sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Piada de Sexta Negra do Petrolão: Mantega é cotado para assumir presidência da Petrobras em janeiro


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Guido Mantega pode ganhar como prêmio de consolação a presidência executiva da Petrobras? O mais longevo ministro da Fazenda, até ontem, estaria cotado para substituir Maria das Graças Foster - que estaria tão prestigiada quanto o Botafogo pelo qual torce? Digno de uma "Sexta Negra" (Black Friday), o informe merece ser encarado como uma piada "sem Graça". O problema é que circulou ontem entre os maiores lobistas de Brasília, logo após a cerimônia de anúncio dos três mosqueteiros da equipe econômica da Presidenta Dilma Dartagnan: Alexandre Tombini, Joaquim Levy e Nelson Barbosa.

O avanço nos escândalos do Petrolão, até dezembro, pode obrigar Mantega e quem inventou o boato a esquecerem tamanha maluquice. Mantega na presidência da Petrobras significaria uma confissão de responsabilidade pelos problemas da empresa. Afinal, Mantega já é o presidente do Conselho de Administração da empresa - com alto risco de ter o nome enrolado nos processos movidos pelo Departamento de Estado e pela Securities and Exchange Commission dos EUA. O ministro fica até o fim do ano na Fazenda da qual foi demitido tecnicamente em plena campanha reeleitoral. Só pode ter partido do fogo amigo nazicomunopetralha a versão de que Dilma tiraria sua amiga Graça do comando da Petrobras.

Enquanto se desgasta com o Petrolão, o governo tenta criar seus factóides econômicos - com muito atraso depois da derrotada vitória reeleitoral. Egresso do banco de investimentos do Bradesco, o futuro novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, fez uma média com o mercado financeiro sobre a oferta de crédito no País. Sem citar a conjuntura de inadimplência, inflação, desemprego e juros altíssimos, Levy proclamou: "O mercado de capitais terá um papel cada vez mais importante, complementando a ação do sistema bancário na alocação eficiente dos recursos de acordo com sua própria avaliação dos riscos e retornos de cada oportunidade de investimento, permitindo novas maneiras do país e das famílias construírem e se prepararem para um futuro melhor".

O novo ministro repetiu o velho discurso de sempre sobre a ação medíocre dos desgovernos no Brasil, no qual o cachorro corre atrás do próprio rabo, sempre perdendo a corrida: economizar para quitar juros da dívida impagável. Levy repetiu o filme de terror: "O objetivo imediato do governo é estabelecer uma meta de superávit primário para os próximos três anos, compatível com estabilização e redução da dívida bruta, considerando um nível de reservas estável. O superávit primário terá que ser de no mínimo 2% do PIB ao longo do tempo desde que não haja elevação do estoque de transferências do Tesouro para os bancos públicos".

Mãos de Tesoura


Joaquim Levy, economista ortodoxo e especialista em cortes para fazer caixa, cumpriu o roteiro de falar o previsível:

"O Ministério da Fazenda reafirma o compromisso com a transparência de suas ações e manifesta o fortalecimento da sua comunicação de seus objetivos e prioridades e a comunicação de dados tempestivos, abrangentes e detalhados que possam ser avaliados por toda a sociedade, incluindo os agentes econômicosTemos a convicção de que a redução das incertezas em relação às ações do setor público sempre é ingrediente importante para a tomada de risco pelas empresas, trabalhadores e famílias brasileiras, especialmente as decisões de aumento de investimento. Essa confiança é a mola para cada um de nós nos aprimorarmos e o país crescer. Nossa prioridade tem que ser o aumento da taxa de poupança. Aumentando sua poupança, especificamente o primário, o governo contribuirá para que os outros agentes de mercado e as famílias sigam o mesmo".

Chuva no molhado

Quem também repetiu o velho papo de sempre foi o presidente do Banco Central do Brasil, Alexandre Tombini, que fica do mesmo jeito, onde está, jurando que vai dar um tombinho na inflação:

"A política monetária deve evitar que esses ajustes se espalhem para o resto da economia na forma de aumento persistente da inflação".

A torcida do Botafogo já acredita, piamente, que o papo do Levy vai salvar o time de cair para a segunda divisão do Brasileirão...

Reza forte

O futuro Ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, também fez uma promessa que depende do rolo compressor governista no Congresso para cumprir:

"Como desafio mais imediato trabalharei na adequação da proposta orçamentária de 2015 ao novo cenários macroeconômico e aos objetivos de elevação gradual do resultado primário. Darei continuidade ao processo de melhoria da eficiência do gasto publico, mediante a modernização da gestão e avaliação do custo-benefício dos diversos programas de governo".

Tudo isso só poderá acontecer se, na terça-feira que vem, o Congresso confirmar o golpe que o governo dará para conseguir fechar os números descumpridos legalmente na meta fiscal - que poderiam levar ao impedimento da Presidenta Dilma, se o Brasil fosse um lugar sério onde as mínimas leis são cumpridas.

STF é uma mãe...

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu o direito de passar o Natal e o Ano Novo em Passa Quatro, Minas Gerais, onde mora a mãe dele, que tem 94 anos de idade e não pode se deslocar até Brasília:

"Faço certo que o apenado continuará em prisão domiciliar, apenas com a mudança temporária do local de seu cumprimento, que será na residência de sua genitora”.

O reeducando Dirceu, um dos condenados no Mensalão, poderá ficar na casa da mãe do dia 23 de dezembro a 2 de janeiro, quando retorna para sua confortável prisão domiciliar na capital federal...

Garantir é preciso


Leva Levy


Haja governança...


Tempos em que comiam juntos


O 13 na numerologia da corrupção


Música perfeita para o Black Friday


Para você que vai gastar o dinheiro que não tem em promoções de mentira, ouça a eterna canção do Kid Morangueira - o imortal Moreira da Silva: "Acertei no Milhar"...

Doações ao Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.
                           
Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 



A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 29 de Novembro de 2014.

5 comentários:

Anônimo disse...

Como? Maquiaram a contabilidade pública para vencer as eleições e agora resolveram dizer a verdade. Tá bom, eu também acredito em Papai Noel, Saci, mula-sem-cabeça e que o PT vai parar de mentir, de falsear as coisas, de não ser vendilhão, de não fazer conchavo com o inimigo entre outras coisas inimagináveis que só o tempo diz.

Anônimo disse...

Cleonice I Ferreira disse:
Sr.Jornalista Jorge Serrão, seus artigos como sempre são excelentes.
Nós brasileiros temos a certeza que não basta mudar os peões de lugares, é necessário mudar tudo, para que o Brasil possa sair deste estado de anarquia.
Cada dia que passa o nosso Brasil vai ficando pior.
Eu pergunto: até quando as nossas FFAA, ou melhor, os nossos GENERAIS FICARÃO ASSISTINDO TUDO SEM INTERVIR NESSA GUERRA CIVIL NÃO DECLARADA?
A CADA DIA PESSOAS HÁ QUE SE GABAM DE NOTICIÁRIOS QUE VEICULAM NOTÍCIAS COMO A QUE DIVULGOU O CRIME OCORRIDO DE FRENTE A DEIC EM SP, DIZENDO ELAS SORRINDO: "VOCÊ VIU COMO OS CRIMINOSOS DESAFIARAM A POLÍCIA ESPECIALIZADA?".
Respondi que essas pessoas que estão cometendo crimes só continuarão no crime até as forças das espadas permitirem. Então ai do povo!!! Saberão o que é de verdade uma autoridade.
Que Deus ilumine a todos.

ARS disse...

...E o "pibão" da sexta-feira negra?!

Anônimo disse...

Meu nome é Eneas.

Anônimo disse...

"Tombinho na inflação" foi de lascar! kkkkkkkkkkkk