quinta-feira, 30 de abril de 2015

Mitologia


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

Segundo o que reza a tradição mitológica da alegre terra de Pindorama, o mundo é constituído por níveis. 

Ao mais alto deles, o céu, onde estão alguns deuses, se segue o dos semideuses, constituído por políticos seculares  e togados da alta Corte. 
Abaixo destes, uma infinidade de outros, até o da base, no qual se localiza a sociedade majoritária, trabalhadora e pagadora de impostos. 

Entre as entidades atualmente ocupando o mais alto patamar está a denominada "Diptula" uma fusão dos deuses Dilma, PT e Lula que, com seus assessores mais chegados, está no momento sendo intensamente contestada pela grande maioria da base que clama por sua destituição, seja por bem ou por mal, tendo em vista as atitudes erradas no sentido de se manterem eternamente no céu a todo custo, para isso corrompendo quem se dispusesse a tal  e exigindo fidelidade de adeptos localizados em níveis inferiores, estrategicamente nomeados, tudo dando como resultado o aumento de desemprego na base, a inflação e a ruína de todo o sistema, além da falência da principal empresa pública de Pindorama. 

Comprometida e preocupada com a situação dos deuses, a entidade que atende pelo nome de "Teofogil", fusão dos semideuses Teori, Toffoli e Gilmar, decidiram, alegando exagero de autoridade, abrir um alçapão onde eram mantidos presos, por ordem de um tal de "Moro", não cooptado, atuando em um nível ligeiramente inferior, nove corvos de coleira dourada, donos de opulento patrimônio, inclusive com dinheiro desviado para outras plagas. 

Com a atitude de "Teofogil", o trabalho de "Moro", no sentido de descobrir de onde vieram as coleiras  e punir o enriquecimento ilícito, ficou prejudicado, sendo ele obrigado a redirecionar seus esforços e a repensar os métodos no sentido de tentar evitar que Pindorama continue a ser conhecida como a terra da impunidade, o que vem há muito prejudicando a todos na base. 

Será que a obstinação de "Moro" acabará desencadeando a fúria  de "Diptula" cujos componentes, acuados , poderão ser tentados a lançar raios para baixo? 

Aguardemos.


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guerra, reformado.

Nenhum comentário: