segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Vergonha


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Humberto de Luna Freire Filho

Hoje senti vergonha de ser nordestino. Deixei a minha terra há quarenta e seis anos acreditando em Euclides da Cunha - "O Sertanejo é antes de tudo um forte".

Infelizmente hoje vejo que, os que lá ficaram, perderam a dignidade. Não mais lutam pela sua subsistência e vivem de esmolas de um governo corrupto que os tornou dependentes e indolentes.

Uma compra de votos travestida de programa de inclusão social.


Humberto de Luna Freire Filho é Médico.

Um comentário:

Loumari disse...

O Elogio do Vício

Admiro os viciados. Num mundo em que está toda a gente à espera de uma catástrofe total e aleatória ou de uma doença súbita qualquer, o viciado tem o conforto de saber aquilo que quase de certeza estará à sua espera ao virar da esquina. Adquiriu algum controlo sobre o seu destino final e o vício faz com que a causa da sua morte não seja uma completa surpresa.
De certo modo, ser um viciado é uma coisa bastante proactivista. Um bom vício retira à morte a suposição. Existe mesmo uma coisa que é planear a tua fuga.

"Chuck Palahniuk, in "Asfixia"
Tema: Vício