segunda-feira, 20 de abril de 2015

Crises que se acumulam

Lula e FHC - parceiros de danças...

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Márcio Accioly

As manobras políticas efetuadas pelos principais atores de nossa cena política querem passar a impressão de que apenas duas legendas partidárias têm condições de assumir o comando administrativo do país: PT e PSDB. Os livros já publicados (e disponíveis nas casas do ramo) expõem documentos irrespondíveis acerca do roubo praticado na gestão FHC (1995-2003), evidenciando ser inviável a quadrilha tucana.

O que nos consola é constatar a certeza de que o melhor foi a vitória de Dilma Roussef (PT) na eleição presidencial do último ano. Não por conta de denúncias envolvendo Aécio Neves na história do aeroporto de Cláudio (MG), desapropriado na fazenda de um parente. Ou porque sua excelência continuou utilizando helicópteros e aviões pertencentes ao governo estadual de Minas Gerais, depois que saiu do cargo.

Ou, talvez, porque sua excelência, ex-governador mineiro, repudiado com veemência nas urnas do seu próprio estado, dá sempre uma no cravo e outra na ferradura nas discussões a respeito da possibilidade de impeachment da presidente. Até porque, em qualquer país sério, a presidente teria desenvolvido um mínimo de pudor e amor próprio, mesmo sendo mercenária e cúmplice de ladrões, renunciando por não ter mais o que esconder. Mais desmoralizada do que está é impossível ficar.

Esta crise teria mesmo de explodir no colo da atual presidente. Para ficar bem clara a sua incompetência, despreparo e incapacidade na simples articulação de ideias, levantando inabalável suspeita de debilidade mental. Somente num país como o nosso isso é possível. Onde a chamada “prática capitalista” depende do absoluto controle do Estado para a distribuição de benesses que assegurem a permanência de seus ocupantes.

Foi na gestão FHC, nosso amadíssimo Boca de Tuba, que se criou o tal cartão corporativo com o qual os ladrões que ocupam cargos no Executivo se fartam e se lambuzam ao entenderem que os recursos financeiros que surrupiam sem cessar são insuficientes na sustentação de distintas vaidades e soberba. O tal cartão corporativo é uma vergonha e um azougue no lombo dos que trabalham e pagam extorsivos impostos que alimentam a sanha de quadrilhas que se organizam todos os dias.

Que saída poderá ser trilhada por país que no centro de tantas denúncias fundamentadas vê-se apresentado a alternativas como Aécio Neves, FHC, Marina Silva e outras figuras desprovidas de mínima capacidade de raciocínio e desmoralizadas por constatações irrefutáveis? Sempre trocando seis por meia dúzia e repetindo velhos esquemas e estratagemas que se perpetuam desde a sua fundação?

Nossos homens públicos não enxergam um palmo adiante do nariz. Têm vocação para tudo: o desmonte, a propagação da ruína, mas nada sabem construir ou antever. Não conseguiram perceber, até agora, que deveriam agir com celeridade por causa do apagão elétrico inevitável que se aproxima.

Diante da crise de abastecimento d’água como a que ora acontece em São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) procura minimizar efeitos com os olhos postos na sucessão presidencial de 2018. A preocupação maior é sempre com cargos e poder. Não existe projeto administrativo, pauta de providências que priorize dificuldades do dia a dia. Até agora, ninguém lembrou sequer a instalação de uma máquina de dessalinização, apesar dos milhares de quilômetros da costa atlântica.

Eles estão sempre ocupados, pensando em helicópteros, jatinhos, mordomias e prazeres do cargo, certamente rindo de “idiotas” que apresentem sugestões ou ideias, porque no entendimento dessas “lideranças” não existem soluções fáceis, medidas que não contemplem seus caixas particulares nem forrem seus bolsos sem fundo. Mas os conchavos e acordos espúrios serão insuficientes diante das crises agora instaladas.


Márcio Accioly é Jornalista.

8 comentários:

Loumari disse...

Falando da dessalinazação, olha que em Cabo Verde instalaram gigantes estações, verdadeiras centrais para a transformação de água salgada a doce. E as reservas da tal água potâvel estão instaladas no subsolo.

E também na Ilha de San Andrés - Colômbia, há lá também uma gigante estação de transformação de água salgada para a doce.

E se sois governados pelos mortos, não vejo como eles terão a visão do progresso no mundo do vivos?

Anônimo disse...

Bom dia, Sr. Márcio Accioly. Permita-me repetir o mesmo comentário acima endereçado ao Sr. Jorge Serrão, pois os dois textos são ótimos e se complementam e penso que "antes pecar por excesso do que por falta".
Não sei o porquê não se fala aqui das ligações do pseudo-direitista PSDB com a Internacional Socialista.
Parece que há um certo impedimento ou mesmo medo. Ou filiação ao PSDB (como no site de um senhor que se autodenomina Coronel e usa coturnos à noite).
Esta é mais uma das vezes em que eu cito a página de Nota Oficial do presidente do PSDB, um dos partidos que "empunharam as bandeiras nobres da Internacional Socialista" (sic!).
Diz ainda este documento CONSTANTE NO SITE OFICIAL DO PSDB E ASSINADO PELO SEU ENTÃO PRESIDENTE, JOSÉ ANIBAL, o seguinte:

"A clara perda de representatividade para o evento no plano nacional é resultado direto da simbiose entre um partido que não se cansa de mostrar tentações totalitárias e uma Internacional Socialista cujo comando se mostra, no mínimo, manipulável.
Estamos falando do PT, legenda de traço conservador indisfarçável, patente nas alianças que mantém com as piores oligarquias, no uso do marketing mais populista, no desprezo por conquistas sociais como o reforço das verbas para a saúde pública, no desrespeito a princípios básicos de proteção ao meio ambiente, na burla à ética pessoal mais óbvia que se exige do administrador público, no aparelhamento desenfreado da máquina estatal. Nada disso, nem a oportunista declaração do presidente Lula de que nunca foi de esquerda, impediu o PT de ser elevado à condição de anfitrião do congresso de São Paulo." (SIC!)
Então, como fica a fama de "direitista" e "conservador" do PSDB?
PT, PSDB e outros "P"s respondem ao mesmo patrão, em legítimo crime de lesa-Pátria, enganando todos com essas pretensas "divergência" e "oposição de direita".
Mais uma vez, coloco aqui o link oficial da confissão do PSDB:

http://www.psdb.org.br/congresso-da-internacional-socialista/

Anônimo disse...

AF disse:

Vamos rodar e rodar e para na única solução possível: INTERVENÇÃO MILITAR CONSTITUCIONAL!

Que pode ser feita sim pelos militares quando a democracia já não existe, quando o golpe ditatorial já foi dado, por meio de um conluio criminoso entre os 3 poderes aparelhados e corrompidos, ambos usando de corporativismo para se protegerem e se sustentarem no poder; e pior, cooperando para instalar uma ditadura comunista/socialista perversa e miserável, contrária à vontade da nação.

Esta intervenção, feita por iniciativa dos militares, NÃO É GOLPE!!! Definitivamente, NÃO É GOLPE!!! Pois o golpe já foi dado, é apenas o contra-golpe! A última barreira de proteção de uma nação, quando esta foi tomada de assalto por bandidos, e os meios democráticos de se lutar contra isso já foram tomados.

Desculpe-me quem diz o contrário, mas não há leitura diferente desta.

Anônimo disse...

Como disse Prof Olavo de Carvalho

FHC tem que explicar o que foi combinado entre PT e PSDB no ano 1993 no acordo Interamericano onde Dr. Eneas mostrou com documentos as assinaturas de Lula e FHC e Ciro Gomes.
O Boca de Tuba tem que explicar.
Pra mim esta defesa de FHC a Dilma e ao PT, já da um Norte a oposição entre eles é falsa.

Dr. Eneas avisou e pagou com a vida.
veja o link:
https://www.youtube.com/watch?v=VixkQQRIMuA

Anônimo disse...

É um sonhador quem pensa que ha solução para o país dentro do quadro político partidário, econômico e social que aí está.O PT, inicialmente embaralhou tudo; agora está destruindo tudo.A confusão é tanta que todos os poderes (executivo, legislativo e judiciário) parecem baratas tontas perdidas na podridão do lixáo que virou o país. Não se iludam, foi tudo muito bem pensado. Quem viver verá. A única e última esperança: Intervenção Militar Constitucional ( Artigo 142 da CF).

Politica sem Medo disse...

Nossa, que artigo mais parcial esse? Sera que esse Marcio Accioly nao sabe que o Cartao Corporativo foi criado para controlar despesas dos poderes? E que foi Lula da Silva que o transformou em atos secreto a sua utilizacao mais um meio de enriquecimento ilicito, distribuindo entre seus militantes mais graduados e guardando uma porcentagem alta para si proprio? Nem vou comentar mais porque ja estou farta de tanto arguir com gente que nao ve o que esse PT fez ao pais e fica jogando os desmandos para o seculo passado. Chega! E por isso que chegamos ao ponto em que estamos.

Anônimo disse...

CADÊ O "ÔMI"?

O articulista fala de denúncias, conluios, roubo,impeachment, corrupção, jatinhos, mordomias, prazeres e "figuras desprovidas de mínima capacidade de raciocínio e desmoralizadas por constatações irrefutáveis", sem citar uma vez - uma só que seja! - o "santo" nome de Lula da Silva?

Mas não dá mesmo pra desconfiar?

Anônimo disse...

Concordo com o Política Sem Medo. O articulista faz o velho jogo de jogar no colo dos outros os desmandos de "São Lulinha". Até a cabeça da Dilma ele corta para proteger o Exu de Garanhuns, que é o artífice maior de todas as pocarias que ele citou no seu artigo.