quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Manifesto da Nação Brasileira a seus Generais


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Antonio Ribas Paiva e Luiz Carlos de Almeida Prado

Daqui a 100 anos tudo será irrelevante! A Nação vive hoje e deve ser protegida agora pelos seus Generais, contra aqueles que tomaram de assalto o Estado Brasileiro, para a prática sistemática de crimes.

Devido a isso, as estruturas do Estado deixaram de proteger a Nação e, as Instituições passaram a atender, exclusivamente, aos interesses da classe política e da alta administração pública, imbricadas com o crime organizado.

Inadvertidamente, as Forças Armadas têm sido o garante dessa Ditadura, que oprime a Nação e mantém o Brasil no Terceiro Mundo.

O povo já rejeitou a classe política; 40 milhões de eleitores não votaram em ninguém e, anteriormente, em junho de 2013, saiu às ruas, aos milhões, protestando contra a opressão. De nada valeu esse esforço cívico, porque a vontade do povo não foi satisfeita por seus Generais!

Diante dessa realidade, os Generais da Nação Brasileira têm o dever de restabelecer as Instituições (art. 142 C. Federal), hoje aparelhadas pelo crime.

Neste momento, cumpre à Nação Brasileira, por seus segmentos esclarecidos, clamar aos seus Generais, para que CUMPRAM O SAGRADO DEVER DE PROTEGER O POVO E OS PODERES CONSTITUICIONAIS.

INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL JÁ!


Antônio José Ribas Paiva, Advogado, é Presidente da Associação dos Usuários de Serviços Públicos; Luiz Carlos de Almeida Prado, Engenheiro, é Presidente da União Nacionalista Democrática (UND).

10 comentários:

Anônimo disse...

Agora é tarde. Inês é morta.

Miguel Felix Barbosa disse...

Por favor avisem aos Senhores Assinantes deste manifesto que, creio, as Forças Armadas estão esperando que o povo der o norte, diga para onde quer ir: comunismo/socialismo ou capitalismo democrático.

Querem uma intervenção das FFAA? Ok, reúnam em Brasília, pelo menos um milhão de eleitores exigindo a renúncia coletiva da presidente, vice e seus 39 ministros, dos 11 ministros do stf e dos 81 senadores e dos 513 deputados federais, aí, creio, ficará configura o 'norte, o caminho, a direção' que o povo estará dando para que as Forças Armadas cumpram o Art. 142 da CF/88.
Caso contrário, nossos soldados continuarão 'dormindo em berço esplêndido'!

Anônimo disse...

Se o povo brasileiro realmente deseja isso, tem que ir às ruas solicitar e, mais, defender os militares que estão sendo caluniados pela famigerada comissão da (mentira)verdade.
Não é atribuição das FFAA decidir qual é o melhor sistema de governo e quais os governantes quem devem conduzir o país, essa função é prerrogativa do povo brasileiro. Clamem nas ruas e seus anseios serão atendidos.

Anônimo disse...

Cleonice I Ferreira disse:
Sr. Antonio Ribas Paiva e Sr. Luiz Carlos de Almeida,nós os brasileiros clamamos em demasia nas redes sociais, pedindo socorro às nossas FORÇAS ARMADAS, NÃO OBTEMOS NENHUMA RESPOSTA, SILÊNCIO ESTARRECEDOR.
Observem os senhores que nas redes socias o clamor se transformou em acusações e xingamentos.
Creio eu que será muito difícil
o povo voltar a pedir, o que escuto por todos os lados é: SOMENTE DEUS PODE DAR JEITO NESSA SITUAÇÃO. O povo se sente totalmente abandonado. Quando se fala em LEI, O DEBOCHE É TOTAL.
EM POLÍTICOS A AVERSSÃO É TOTAL. RESUMINDO: FAMÍLIA DESTRUÍDA NAÇÃO DESTRUÍDA, TUDO PERDIDO.
Sabemos que com esse sistema montado, tudo será para pior.
Que Deus ilumine a todos.

Carlos disse...

E por que os generais devem ajudar um povo que os vê como torturadores de esquerdistas "indefesos"?

O povo colocou esses trastes no poder e continua colocando. Os generais não tem culpa se o povo é burro.

Loumari disse...

Carlos, você é um dos raros sensatos neste país de tolos. Este povo de sua livre vontade elege homens e mulheres dando-lhes o voto de legitimidade para governar sobre eles. E com este ato a democracia foi respeitada e a lei constitucional também. Estes que dirigem o Brasil não tomaram o poder com violência, com opressão. Foram democraticamente eleitos pelo povo para lhes representar. E dentro de poucos dias este mesmo povo brasileiro vai remeter isso. Se o povo acha que os seus dirigentes falharam nas promessas feitas pelas quais eles foram eleitos, neste caso a solução é simples: Este mesmo povo tem o poder de destituí-los. Numa marcha, todos para Brasília e tirar-lhes fora das instituições.

Envéz de apelar aos militares. E a tal intervenção os militares a faria com que equipamentos? Com blindados sucatas? que vai avariar na primeira esquina? E lá lhes estará esperando toda esta população que beneficia de bolsa família para lhes massacrar com pedras e paus? E por cima estes militares apenas comem. E Hugo Chavez o que era? Não era um militar? Por acaso fez algo de bom para o povo e para o país Venezuela?
E outro detalhe: por cima, este povo brasileiro tem boca muito porca.

Anônimo disse...

Entendo que a única maneira de restabelecer a o ordem em nosso país, é a intervenção militar. Esses petralhas que estão assaltando os cofres públicos e implantando esse famigerado socialismo-bolivariano, devem ser presos ou exilados. Começando por Lula e Dilma!
Mesmo o Aécio ganhando a eleição, que não vai acontecer porque o Tóffoli irá burlar os resultados, o PT vai enfernizar o Brasil, de norte a sul!
Eles devem ser retirados do nosso meio, junto com os médicos cubanos e os mais de 20 mil haitianos!!!

Anônimo disse...

Esses crápulas, venais, covardes, prevaricadores, traidores, canalhas que vestem farda e estão no comando nada farão. Ao contrário, até se escondem...Já mostraram que são pilantras da mesma marca dos que tomam parte nessa farsa política. O Brasil está perdido. O jeito é abandonar o navio e deixar que esse povo de merda se f...

Jefferson Silva Barchi disse...

Senta a pua nesses vagabundos!

Jefferson Silva Barchi disse...

Senta a pua nesses vagabundos!