segunda-feira, 27 de outubro de 2014

A Morte da Liberdade - 2014


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Chagas

Caros Amigos: Há quatro anos escrevi que infelizmente Dilma Rousseff havia vencido e cumprimentei os que nela haviam votado!

Vencera a Democracia que ela tentara destruir.

A vitória podia ser comparada a uma promissória de alto valor que, fatalmente, nos seria cobrada com juros!

Desgraçadamente eu estava certo e perdemos todos, os que a elegeram, os que se omitiram, os que apostaram na proposta de José Serra ou os que, como eu, empenharam-se para que o pior fosse evitado.

Perdêramos importante batalha, mas não a guerra, porque a Democracia, como entendemos que deve ser, ainda estava de pé e guardávamos a certeza de que o povo brasileiro por não saber viver sem liberdade, mais cedo ou mais tarde, reconheceria o erro cometido naquele outubro de 2010.

Muitos dos que deram a “ela” o seu voto conseguiram enxergar a falsidade, a hipocrisia e a truculência escondidas por trás, não mais de um sorriso enigmático, mas, da carranca incompetente e truculenta que ele escondia!

Passamos a sentir na carne, mais cedo do que pensavam os mais pessimistas, as consequências daquela imprudência.

Esperávamos que, mais dia menos dia, nossos olhos se abrissem para a realidade e que a Nação reagisse democraticamente e em paz, ordeira e legalmente, em defesa de seus valores, deturpados e ameaçados pelos estrategistas do mal, lobos em pele de carneiro, hipócritas travestidos de democratas!

A história se repete neste 26 de outubro, agravada pela perspectiva de dominação também do Poder Judiciário com a nomeação, nos próximos quatro anos, de  mais cinco “Toffolis” para a Suprema Corte!

A ignorância do eleitorado brasileiro trocou a evolução e a distribuição de oportunidades pela recessão e pela distribuição da miséria, pondo em risco mais uma vez a liberdade, o cumprimento das leis, o respeito à vida e ao direito e o progresso do Brasil.

Como consolo podemos afirmar que, já que o Brasil quebrará em 2015, que a bomba estoure no colo de quem a armou!

Nada mais justo do que dar ao PT o que é do PT, ou seja, que o partido, seus líderes, sua incompetência, sua desonestidade e suas ideias totalitárias arquem com a responsabilidade e sofram as consequências de sua desastrada "obra"!

Que o desastre ocorra sob a égide do corruPTo e que sejamos nós, no papel da oposição, os encarregados de mostrar, de forma didática e irretorquível, em definitivo, a toda a Nação, a cara dos verdadeiros responsáveis pelo caos!

Logicamente que há um sério risco de golpe embutido nesse lamentável fato, afinal, a sobrevivência das hienas depende de assegurarem a posse da carcaça, mesmo que em estado de carniça.

Rogo a Deus para que não deixe acontecer ao gentil povo dessa terra o que minha consciência cívica enxerga cada vez mais próximo no horizonte da história e que ilumine a mente dos incautos que no dia de hoje colocaram, mais uma vez, o nosso destino nas mãos totalitárias e liberticidas de Dilma Rousseff e do Partido dos Trabalhadores!


Paulo Chagas, General na reserva, é Presidente do Ternuma.

5 comentários:

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Exmo. senhor general Paulo Chagas: esperava maiores e melhores palavras suas em seguida à vitória (pela fraude) de Dillma Roussef, mas o que percebo é desalento e entrega da espada ao inimigo, o que consubstancia minha certeza de que os senhores militares não podem pretender ser Condutores, pois não foram treinados para tal, mas sim para comandarem seguindo ordens superiores. Não é sem tristeza que li suas palavras.

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Exmo. senhor general Paulo Chagas: Fiquei estarrecido com o que escreveu, praticamente abaixando as calças diante do resultado da eleição para presidente. Lembrando tudo que já escreveu esperava uma atitude viril de sua parte diante dos resultados, mas ao contrário, deparei-me com uma confissão de fraqueza, de tibieza, distantes do espírito de Caxias..."Sigam-me os que forem brasileiros..."

Anônimo disse...

No país do pode tudo a partir de hoje declaro que serei adepto da idéia da formação do MOVIMENTO DEMOCRÁTICO SEPARATIVISTA DO BRASIL que assim seja!

Anônimo disse...

Esse generaleco é um pícaro "escrivinhador", um verdadeiro pigmeu! É de dar pena mesmo. A que condição estamos reduzidos!

Anônimo disse...

Espero que essas palavras do Gen. Refm. Paulo Chagas nada expressem dos sentimentos e intenções do Generais da ativa. Se coincidirem, se forem uníssonos, então, nada mais poderemos esperar... o país estará entregue às bestas, traído por aqueles que têm a missão de defendê-lo.

Saudades daqueles militares que, em 1964, honraram a farda e agiram como Homens e nos salvaram do comunismo.

E Deus queira que daquele tipo ainda haja, porque é desses forte e valentes que precisamos. O resto, é sal sem sabor.

"Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se corromper, com que se há-de salgar? Não serve para mais nada, senão para ser lançado fora e ser pisado pelos homens."

Mateus 5:13


Gregório