral revezamento no poder político objetivando assaltar o Estado Brasileiro assassinando qualquer um que a esta máfia política se oponha ou a denuncie (Santo André, Campinas e outros que só eles sabem). Este sanguinário esquema poderá levar o país a uma desastrosa guerra civil.
No passado, várias revoluções, 30, 32, 35 e 64 tiveram na sua execução a violência caracterizada como única opção. Perguntamos: Existe uma forma de realizarmos uma revolução sem que haja violência contra seus habitantes ? Respondemos que sim;
Inicialmente vamos fazer algumas considerações.
Em primeiro lugar a Democracia como um sistema politico, exige que certas regras sejam obedecidas. A primeira é que o poder politico seja exercido por brasileiros com seus direitos políticos sem restrições, sejam eleitos através de eleições livres e honestas onde os eleitores possam mostrar sua vontade, que é soberana e deve ser respeitada. No caso brasileiro isto não acontece pois na urna eletrônica o resultado pode ser alterado através de um simples programa de computador A urna eletrônica destrói qualquer credibilidade para as eleições. Se existe uma denominada Justiça Eleitoral por que ela insiste em mantê-la em vigor ? Aliás, a nossa Justiça Eleitoral deixa muito a desejar. Por que os candidatos com ficha suja continuam livres e sem restrições para candidatar-se a qualquer cargo ? A apresentação dos dados de cada candidato é uma agressão a inteligência dos eleitores. Por que nada acontece ? Por que a Justiça Eleitoral não considera as bolsas (não consigo me lembrar de todas ) como uma deslavada e imoral compra de votos ? Com a criação de tantas bolsas o ex Presidento Lula conseguiu a notável façanha de dividir os brasileiros em dois grupos; Os que trabalham e pagam pelas bolsas e os que não trabalham e recebem bolsas. Estratégia gente

E por falar em Justiça, o que dizer sobre seu Órgão máximo o Supremo Tribunal Federal, A independência dos poderes, característica de uma democracia, transformou-se em uma peça teatral de humor e faz tanto sucesso que é transmitida diariamente pela televisão brasileira (canal 9) com notáveis representações que fariam inveja a Chico Anízio. Como diria aquele notável humorista em Petes (língua oficial da cuRtura brasileira atual): "O ex-PresidentO do STF se vestia de preto em respeito ao falecimento da liberdade de imprensa no Brasil."
CONTINUA;

Unknown disse...

CARO JORNALISTA SERRÃO
CONTINUAÇÃO DO COMENTÁRIO ANTERIOR;
REVOLUÇÃO SEM VIOLÊNCIA
Para fazer a revolução que o País precisa basta que no dia 05 de outubro de 2014 a maioria dos eleitores brasileiros não compareçam na sua sessão eleitoral. Torne-se um revolucionário Votar em branco significa que o eleitor não quer votar em nenhum dos candidatos inscritos e tal decisão deveria ser respeitada pela Justiça Eleitoral e não inventar este desrespeito ao eleitor que é o voto válido. Em vez de votar em branco ou anular seu voto vá passear com a família, vá para a praia e se estiver chovendo vá a um cinema ou um teatro. Se você é idoso ou idosa não compareça para votar, mostre que não aceita o roubo legalizado que é feito mensalmente na sua aposentadoria. . Se a maioria dos eleitores não comparecer para votar está feita a revolução sem nenhuma violência. Em consequência deste resultado a Eleição deve ser anulada. Não argumentem com essa bobagem de voto válido o que significa valorizar o voto de uns sobre o voto de outrem.
Não acreditem nas pesquisas que não deveriam ser divulgadas, pois, seu resultado pode ser facilmente manipulado além de influenciar o eleitorado
Revolução já.
O que fazer para o Estado brasileiro continuar funcionando após 1º de janeiro de 2015 é assunto para outro artigo.
Brigadeiro do ar Reformado – Ercio Braga

Loumari disse...


A Leitura é a Mais Nobre das Distracções

Se o gosto pelos livros aumenta com a inteligência, os perigos, como vimos, diminuem com ela. Um espírito original sabe subordinar a leitura à actividade pessoal. Ela é para ele apenas a mais nobre das distrações, sobretudo a mais enobrecedora, pois, só a leitura e o saber conferem «as boas maneiras» do espírito. O poder da nossa sensibilidade e da nossa inteligência, só o podemos desenvolver dentro de nós próprios, nas profundezas da nossa vida espiritual. Mas é nesse contacto com os outros espíritos que a leitura é, que se faz a educação das "maneiras" do espírito. Os letrados permanecem, apesar de tudo, como as pessoas notáveis da inteligência, e ignorar um determinado livro, uma determinada particularidade da ciência literária, será sempre, mesmo num homem de génio, uma marca de grosseria intelectual. A distinção e a nobreza consistem na ordem do pensamento também, numa espécie de franco-maçonaria de costumes, e numa herança de tradições.
"Marcel Proust, in 'O Prazer da Leitura'




JESUS, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de DEUS.
(MATEUS 22:29)

Anônimo disse...

Na minha opinião o brasileiro merece tudo isso, e muito mais ainda. Povo frouxo e descaracterizado. Adoram saber o resultado dos jogos do brasileirão, mas sequer sabem do que seus 'representantes' aprovam em Brasília. O governo é somente o reflexo deste povo.

Tentem utilizar qualquer serviço governamental (DETRAN/Justiça/cartórios/etc) para vocês entenderem o que eu falo. Atendimento péssimo, total falta de vontade, 'burrocracia' estratosférica, corrupção gigante, etc. Do lado do povão temos oportunismo, vício, ignorância extrema, covardia, orgulho, arrogância e um ego do tamanho do país. Caminhe na rua em uma grande cidade, como SP, Porto Alegre, Curitiba, etc. As pessoas nem mais desviam do seu caminho por educação: passam por cima, se puderem. Verdadeiros zumbis da mídia, que não conseguem passar 2 dias sem seu principal alimento: futebol e novelas.

O Brasil nasceu deficiente e não sabe. O Brasil é muito pior que um anão: é pigmeu, cego, surdo, mudo e paraplégico. Mas o ego é do tamanho do país. E quem denuncia tudo isso logo é taxado de reacionário, fascista, nazista e o escambau. E o pior: os que sabem da verdade se calam!

Hoje escuto gente que nunca tinha ouvido falar da Palestina zurrando contra Israel. Ignorância? Possessão demoníaca? Não! É brasileiro mesmo! Leram na internet o 'massacre' de crianças na Palestina e em questão de 10 segundos já tomaram o assunto como julgado: Israel é um assassino. Pode um povo como o brasileiro progredir? Jamais!

Em 1984/1985 a maioria do Brasil vibrou com o fim da 'ditadura'... Mesmo após os avisos do que viria pela frente. Hoje muitos querem os milicos de volta, como se fosse adiantar.

Em 2003 a maioria do Brasil vibrou quando o molusco ganhou as eleições... Mesmo após os avisos do que viria pela frente. Hoje muitos querem até sair do país, pois a consciência pesa.

Agora que estão comendo o que semearam, não gostam do gosto? Não esperem nada do que vai vir pela frente, pois já desviamos do caminho à muito tempo, e estamos totalmente perdidos, sem ninguém para ajudar, nem Deus. Isso talvez justifique o Brasil ocupar o sétimo lugar no ranking dos países onde mais se matam pessoas no ano.

Anônimo disse...

Interessante seria q todo mundo se dissesse indeciso nas pesquisas de opinião assim o pt não saberia como montar sua estratégia e no dia da eleição a maioria votar no Aécio, só para tirar o PT, senão vai ser Cuba continente...

Anônimo disse...

Alguém aqui já votou online? Experimentem e divulgem: http://www.votehoje.com.br/home

Anônimo disse...

Evidentemente que não há salvação dentro da Madre, bem como "fora".
Se alguém fez o mundo, coisa que duvido por amora a ciência, ele é um Demônio de marca maior - basta ver. Eu sou amigo (virtual) do Jorge e gostaria de o ver livre dessa cambada fedorenta que o cerca...
Ele não é pessimista, não!
Esperamos o dia "D"...
Você, meu Kamarada, irá se sentir homenageado...

Anônimo disse...

UÊ, NO COTURNO MOSTROU A SALA DA PRESIDENCIA DA REPÚBLICA COM UM CRUCIFIXO NO PALACIO DO PLANALTO!
NÃO É UMA AFRONTA?
Que coisa estranha! Ah, me desculpe, compreendo o porque disso: estamos perto das eleições, sendo hora de esconder a bandeira vermelha da foice e martelo, da estrela de 5 pontas que é o pentagrama satânico e começar a frequentar a igreja, ir à S Missa, até comungar e passar-se por católico...
Lembram-se que retiraram os crucifixos de diversos locais para não causarem "constrangimentos" a certa minorias, porque o Estado é "laico", e não um ateu-militante?

Loumari disse...


Caro anônimo de 5:50 PM

ME PROSTERNO E DIGO: AMEN.