quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Ouvidos moucos, cuidados poucos


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Por humanos, muitas vezes erramos em nossas avaliações.

Pensei que o artigo Neca de Pitibiribas causasse algum interesse entre os prezados leitores.

Só uma senhora, também educadíssima, apreciou o escrito.

Pessoas brilhantes, cultas e bem-sucedidas se recusam a ouvir argumentos lógicos de que tanto faz o  resultado da eleição porque continuará sendo seguida a mesma cartilha de traição à pátria.

O sistema eleitoral é viciado.

Não se permite candidatura independente; não há voto distrital e não se pode auditar a urna eletrônica.

Todos querem se ver livres da bruxa malvada; mesmo que depois venha a mulher maravilha ou o capitão fracasso.

“Madame vous êtes perdue".

(Mémoires et souvenirs d'une femme de qualité, sur le consulat et l'empire; Volume 4, pg.431

Étienne-Léon de Lamothe-Langon, ed.Mame et Delaunay-Valleé, Libraires,Paris 1.830)


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

4 comentários:

Loumari disse...

Meu caro irmão, como sempre as tuas narrativas são de grande sabedoria, o que faz que tomo muito prazer em lê-los.


Tu as écrit ici ceci: “Madame vous êtes perdue".

Tu fais référence à madame Rousseff? Mais non! elle n'est pas perdue, elle est plutôt terrorisée. Parce que, elle voie devant elle quelque chose de terriblement monstrueux.



Entre o Aécio Snow que está em decadência, em total perca de velocidade, que avança a passo de camaleão como alguém que está assustado, que souzinho se atropela, vos pergunto: como alguém que avança com tanta exitação pode dirigir uma nação?

E, a madame Rousseff Dilma que está a fazer o tudo por tudo para sabotar ela mesma a sua própria reeleição, porque esta pobre mulher está vendo diante dela algo como o Leviatã.

E um hipocampo que se acha propulsada pela graça divina que cuja origem da tal divinidade só ela é que conhece; esta é mazém: LA DIOSA DE LA MUERTE.

Loumari disse...

Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro...

Autora: Clarice Lispector
Brasil

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Senhor Mantiqueira vai às alturas do nome, com o discurso onde esqueceu que com eleições somente serão trocadas as moscas, pois não há como proceder alterações significativas diante do comprometimento total (99%) do Congresso ou Senado. Nunca o Congresso ou Senado darão um tiro no próprio pé. Solução? Um "Déspota Esclarecido" que conte com total e pleno apoio da parte saudável das FFAA, caso contrário, viveremos o Caos.

Anônimo disse...

Je n'en sais rien.

Ridicule,sans doute.
"Il n'y a que les femmes pour savoir aimer".