sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Lava Jato deve investigar subsidiária holandesa da Petrobras que é alvo de investigadores dos EUA


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Investigações internacionais sobre o escândalo do Petrolão lançam luzes sobre a Petrobras Global Finance B. V. – uma caixa preta sediada em Rotterdam, na Holanda. A pouco conhecida subsidiária da Petrobras no exterior teria sido aparentemente criada para fazer o mesmo papel da PFICo (Petrobras International Finance) – da qual Assembleia Geral da Petrobras, em 16 de dezembro de 2013, aprovou uma estranha “cisão parcial”. Agentes do Departamento de Justiça dos EUA da Securities and Exchange Comission (a xerife do mercado de capitais nos States) estão de olho vivo neste negócio.

Não se sabe quem são os dirigentes da empresa que cuida das finanças da endividada Petrobras na Europa. Só se sabe que no mesmo endereço holandês, no segundo e terceiro andares da (Wenna 722, Weenapoint Tower A, 3014DA, em Rotterdam), funcionam a Petrobras Nederlands (PNBV), a Petrobras Global Trading (PGT) e a Petrobras International Braspetro BV (PIB). As subsidiárias holandesas, além de fechar contratos, captam recursos para a empresa em euro e dólar.

Especula-se que a Petrobras Global Finance B. V. pode ter o mesmo destino da PFICo. Investidores denunciam que PFICo foi incorporada à Petrobras para não ser investigada de forma independente.  O presidente desta subsidiária era Almir Guilmerme Barbassa, que também é o diretor financeiro da Petrobras desde a gestão de Gabrielli. Apadrinhado de Lula da Silva e do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que é presidente do Conselho de Administração da Petrobrás – sucedendo a Dilma Rousseff -, Almir Barbassa é considerado mais poderoso até que a presidente da empresa.

Outra caixa preta que entra na mira dos investigadores internacionais e os nacionais da Lava Jato é a empresa Sete Brasil. Criada em 2011 para gerenciar contratos da Petrobras para a contratação de sondas marítimas, a Sete Brasil tem o BTG Pactual como maior acionista individual. Os três grandes fundos de pensão estatais (Previ, Petros e Funcef) têm somados 37,5%. Também tem participação nela o Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS) da Caixa Econômica Federal (CEF). Em cotas menores, também participam dela o Santander e o Bradesco, além do fundo de pensão dos empregados da Vale, o Valia. As empresas de investimento EIG Global Energy Partners, Lakeshore e Luce Venture Capital seriam outros cotistas.

A Sete Brasil virou alvo por causa de seu ex-diretor de operações, Pedro Barusco, que topou devolver quase 100 milhões de dólares após as revelações da Lava-Jato, em delação premiada conduzida por sua advogada Beatriz Catta Preta. Aposentado da Petrobras em 2010, Barusco foi indicado por Renato Duque (ex-diretor de Engenharia e Serviços da Petrobras) para trabalhar na Sete Brasil, onde atuou entre 2011 e 2013. O que qualquer idiota indaga é como um funcionário de terceiro escalão de uma estatal ou de uma empresa privada conseguiu juntar tanto dinheiro. Imagina quem estava acima dele no esquema...

O Petrolão é uma escrotidão! Pessoas físicas e jurídicas investigadas na Operação Lava-Jato fizeram movimentações consideradas atípicas de saques e depósitos no valor de R$ 23,7 bilhões entre 2011 e 2014. Só em espécie, o grupo de 4.322 pessoas e 4.298 empresas movimentou R$ 906,8 milhões. Eis a assustadora conclusão de 108 relatórios produzidos pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), quando alertou sobre possíveis irregularidades nas movimentações financeiras do doleiro Alberto Youssef, do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e das empreiteiras, entre outras pessoas e empresas acusadas de fraudes em contratos com a estatal.

Saber onde está tanto dinheiro e recuperar o que foi desviado será uma missão quase impossível. O Banco Central já bloqueou R$ 47,2 milhões nas contas de suspeitos na Lava Jato. Tal valor é uma merreca perto do que o esquema movimentou de verdade. Tem muita caixa preta ainda para ser aberta no Petrolão. Uma grande operação abafa já opera nos bastidores para mantê-las bem fechadinhas. Se o negócio abrir, será preciso fechar nossa República para balanço. No Brasil da corrupção sistêmica, falta coragem e civismo suficientes para tanto...

Segredo Público



O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, tem o dever legal de pedir que se investigue a atuação da atual Presidenta Dilma Rousseff como ex-presidente do conselho de administração da Petrobrás, com base na Lei 8.429 – que trata dos crimes de improbidade administrativa. O artigo 10º (com incisos I, II, III, IV e XII) poderia ser fatal aos conselheiros e diretores investigáveis da Petrobras.

Como a Petrobras é controlada pela União (acionista majoritário), suas decisões estratégicas contam com o respaldo direto do Presidente da República (que no tempo de Passadena era Lula). Já Dilma, além de presidente do Conselhão da Petrobras, também era ministra das Minas e Energia e, depois, da Casa Civil, de onde saiu diretamente para reinar no Palácio do Planalto. Diluir a responsabilidade de Lula e dela é missão quase impossível. Mas o judiciário, aparelhado por interesses políticos, é capaz do impossível – como se viu, recentemente, no caso do Mensalão.

O procurador do Ministério Público do Tribunal de Contas da União (TCU), Marinus Marsico, segue tal linha de raciocínio. Marsico já definiu de forma justa e perfeita a situação surreal que precisa ser investigada: “A Petrobras está afundando. Há uma mistura de má gestão com o fato de ter se tornado um braço político do governo. Se a empresa não fosse pública, já tinha quebrado”

O pavor real é que o Petrolão revele que parte do dinheiro desviado nos negócios na Petrobras e subsidiárias tenha servido para formar uma super-organização. O político que a comanda tem várias consultorias que gerenciam empreendimentos comerciais na África, hotéis em Cuba e na Venezuela, pelo menos três hotéis em Brasília, vários terrenos na capital federal e em São Paulo (registrados em nome de empresas no Panamá), além de fazendas produtoras de gado no Brasil, participações acionárias inferiores a 4% em várias empresas, e uma mini-frota de três jatinhos (em nome de laranjas, amigas empreiteiras).

Como o Alerta Total já havia antecipado na edição de 11 de novembro, investigadores do Departamento de Justiça dos EUA, a partir de informações obtidas nos processos da Operação lava Jato, já identificaram o centro bilionário de lavagem de dinheiro de corruptos políticos do Brasil. Incentivos fiscais do estado de Nevada foram usados por centenas de empresas abertas em nome de brasileiros para investir a grana obtida em negociatas com o setor público. A maior parte das operações do doleiro Alberto Youssef se direcionava para aquele estado norte-americano famoso pelos impostos baixíssimos.

Investigadores já descobriram que o principal sistema para lavagem de dinheiro era uma espécie de investimento em participações acionárias de hotéis. O esquema mafioso-contábil superfatura as tarifas, cobrando pelo teto de hospedagem, sem que tenha ocorrido ocupação de quartos. As notas fiscais são emitidas, recolhendo-se e os mínimos impostos cobrados em Nevada. Os resultados financeiros tornavam legalizado o dinheiro de brasileiros que doleiros "transportavam".

No submundo do Congresso Nacional, em Brasília, já se comentava ontem que os peritos norte-americanos já identificaram centenas de políticos com negócios apenas em Nevada. Eles foram descobertos pelo complicado cruzamento de dados de parentescos. A maioria das empresas é registrada em nome de laranjas. Os mais idiotas usaram parentes. Os mais espertos usaram "amigos" com maior dificuldade de rastreamento, mas que foram identificados por uma coincidência fatal. Todos usaram o doleiro Youssef como "Banco Central".

Vale repetir por 13 x 13 para dar sorte: Se tal investigação der em nada, o Brasil terá produzido a maior pizza do universo.

Criminosa humilhação



Guerra à Graça

O Deputado federal Antonio Imbassahy, do PSDB, promete uma ofensiva para derrubar Maria das Graças Foster da presidência da Petrobras.

O tucano baiano entrou com duas representações no Tribunal de Contas da União contra a Foster.

A primeira para afastá-la a outra pedindo apuração de alegados crimes sob gestão dela.

Sem desgraça

No Palácio do Planalto, no entanto, já vem um recado futebolístico para o Imbassahy:

"O Botafogo da Graça cai para a segunda divisão no Brasileirão. Mas a Graça não sai por nenhuma pressão do Petrolão, para não piorar ainda mais a imagem da Petrobras diante do mercado internacional".

Além disso, Graça é amiga pessoal da Presidenta Dilma, e a desgraça de uma respinga diretamente na outra...

Sexta ansiosa pelo ministro

O mercado aguarda, ansioso, a divulgação quase oficial, nesta sexta-feira, dos nomes que comporão a equipe econômica do velho-novo mandato de Dilma Rousseff.

Depois que Trabuco negou fogo, por pressão dos acionistas controladores do Bradesco, os mais cotados para assumir a Fazenda e o Banco Central do Brasil são Alexandre Tombini e Joaquim Levy - de repente, não nesta ordem...

Nelson Barbosa, que seria o preferido de Lula até outro dia, já estaria na lista de "preterido"...

Ideologia e psiquiatria

O psicanalista Mtnos Calil, do grupo Mãos Limpas Brasil, defensor do método "ideologia zero", solta mais uma para a turma radical refletir no berço:

"O equivoco psico-ideologico mais gritante da direita é reservar o tema da defesa dos pobres para a esquerda, ao invés de se apropriar dele. Este equivoco é tão grave que poderia ser considerado psiquiátrico-ideologico. Se eu fosse da direita criaria uma estratégia para combater essa loucura. Já na esquerda, há muito tempo existem as correntes não marxistas, não comunistas. Até o Partido Socialista Brasileiro é da esquerda. O Governador eleito pelo Maranhão, pelo PC do B, perguntado no programa Roda Viva da TV Cultura se era comunista, declarou que sim, que era comunista. Espero que este surto linguístico não esteja vinculado a um grave transtorno mental do primeiro governador comunista da História do Brasil".

Descrente na queda da Dilma

Recém-chegado do Vaticano, onde participou de encontro de 100 movimentos populares do mundo com o papa Francisco, o ícone do MST, João Pedro Stédile, mandou um recado óbvio a quem aposta em golpe contra Dilma Rousseff.

Em entrevista ao site 247, Stédile garante que nada acontece com Dilma, além de tomar posse para o segundo mandato:

"Não há nenhum motivo real. A presidenta não está envolvida em nenhum crime. Esse movimento é absolutamente antidemocrático, de quem não se conforma com a vontade da maioria do povo. Alegar conhecimento de fatos de corrupção em empresas estatais é simplesmente fantasioso. Os fatos que vieram à tona na Petrobras estão sendo perpetuados há 15 anos, segundo a Procuradoria-Geral da República, portanto, iniciaram no governo FHC. Os diretores envolvidos foram indicados por partidos conservadores. Não me consta que algum deles tenha ficha no PT. Por outro lado, há denúncias de corrupção no governo FHC e em muitos governos estaduais e municipais, e não tenho notícias de algum pedido de impeachment".

Revolta popular armada

Stédile advertiu para o risco de uma onda de violência sem precedentes se houver quebra institucional:

"Não vejo um movimento golpista. E não teria nenhuma chance de sucesso na atual conjuntura. Os tucanos chamaram mobilizações de protestos dia 15 de novembro, que são normais na democracia. E lá se infiltraram algumas viúvas da ditadura militar, que não merecem crédito, que não têm base na sociedade. Até os tucanos ficaram com vergonha. Os partidos da direita sabem que a tentativa de um golpe seria destampar a caixa de pandora da revolta popular. E isso é muito perigoso. ".

O oráculo do MST só falou, nas entrelinhas, o que todo mundo sempre soube, mas alguns preferem não acreditar: no Brasil está tudo dominado... 

Fim de Papo


Doações ao Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.
                           
Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 21 de Novembro de 2014.

3 comentários:

Loumari disse...

Depois de Chorar

Não é a tristeza que nos faz chorar, mas o amor que enfrenta os vazios. As angústias e desesperos são expressões de falta.

As lágrimas que de nós brotam e caem longe do olhar dos outros são as que mais força trazem em si, as que fazem concreto e objetivo o sentir mais íntimo.
Por vezes, o coração cai nas armadilhas das tristezas antigas... outras, sentimos os espinhos das novas adversidades cravarem-se-nos na carne. Há sempre tristezas, há sempre sofrimento, haverá sempre dor enquanto houver amor.
As lágrimas não choradas não deixam de ser amargas, mas essas, ao contrário das que nascem, corroem o interior de quem com elas não chega a regar a terra que lhe segura os pés.

A vida faz-se também com as nossas lágrimas e vence-se, muitas vezes, de olhos carregados de mar. O esforço que nos é exigido chega quase a ser impossível sem lágrimas. Chorar não é sinal de derrota, antes sim de um amor que busca a paz merecida.

O sentido da vida cabe dentro de uma gota de água salgada… a verdadeira paixão é a dor máxima do amor mais profundo. Aquele que faz germinar em nós o melhor... diante do pior.

Depois das lágrimas é tempo de agir.
As lágrimas, tal como tudo nesta vida, têm um princípio e um fim. O amor não. Vive inteiro, em cada momento, do qual é o princípio e o fim.

"José Luís Nunes Martins, in 'Amor, Silêncios e Tempestades'

Veronica Ruzzi disse...

Vou começar o meu comentário elogiando o dia da consciência negra criada pela raça humana que não tem sub-divisão, somos uma espécie só e ponto final, mas essa feliz data demostra que ao menos os negros (e não a raça negra) tem o que comemorar, porque tem consciência, muito ao contrário daqueles brancos que não tem, e isso na história da humanidade esta demonstrado de A a Z. No Brasil devemos lançar o dia da consciência politica, porque estes realmente são desprovidos de qualquer coisa semelhante que chamamos de consciência, estes sim devem ser tratados como falhas genéticas gravíssimas no cérebro grande gerador da nossa consciência. O povo brasileiro deve tomar de uma vez por todas consciência, já que não temos políticos realmente interessados em encarar de frente para valer esta roubalheira que se instalou no Brasil que gera miséria em cima de miséria, porque $70,00 reais, estes ladrões nem sabem para que serve, pois eles usam os dólares verdinhos ou euros, o povo é lixo para essa gente, eles ameaçam??? com que moral? moral de ladrão? O Brasil precisa de um movimento forte, de uma mídia independente que denuncie a verdade, todos os veiculos de informações que circulam no Brasil são gente comprada por estes ladrões, que falam lindamente um monte de mentiras, boicotem, deixem a sua TV desligada na hora dos tele jornais, se liguem nas redes sociais sérias, revistas sérias, não aquelas pagas por esses vagabundos, se alguém não sabe quais, certamente alguém realmente contra esta bandidagem vai lhe orientar o que você deve ler o que você deve acessar nas redes sociais, pois a grande maioria do povo esta com o saco cheio de ver o nosso dinheiro roubado em beneficio de países vagabundos como os nossos governantes que deveriam ser presos e nunca mais serem soltos para podermos respirar democracia mesa farta crianças com educação, saúde, trabalho honesto, infra estrutura, que nunca tem e nunca vai ter enquanto esta corja nos rouba e beneficia outros países, e nós vendo os nossos irmãos mais e mais na miséria.

Anônimo disse...

Serraão continue remando, mas acredito que o brasil acabou, se tivesse dinheiro, sumia desta merda.
O cidadão de bem perdeu.

NOM