segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Neca de Pitibiribas


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

A grande banca internacional se antecipa aos acontecimentos.

Há tempos designou uma senhora culta, bem nascida e educadíssima para se aproximar de uma eventual ameaça aos seus interesses.

A Lucrécia Bórgia tupiniquim procura “envenenar” sua antípoda com os princípios burgueses do capitalismo selvagem “bonzinho”; aquele que “estupra mas não mata”.

A brilhante personalidade da assediada, pragmática e corajosa, permite que ela aceite ouvir as mesmas propostas feitas a Fausto sem corar.

Não tem medo de envenenamento por mercúrio, por picada de cobra ou por curare.

Receia apenas cumbo grosso e bafo de onça (a mesma que está sendo cutucada com vara curta por meninos imprudentes viciados em meia-verdades).

Quem tudo quer tudo perde. Fica sem nada; nadica de pitibiribas.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Loumari disse...

Pense por si Próprio

Do que você precisa, acima de tudo, é de se não lembrar do que eu lhe disse; nunca pense por mim, pense sempre por você; fique certo de que mais valem todos os erros se forem cometidos segundo o que pensou e decidiu do que todos os acertos, se eles foram meus, não são seus. Se o criador o tivesse querido juntar muito a mim não teríamos talvez dois corpos distintos ou duas cabeças também distintas. Os meus conselhos devem servir para que você se lhes oponha. É possível que depois da oposição, venha a pensar o mesmo que eu; mas, nessa altura. já o pensamento lhe pertence. São meus discípulos, se alguns tenho, os que estão contra mim; porque esses guardaram no fundo da alma a força que verdadeiramente me anima e que mais desejaria transmitir-lhes: a de se não conformarem.

"Agostinho da Silva, in 'Cartas a um Jovem Filósofo'
Tema: Pensamento
13 Fev 1906 // 3 Abr 1994 Filósofo/Poeta/Ensaísta