domingo, 31 de agosto de 2014

Dilma colocou a Polícia Federal na berlinda

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por João Vinhosa
 Inegavelmente, a imagem da Polícia Federal ficou muito arranhada com a desastrosa referência a ela feita pela presidente Dilma no debate dos presidenciáveis realizado na Band no último dia 26 de agosto.
Na tentativa de justificar os escândalos na Petrobras, Dilma colocou sob suspeita todo o histórico da Polícia Federal, ao afirmar:

“Quem investiga a Petrobras é um órgão do governo federal que antes não tinha autonomia para investigar: a Polícia Federal. A Polícia Federal hoje vai e investiga todos, doa a quem doer. Por quê? Por que o compromisso de meu governo é numa luta incansável contra a corrupção.”
 Diante da colocação de Dilma, torna-se válido perguntar:
 Como confiar numa Polícia Federal que faz suas investigações em consonância com os interesses do governo em exercício?
 O que dizer das investigações feitas pela Polícia Federal na era pré-Dilma?
 Quais outros órgãos Dilma incluiria na lista dos órgãos detentores de poderes investigatórios que flexibilizam sua atuação dependendo da vontade do governo? Receita Federal? Agência Brasileira de Inteligência (Abin)?
 Não há como desconhecer a realidade: apesar de saber que deslizes podem acontecer em qualquer órgão, a generalização feita pela presidente da República lança lama sobre a reputação de todos aqueles que, no passado, dignificaram a Polícia Federal no exercício de suas atribuições de autoridade policial.
Absolutamente convencido que Dilma passa muito longe da verdade ao afirmar que seu governo tem o compromisso de uma “luta incansável contra a corrupção”, gravei o vídeo intitulado “Dilma e as investigações da Polícia Federal”. Em tal vídeo dei detalhes do depoimento por mim prestado à Polícia Federal sobre a Gemini – espúria sociedade da Petrobras com uma multinacional, arquitetada no período em que Dilma acumulava os cargos de Ministra de Minas e Energia e Presidente do Conselho de Administração da Petrobras.

Os links do vídeo e de outros documentos correlatos se encontram aqui:






Com a palavra a Polícia Federal. Se é que sua chefe Dilma Rousseff a deixará falar alguma coisa... Mas, em manifestações públicas, a turma da PF não tem falado bem dela, não...



João Vinhosa é Engenheiro.

Nenhum comentário: