quarta-feira, 25 de março de 2015

O pecado da soberba no diálogo


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por João Guilherme C. Ribeiro

As velhas leis de Newton. Não falham... Não há moeda com duas caras ou duas coroas.  Quem prega o monolitismo cinzento esquece que da natureza humana atrapalha todas as tentativas de motitoração doutrinária. 

Cada ser humano é único. Diversidade ainda a melhor mola para o progresso. Como a diferença de voltagem gera a eletricidade, a diferença de pontos de vista gera evolução.  Desde, é claro, que haja tolerância para permitir o diálogo.

Não quero que pensem como eu. Só quero, do mesmo modo que aceito a expressão das opiniões diversas da minha, jamais aceitarei que minhas sejam censuradas ou patrulhadas.

Sempre é bom lembrar que ninguém pensa igual. E que há mais em uma frase do que parece na primeira leitura. Não há pecado maior no diálogo do que a soberba... 


João Guilherme C. Ribeiro é Empreendedor Cultural.

Nenhum comentário: