terça-feira, 23 de setembro de 2014

A Cegueira Ideológica


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Luiz Sérgio Silveira Costa

A ideologia em certas pessoas é tão forte que as divorcia da realidade. É o caso de Verissimo, no artigo deste domingo. Fukuyama errou ao cunhar o termo “fim da História”, pois a História não se acaba, como escreveu Gil em sua música, ...“Basta ver que um povo/Derruba um czar/Derruba de novo/Quem pôs no lugar”....

Mas, permanecem perfeitas suas razões para cunhar o termo, de que a História se acabava pela prevalência da democracia e do capitalismo como os melhores sistemas político e econômico, provado pela esmagadora maioria de países que os professam.

Verissimo disse “...A escolha continua sendo entre socialismo e a barbárie”!!! Como, se a barbárie está justamente nos países socialistas/comunistas, como Cuba e Coreia do Norte, de absurda falta de justiça e liberdade? Abstraídas considerações acadêmicas, Veríssimo deveria se lembrar dos exemplos práticos da barbárie desses sistemas, como o Muro de Berlim, os “balseros cubanos”, o desenvolvimento e felicidade da Coreia do Sul em relação à do Norte, a miséria cubana, que só sobrevive com dinheiro alheio, da ex-URSS, Venezuela e, agora, do Brasil, à revelia do Congresso Nacional. E que não teria, lá, liberdade para escrever contra o sistema vigente, como faz aqui.

Como disse Jean-François Revel, numa frase definitiva, “O que marca a falência do comunismo não é a queda do Muro de Berlim em 1989, mas a sua construção em 1961”. O problema do Verissimo é que ele é que está de olhos fechados. E nem adiante abri-los, pela cegueira ideológica...

Luiz Sérgio Silveira Costa é Almirante, reformado.

3 comentários:

Anônimo disse...

O problema do veríssimo é que, quanto mais velho e caquético vai ficando, mais ele fica parecido com o próprio pai comunista.
Poderia ter puxado a excelente veia de romancista do Érico, mas deu no que foi possível, né?
Fazer o quê? A vida e as escolhas são dele, somente.

Anônimo disse...

Vai morar na Coreia do norte Veríssimo.

Anônimo disse...

Vocês, militares, covardes, omissos e/ou coniventes, nos deixam indignados. Já estamos todos fartos dessas presepadas sem fim, dessas bravatarias ridículas da turma do pijama na reserva, em suma, dessa VEADAGEM. Enquanto os micos amestrados na ativa se omitem, o Brasil afunda. Covardes! Traidores!!!!