quarta-feira, 22 de abril de 2015

Carta Aberta ao senador Alvaro Dias


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Humberto de Luna Freire Filho

Senador Álvaro Dias, há mais de dois anos, por ocasião do lançamento do livro do jornalista Reinaldo Azevedo, "O PAÍS DOS PETRALHAS II", aqui na cidade de  São Paulo, tive a oportunidade e a honra de conhecê-lo pessoalmente.

Conversamos por quase uma hora sobre vários temas relativos à nossa política enquanto aguardávamos na fila até chegar à mesa de autógrafos. Já conhecia uns poucos  políticos éticos e com moral, e o senhor contribuiu em muito para aumentar a minha lista. Inclusive um fato me chamou bastante a atenção quando o pessoal da editora que promoveu o evento o convidou para "cortar" a fila, que na verdade andava a passos de tartaruga. O convite foi rejeitado pelo senhor que ainda fez o seguinte comentário diante do convite,"a conversa aqui está muito agradável", atitude que interpretei como um gesto de cidadania.

A partir desta data comecei a dar atenção aos seus trabalhos no Senado, a seus pronunciamentos em plenário e para a imprensa, além de repassar para meus muitos contatos virtuais seus vídeos e textos. Porém nesta semana próxima passada, me causou estranheza um fato; a sua aprovação incondicional ao nome de um cidadão de extrema esquerda, indicado pela dona Dilma para ocupar a vaga deixada pelo ministro Joaquim Barbosa, o que sem duvidas, pelo menos na minha opinião, vai contribuir e muito para, junto com os que lá já estão, transformar o Supremo Tribunal Federal (STF) definitivamente em um chiqueiro do Partido dos Trabalhadores (PT). Garanto-lhe que o vídeo da adesão não repassarei. É verdade que o Executivo agradeceu, a bancada governista do Senado aplaudiu, mas tenha certeza absoluta de que as ruas não aceitariam.

Atenciosamente


Humberto de Luna Freire Filho é Médico.

2 comentários:

Anônimo disse...

Senador Álvaro Dias, estamos estranhando seu apoio à indicação do se. Furkin para o STF . Sou do Paraná e sempre fui seu eleitor. Não jogue fora o grande capital político conquistado, por mérito, até agora. Maniifestações de lideranças contra o impedimento da "Presidenta" estão desgastando a imagem do PSDB. Nova manifestação gigante está prevista para o próximo més.

Anônimo disse...

Será que a compra de um terreno no RJ por 3 milhões de reais e depois vendido a Petrobras por 40 milhões tem algo a ver com isso?