quarta-feira, 18 de março de 2015

Lava Jato já investiga Dirceu e Vaccari, quase chegando em Lula - que nega relação com tesouraria do PT


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Já imaginou se o poderoso mito em decadência Luiz Inácio Lula da Silva, que não tem qualquer foro privilegiado, for denunciado na 13a Fase da Operação Lava Jato? Já pensou se isto ocorrer no dia 13 de abril, no dia seguinte a mais uma gigante manifestação de rua, agendada para o dia 12? Por enquanto, isto é apenas um sonho dos opositores e inimigos de $talinácio. Mas as perguntas se tornam cabíveis porque as investigações começam a se aproximar, concretamente, da tesouraria do PT e, perigosamente, do núcleo de poder do partido.

João Vaccari Neto, o Tesoureiro, é um alvo preferencial. Por isso, Lula já trata de fugir de qualquer relação com ele. Em 9 de dezembro de 2014, acompanhado de três advogados, Lula prestou depoimento em uma sala próxima a do diretor-geral da Polícia Federal, em Brasília, sobre as denúncias de Marcos Valério Fernandes de Souza que o então Presidente da República tinha conhecimento e comandava o Mensalão. Respondendo a 28 perguntas, no termo de declarações IPL 431/2013, Lula alegou o de sempre: Sabia de absolutamente nada.

No entanto, Lula tirou o dele da reta e jogou toda a culpa de eventuais problemas e irregularidades na tesouraria do PT. Está escrito no depoimento: "O declarante acredita que o responsável no PT por efetuar pagamentos de valores devidos aos fornecedores de serviços era o tesoureiro da campanha. Com relação à sistemática, o declarante não tem como precisar". Lula também depôs que: "enquanto exercia o seu mandato não tinha conhecimento da parte financeira de arrecadação de valores para a eleição, nem mesmo de como eram realizados os pagamentos". Em suma: o Apedeuta nunca sabia de nada...  

Ontem, o juiz Sérgio Fernando Moro, da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, quebrou o sigilo sobre a investigação do consultor de empresas e advogado José Dirceu de Oliveira e Silva, ilustre condenado no Mensalão, mas que se encontra tecnicamente soltinho da silva, em "prisão domiciliar". Citado como responsável por transferir dinheiro de propina para contas no exterior, Milton Pascowitch pagou R$ 1,46 milhão, por meio de sua empresa, a Jamp Engenheiros Associados, para a JD consultoria, de propriedade de Dirceu - que nega, insistentemente, ter feito parte de qualquer irregularidade.

Diante da pergunta se Dirceu “fazia uma espécie de lobby no exterior”, Almada afirmou: "Exato". Apesar da exatidão de Almada, tal qual no Mensalão, se acha um "perseguido" e uma "vítima de uma farsa". Dirceu teve seu nome complicado porque Gerson Almada, vice-presidente da Engevix e um dos empresários que permanecem presos em decorrência da Operação Lava-Jato, em depoimento à Justiça Federal, revelou que pagava de 0,5% a 1% para Pascowitch para obter facilidades no gerenciamento de contratos com a Petrobras.
Em despacho em que indiciou Pascowitch em dezembro do ano passado, o juiz Sérgio Moro afirmou que o dono da Jamp atuou como operador financeiro da Engevix efetuando transferências da offshore MJP International Group, nos Estados Unidos, para a conta da offshore Aquarius, mantida pelo ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco. Os pagamentos da Jamp para a empresa de Dirceu foram feitos duas vezes, nos anos de 2011 e 2012, e aparecem no relatório da Receita Federal enviado à Justiça como parte do inquérito que apura o envolvimento do ex-ministro na Lava-Jato.

Dirceu envergonhado


Paulinho salvando os amigos

O Globo ironiza o último depoimento de delação premiada de Paulo Roberto Costa que veio à tona ontem:

"Um delator tranquilo, sorridente e irônico afirmou nunca ter tratado com a presidente Dilma Rousseff, com o ex-presidente Lula ou com ex-ministro Antônio Palocci sobre o suposto repasse de R$ 2 milhões à campanha presidencial da petista em 2010".

E bate mais: "Mas o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa pontuou achar "um pouco estranho" que Dilma não soubesse do esquema de desvios da Petrobras, em razão de a então ministra ter presidido o Conselho de Administração da estatal entre 2003 e 2010".

A fala do Paulinho foi em 11 de fevereiro...

As negativas
Um integrante da PGR perguntou se a presidente, no período em que presidiu o Conselho de Administração, "tinha algum conhecimento do que se passava lá".

– Não sei. Não sei, não sei, não posso te dizer – respondeu o ex-diretor.

– O senhor nunca teve alguma conversa com ela sobre isso?

– Não. Nem com ela nem com o presidente Lula, nunca tive. Se ela sabia ou não sabia, não sei te dizer.

–Nem com o Palocci?

– Nem com Palocci, com nenhum dos três. Nunca tive conversas sobre esse tema. Agora, de 2003 a 2010 presidente do conselho e não saber de nada é um pouco estranho. Mas eu não tive essa conversa nem com ele nem com ela nem com Palocci.

Pergunte à senhora idosa


Senhor absoluto

O vice-presidente Michel Temer advertiu ontem que o PMDB dará prioridade ao tema na Câmara e no Senado:

"O Congresso é o senhor absoluto dessa matéria, ou seja, a reforma política vai surgir da atividade do Congresso Nacional. Temos a obrigação de não falhar neste momento, no exato momento em que o PMDB ocupa as presidências da Câmara e do Senado, agora vai. Quem governa não é o Executivo. Quem governa é o Executivo, o Legislativo e o Judiciário, particularmente o Legislativo".

A resposta foi dada ao presidente da Fundação Ulysses Guimarães, Moreira Franco, que apresentou propostas para a reforma, como o fim da reeleição, do financiamento privado com doação de empresas a apenas um partido, o fim das coligações proporcionais e o “distritão” para as eleições de deputados e vereadores.

Inimigo de sempre 

O presidente do Senado continua em rota de colisão com o governo Dilma.

Renan Calheiros cobrou ontem mais empenho do PT e da Presidenta nas discussões da reforma política:

"Nós tivemos muitas dificuldades, mas já votamos muita coisa de reforma política. Faltou, sobretudo, o protagonismo do governo e o protagonismo do PT. Eu espero que, a partir de agora, com o protagonismo da presidente da República e com o protagonismo do seu partido, do PT, nós tenhamos condições para levar adiante essa reforma política e entregar ao Brasil uma nova política".

Verba e Verbo


Crime hediondo

O número de assassinatos de policias militares cresceu assustadoramente nos últimos anos.

No Distrito Federal foram assassinados seis militares apenas em 2015.

Segundo levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, no Brasil 490 policiais militares tiveram mortes violentas em 2013.

Nos últimos cinco anos esse número chega a 1770.

Solução legal

Por isso, o deputado federal Alberto Fraga (DEM) apresentou o Projeto de Lei 234/2015 que sugere que o homicídio doloso praticado contra policiais e agentes públicos encarregado da segurança ou da administração da Justiça passa a ser considerado crime hediondo:

“É preciso uma legislação severa para proteger quem protege a vida trabalhador”.

Atualmente, são considerados hediondos os crimes de homicídio qualificado ou homicídio praticado por grupo de extermínio, de latrocínio, de extorsão qualificada, de extorsão mediante sequestro, de sequestro, de estupro, entre outros, todos esses devidamente tipificados no Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40), tentados ou consumados.

Só tem ladrão


Embolada do compositor Bráulio de Castro , na voz dos emboladores Caju e Castanha.

Cachorrada da crise


Tem culpa CIA?


Os conversadores


Quero ser ouvido pela Omissão da Verdade


Delegado aposentado Carlos Alberto Augusto, o Carteira Preta, sempre alvo da esquerda, na manifestação de domingo, na Avenida Paulista.

Doações ao Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.
                           
Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 18 de Março de 2015.

7 comentários:

Martim Berto Fuchs disse...

Em que jornal saiu a manchete que consta em uma das charges ?

"Crise expõe a inutilidade de partidos políticos."

Loumari disse...

Existem em todo o homem, a todo o momento, duas postulações simultâneas, uma a Deus, outra a Satanás. A invocação a Deus, ou espiritualidade, é um desejo de elevar-se; aquela a Satanás, ou animalidade, é uma alegria de precipitar-se no abismo.
(O meu Coração a Nu)
"
Charles Baudelaire
França 9 Abr 1821 // 31 Ago 1867
Poeta/Escritor/Crítico

Anônimo disse...

Se escavar bem...
Os R$ 29 milhões da J.D. Consultoria não é o produto da quebra de sigilo, mas sim o que o advogado dele declarou à Justiça. Tanto que ele entrou com um inútil H.C. para não quebrarem o sigilo.
“O ex-ministro José Dirceu (Casa Civil) afirmou nesta terça-feira, 17, que a relação comercial de sua empresa, JD Assessoria e Consultoria, com as construtoras investigadas na Operação Lava Jato “não tem qualquer vínculo com os contratos das empreiteiras com a Petrobrás”. A defesa da consultoria entrou nesta terça-feira, 17, com pedido de liminar em mandado de segurança alegando que a decisão da juíza Gabriela Hardt de autorizar a quebra dos sigilos fiscal e bancário da JD e seus sócios “é ilegal por violar direitos à inviolabilidade da intimidade e dos sigilos de dados bancários e fiscais, conforme garante o artigo 5º da Constituição”.

A defesa sustenta que a decisão judicial é ilegal porque os fundamentos para ruptura da garantia constitucional “não estão demonstrados claramente pela juíza ou ainda porque os argumentos apontados em sua decisão não são admitidos pelos tribunais”.

fred oliveira disse...

E a receita federal? acho que ela tem muito o que explicar. E' muito dinheiro voando pelas fronteiras do pais. Gente com contas acima de sua condiçao economica. Esse pessoal todo, incluindo ai' o crescimento da riqueza de Lula e Lulinha, e a receita nao desconfia de nada? se fosse um pobre coitado ou mesmo um cidadao da classe media, o leao faminto ja' o trucidava. Receita federal: voces ganham para que.?

Anônimo disse...

Sei que nada tem a ver diretamente com o tema, mas…

Para o terror da bandidagem: Netanyahu re-eleito.

Anônimo disse...

Vemos diariamente ataques da bandidagem a PM's, mas pelo em São Paulo eles estão reagindo e matando muito vagabundo e nem a turma do DH e nem o Suplicy estão tendo coragem de defender os vagabundos, pois sabem que a população ordeira está de saco cheio e não só aprova esta atitude dos policiais, como podem se voltar contra quem é contra.

Anônimo disse...

A verdade é que o PT quis mesmo expor esta corrupção toda, e assim vão criar mecanismos e leis para roubar novamente o dinheiro no exterior, pegar de volta para eles e ainda vão aparecer como heróis do governo anti corrupção
Talvez queiram tirar o dinheiro dos paraisos fiscais mesmo