quarta-feira, 25 de março de 2015

Rasputin Tupiniquim


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

Grigori Rasputin, nascido na Sibéria em 1896, tinha fama de possuir poderes sobrenaturais, o que lhe valeu o acesso à Corte russa do Czar Nicolau II, último da dinastia dos Romanovs. Lá, exerceu grande fascínio sobre a Imperatriz, Alexandra, desesperada com a hemofilia de que era portador seu filho Alecsei. 

Assim, passou a exercer influência cada vez maior no âmbito palaciano, quase ditando decisões políticas e administrativas no já decadente império russo e contribuindo para sua derrocada final que culminou com a revolução russa em 1917. 

O ressentimento e a inveja que passou a inspirar, no entanto, levaram os aristocratas da Corte a tramarem por várias vezes seu assassinato. 
O melancólico governo petista instalado no Brasil há mais de 12 anos também possui em suas hostes um colaborador análogo a Rasputin. 
Trata-se da sinistra figura de Marco Aurélio Garcia. 

Com influência solerte no âmbito palaciano, sua maior atuação se verifica na articulação da política externa adotada pelo governo, errática e errada, para usar termos encontrados em recente documento da secretaria da presidência a respeito da falha de comunicação do governo. 

O que está conseguindo o nosso curandeiro? tirar o Brasil do grande fluxo comercial mundial, priorizando alianças retrógradas e fracassadas, como por exemplo, o Mercosul, e torná-lo refém de organizações regionais raquíticas como a misteriosa UNASUL. 

Conhecido também por seu posicionamento radical em favor do comunismo internacional, já extinto no resto do mundo, e por seu evidente favorecimento por métodos de terrorismo, está arruinando a nossa diplomacia e solapando o relacionamento com outros países, um dos quais já o estigmatizou como "anão diplomático".

Apesar de estar mergulhado em crises de natureza política e econômica, é aconselhável que o governo comece a observar com atenção a influência deletéria desse senhor, se quiser restaurar um mínimo do antigo prestígio pelo qual o Brasil já foi, em outras épocas, admirado mundo afora. 

A propósito, onde estão nossos aristocratas invejosos? 


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guerra, reformado.

7 comentários:

Anônimo disse...

Rasputin nasceu no ano de 1869.

p r gotaç disse...

Obrigado. Engano meu. Gotaç

Loumari disse...

A propósito, onde estão nossos aristocratas invejosos?

Resp: Se tornaram gays. Todos eles baixaram as calças e são todos eles sodomizados pelo PT e eles gostam muito daquilo, e o chamam: amor a vida.

Unknown disse...

"comunismo internacional, já extinto no resto do mundo" O general considera que o comunismo morreu? Ou é desinformado ou desinformante...

Ricardo disse...

Mas se é o proprio Governo que contrata e segue piamente a influencia desse sujeito,como querer que o Governo preste atençao?!

Anônimo disse...

Para lidar com o comercio mundial vc tem que estar à altura deles, falar idiomas, ser coerente, seguir regras, normas, tudo que o PT não é e não quer ser, então está explicado...são índios querendo viver na cidade, sabemos a bagunça que dá!!!

Anônimo disse...

Nunca funcionou, e onde passou foi pior que o infeliz nazismo
Cheios de Gulags, paredões, degolas,
emiséria NOJO dessa atrocidade chamada comunismo... Coisa de doente Megalomano... Poder emanando do Estado e seus asceclas e o resto do povo na miséria... Té Cuba esta se libertando dessa misséria!