quarta-feira, 23 de julho de 2014

O Brasil precisa muito de orações!


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Sergio Tasso Vásquez de Aquino

Para vencer a luta pela libertação do mal que domina o Brasil, é preciso muito mais que o engenho, a arte e o vigor e a vontade humanos: temos de pedir, com fervor, o auxílio da proteção divina, pois as forças que estamos enfrentando são de inspiração demoníaca.
O século passado assistiu e sofreu o clímax do ataque das duas formas de pensar político-econômico-social originadas das trevas, que se viram entronizadas em formas cruéis, anti-humanas de governo e de domínio sobre as gentes: o nazismo e o comunismo.
É verdade que este já se corporificava desde meados do século anterior, pela publicação do Manifesto Comunista, de Marx e Engels, mas só se veio a realizar na plenitude pela institucionalização do primeiro estado “socialista”, a URSS, fruto da violenta e cruenta revolução bolchevista de novembro (outubro pelo antigo calendário) de 1917.
Ali se estabeleceu o mais poderoso império militar, que se esboroou como castelo de cartas após 1989, milagrosamente, pela atuação do Papa João Paulo II, que cumpriu o mandamento de Nossa Senhora de Fátima, de consagrar a Rússia ao seu Imaculado Coração, em comunhão com todos os bispos do mundo.
O nazismo, fruto da loucura diabólica de Hitler, que se inspirou no fascismo de Mussolini, durou de 1933 a 1945, fim da Segunda Grande Guerra, por ele provocada e que provocou milhões de mortes e generalizada destruição do patrimônio físico e imaterial da humanidade.
Ao todo, mais de 130 milhões de seres humanos foram sacrificados pelos ensandecidos seguidores das duas filosofias e cosmovisões ditadas pelo anjo decaído, o príncipe das trevas, maior inimigo de Deus e do gênero humano. Enorme preço adicional em sofrimentos, infelicidade, escravização foi  e ainda está sendo pago, no caso dos regimes comunistas ainda existentes, pelos povos que caíram sob seu jugo.
Os céticos costumam dizer que o inferno e o diabo não existem; em assim fazendo, facilitam de muito a ação deste no mundo e sobre as mentes e corações mais fracos espiritualmente, que, desavisados, caem sob seu domínio e fazem-se coparticipante da sua obra de destruição.
Minha fé católica, que me permite ser quem sou, anima-me a combater o bom combate, a não temer coisa e pessoa algumas no cumprimento de minha missão e do meu dever, ensinou-me que o diabo existe, que preciso segurar na mão de Deus, rezar e cumprir os Mandamentos e a Mensagem do Evangelho, para manter-me livre dos seus ardis e tentações que conduzem à perdição eterna.
Muitos colegas e amigos costumam criticar a declaração aberta e repetida que faço da minha fé, das minhas crenças, dizendo que isso me enfraquece, diminui a força e o alcance da minha diuturna pregação em defesa da Pátria, da sua soberania e da sua grandeza e da felicidade do seu povo. 
Ao contrário, sinto-me enormemente fortalecido pelo Amor de Deus e Sua presença permanente em minha vida e acredito que meu primeiro dever é o de evangelizar, de promover o Bem, a Justiça e a Virtude pelos meios ao meu alcance, em todos os ambientes que frequente e nas pessoas e grupos humanos a que tenha acesso.
A intensidade dos males que se abatem sobre o Brasil, a vileza do comportamento das pessoas investidas de poder, que desviam para fins e bolsos pessoais, partidários e corporativos os recursos necessários à promoção do Bem Comum, a tornar mais suportável o dia-a-dia dos concidadãos, pelo acesso normal aos bens e serviços pelos quais pagamos tão altos, até mesmo escorchantes impostos, a volúpia, a aberta sem-cerimônia, o cinismo e a insensibilidade com que promovem e executam a violência e atentam gravemente contra a ordem democrática, sabotando-a, desmoralizando-a, ferindo-a de morte, para entronizar a pior das ditaduras entre nós, mostra claramente que estamos diante de ensaio do Armagedom, a batalha decisiva entre o Bem e os filhos da luz e o mal e os filhos das trevas.
ESSA A RAZÃO DO MEU APELO ÀS PESSOAS DE BEM, CRENTES DE TODAS AS RELIGIÕES, para que dobrem os joelhos em terra, inclinem piedosamente as cabeças, e orem a Deus pelo futuro do Brasil, por paz e abundância em nossa terra, sob o primado do respeito visceral ao ser humano e ao seu elevado destino, já que feito à imagem e semelhança do Divino Criador. Incluo neste convite também os que não têm a graça de crer, mas são pessoas de boa vontade.
Um momento decisivo será vivido nas próximas eleições presidenciais de outubro. Oremos e trabalhemos pelo resultado que nos devolva a  esperança, redima o Brasil e lhe assegure paz e progresso pelos tempos afora. Que esse resultado positivo seja acatado por todos, sem o desatar de qualquer violência, mormente a loucura guerrilheiro-terrorista cujos ensaios foram tão evidentes e frequentes nas recentes arruaças nas variadas cidades da Pátria, e que a nefasta influência ideológica de matrizes espúrias externas seja debelada e que mercenários externos do caos, importados de forma disfarçada, não venham a agir no País! 
Dentro da minha crença religiosa, Maria Santíssima tem aparecido a vidente reconhecido pela Igreja, pedindo que rezemos muito e sempre pela paz, pelo bom encaminhamento das próximas eleições presidenciais. É isso o que ora estou procurando fazer, na modéstia das minhas possibilidades e cumprindo meu dever de cristão e de patriota brasileiro! Permita o Senhor do Bonfim que a corrente de fé e esperança se estenda com força irresistível por toda a nossa Terra Amada!
DEUS SALVE O BRASIL!

Sergio Tasso Vásquez de Aquino, Vice Almirante reformado, é membro da Academia Brasileira de Defesa e do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil.

4 comentários:

Loumari disse...


Eu caminho devagar, mas nunca caminho para trás.
"Abraham Lincoln




Quando pratico o bem, sinto-me bem;
quando pratico o mal, sinto-me mal.
Eis a minha religião.
"Abraham Lincoln




A acção só vale quando é feita como um exercício, e um exercício com amor, quando é feita como uma ascese, e uma ascese por amor de que se liberte o Deus que em nós reside. E se a acção implica amargura, o que há a fazer é mudar de campo: porque não é a acção que estará errada, mas nós próprios.
"Autor - Agostinho Silva

Anônimo disse...

Perfeito! O período é de intensa luta, e apenas a ajuda do Alto nos fornece abrigo seguro. Lutemos a boa luta, e venceremos!

Loumari disse...


A Vantagem do Saber

Não existe ocupação tão agradável como o saber; o saber é o meio de nos dar a conhecer, ainda neste mundo, o infinito da matéria, a imensa grandeza da Natureza, os céus, as terras e os mares. O saber ensinou-nos a piedade, a moderação, a grandeza do coração; tira-nos as nossas almas das trevas e mostra-nos todas as coisas, o alto e o baixo, o primeiro, o último e tudo aquilo que se encontra no meio; o saber dá-nos os meios de viver bem e felizmente; ensina-nos a passar as nossas vidas sem descontentamento e sem vexames.
" Marcus Tullius Cícero Roma Antiga
-106 // -43 Politico/Orador/Filósofo

Anônimo disse...

QUE COMUNISMO É SATANISMO DOS BRABOS, SEM COMENTARIOS!
Se o povo contasse com o apoio da (esquerdista) CNBB para desestimular os católicos não votarem nos comunistas do PT - gera excomunhão automática quem sabe disso e vota assim mesmo - o comunismo no Brasil não teria chegado onde chegou; até Lula já admitiu que apoio de (falsos) religiosos o ajudou demais a chegar no poder e o PT surgiu nas CEB da CNBB(olivariana)
Outro dia, D Leonardo vice da CNBB(olivariana) disse que Plinio de Arruda Sampaio do PSOL era "um exemplo de um católico atuante.
Sim, D Leonardo, tem toda razão: do jeito que o diabo mais gosta, mais ainda dos que lhe dão desde já aquela força a seu projeto de transformar esse mundo numa antecipação do inferno!!
Agora também é hora de começar o DENUNCISMO A TORTO E DIREITO DO PT!