quinta-feira, 13 de junho de 2019

Assassinato de Reputações



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Henrique Abrão e Laércio Laurelli

Admirável mundo velho no qual tudo se repete não por coincidência, porém por um jogo macabro de cartas marcadas com o destino certo do assassinato de reputações. É a pura verdade que um dia, mais cedo ou mais tarde, todos sabemos, aconteceria.

Os esquerdopatas nunca se conformaram com a perda da eleição e a forma pela qual as Cortes se conduziram ao longo dos julgamentos dos envolvidos em corrupção e coação no curso do processo, afora ameaças. E a sinalização é perfeita, na medida em que o próprio STF, de maneira peculiar, instaurou um inquérito para investigar as ameaças e até provisoriamente interrompeu meio de informação, depois reconsiderando a própria decisão.

Os que atacam a operação Lava jato e os capas pretas que fazem parte da Justiça em sentido amplo desafiam a incredulidade e querem o quanto pior melhor, já que experimentar o azedume dos queixumes e não conseguem sair das próprias trapaças que plantaram. O bem vencerá o mal é inexorável. Mas tal qual o joio e o trigo, cuja espera pela colheita é a paciência, os tentáculos dessa matéria revela a nossa democracia juvenil e o estado beligerante não de um País dividido, mas literalmente rachado.

E aqui a culpa maior se desloca para a extrema imprensa que, sem nada temer e se apropriar de fatos e atos ilícitos, tenta blindar alguns em detrimento da sociedade e expor o combate à corrupção como se mazela fosse. Não temos e nem queremos procuração apud acta para defesa de ilegalidades e irregularidades, mas tudo conspira para um castelo de areia 2, cujo resultado final todos já conhecem: os mocinhos viram bandidos e vice versa, no ataque à instituição da Justiça e credibilidade do funcionamento da governabilidade.

O abismo que ataca e comete assédio se denomina assassinato de reputação não de uma determinada pessoa, mas do conjunto como um todo e sem medo de errar das instituições consolidadas pós regime autoritário há mais de 34 anos passados. Os que não se conformam e jogam para a platéia plantam notícias inverídicas e tal qual o fruto da árvore envenenada espraiam seus efeitos para o lodo reto, consolidado consubstanciado na ruptura do passado e entrega de um futuro mais limpo e com moral e ética para todos os cidadãos de bem.

Da mesma forma como o STF se permitiu autodefender o governo é o maior interessado e o pertencimento cabe às instituições, sem mecanismo seguro, infra estrutura e apoio geral da sociedade em particular dos cultores da Justiça navegaremos em mares dantes jamais vistos e rumaremos para o colossal e abissal precipício da tendência ao enfrentamento que poderá dar o color da anarquia ou da intolerância como regime daqueles que não aceitam as regras da democracia e o predomínio do convívio mesmo entre aqueles que pensam diferentemente.

Carlos Henrique Abrão (ativa) e Laércio Laurelli (aposentado) são Desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo.

11 comentários:

Anônimo disse...

ESTREBUCHEM EXTREMAS ESQUERDAS: OS ON-LINE-RUAS ESTÃO ATENTOS A SUAS BESTIALIDADES E MONTAGEM DE FALSOS DOSSIÊS, EM QUE SÃO ESPECIALISTAS NESSA PATIFARIA!!
Os extremistas das esquerdas estão furiosos porque o povão não lhes dá a mínima chance mais, pois foi-se o tempo em que controlavam toda a imprensa e faziam do povo gado estabulado, comendo na marra suas rações!
Saibam esquedotarios que 99% do que vomitam nas redes são fake news e para saber a realidade de seus vomitorios, de suas verborreias proferidas têm de se INVERTER o que vomitam nas redes diversas!
Vivam Moro e Bolsonaro

Loumari disse...

A esquerda brasileira não conseguiu dividir o povo brasileiro como a dita direita brasileira está dividir hoje. Se ainda até as precedentes eleições presidenciais o povo brasileiro estava dividido em duas facções, hoje se constata que a direita brasileira conseguiu no seu próprio clã dividir os direitistas em quatro facções. Messias bolsobesta com seus escravos; Moro com seus escravos; Mourão com seus escravos; Guedes com seus escravos
O Sérgio moro vendeu sua alma ao diabo contando com ser bem sucedido. Só que, ele devia saber que o diabo não tem amigo. Que em qualquer momento ele havia de ser vítima de traição.
Messias bolsobesta entoou sino que ia conduzir o sérgio moro para o supremo federal. Depois, enviou ao moro uma mensagem clara ao declarar que no supremo federal um evangelista é o que é perfeito para aquela corte suprema.
Em todos negócios sujos as promessas nunca são firmes e perenes, e a traição pode ocorrer em qualquer etapa no rolamento da máquina.
Jamais messias bolsobesta vai colocar o moro no supremo federal por diversas razões: dar ao moro tal poder, conhecendo as habilidades traiçoeiras de moro, o risco é que moro use de seu poder máximo para prender e mandar encarcerar o messias bolsobesta. E, tão-pouco convém aos filhos do bolsobesta que moro tenha poderes supremos, porque isto significa que incontestavelmente os filhos do messias bolsobesta envolvidos com as milícias do Rio de Janeiro vão todos ser presos.
Por isso que TOMARAM SUAS PRECAUÇÕES E ANTECIPARAM com sem mais esperar cortar a erva aos pés daquele que é a grande ameaça para os mafiosos bolsobestas.
Todo mundo sabe que messias bolsobesta quer seu filho ministro no lugar de moro.
Moro amarfanhou a constituição, violou leis de seu próprio país para fazer ganhar messias bolsobesta, tendo como ambição o posto no supremo federal, e de lá se candidatar a presidência do Brasil nas próximas eleições. Agora tudo isso está comprometido e os que beneficiam de sua caída em desgraça são os filhos do messias bolsobesta. Se somente prestassem atenção ao que os próprios filhos do messias bolsobesta dizem, estaríeis inteirados que um dos filhos de messias bolsobesta declarou abertamente sua ambição de se candidatar a presidência do Brasil nas próximas eleições presidenciais. Isto quer dizer ou quê? Que messias bolsobesta não vai se representar nas próximas eleições e deixar seu filho se apresentar? É óbvio que a manobra está clara para quem tem vista para ver e ouvidos para ouvir.
O preço do retorno. O preço do retorno sérgio moro. Este homem só está a colher o que semeou.
Nada de bom se constrói a partir de bases malignas. Na vida não é preciso se vingar de ninguém, o que é ruim cai de seu próprio peso.

Como diz a Palavra de Deus: Os homens maus irão de mal em pior; enganando e sendo enganados.


2 Pedro 2:19 Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção. Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo.

Anônimo disse...


Vindo dos Pampas
quinta-feira, 13 de junho de 2019

Apocalipse Global: Jornal Hoje afunda no Ibope. Emissora convoca reunião de emergência, diz colunista

O fantasma da TV Record está assustando a Rede Globo

O noticiário Jornal Hoje [TV Globo], no ar desde 1971, voltou a perder no Ibope (por dois dias consecutivos) para o programa Balanço Geral [TV Record].

Segundo relato do jornalista Daniel Castro, do portal Notícias da TV, a Globo precisou convocar uma reunião de emergência com a presença de todos os editores e chefes de Jornalismo da emissora em São Paulo.

A reunião teve o intuito de evitar o início de uma crise no informativo apresentado por Sandra Annenberg e Dony De Nuccio.

Cogita-se, inclusive, a possibilidade de que o Jornal Hoje passar a investir mais em jornalismo policial, ou seja, vender ‘desgraça alheia’, assim como faz o Balanço Geral.

Participou da reunião, como convidado, o jornalista Robinson Cerântula, especializado em reportagens investigativas.

Diário do Brasil

Globo desmente jornalista e nega reunião de emergência no Jornal Hoje

A Rede Globo se pronunciou, agora há pouco, sobre os rumores de uma reunião de emergência no Jornal Hoje por causa de uma queda na audiência – informação que publicada pelo colunista Daniel Castro mais cedo.

O setor de comunicação do canal afirmou que ocorreu uma reunião, na tarde de hoje (12), para que todos os telejornais discutissem a cobertura da greve geral marcada para sexta-feira (14).

“A reunião de hoje, que incluiu todos os telejornais, tratou do planejamento da cobertura da anunciada greve de sexta-feira”, afirmou a emissora em nota.

Além disso, a emissora também informou que não haverá mudanças na grade de programação do Jornal Hoje, com exceção da previsão do tempo:

“Um programa piloto foi gravado para proposta de pequenas mudanças no mapa tempo” concluíram no comunicado oficial.

Diário do Brasil
NUTAVAEL DIZ...
AFOCINHADOS COM O CRIME ORGANIZADO DAS FAVELAS OS PLIM PLIM NAO TEM MAIS COMO EXPLICAR SUAS SENVERGONHICES, FALTA DE CARATER E SISTEMA MAIS DO QUE MACABRO DE DITADURA.ELES MESMOS SAO UM EXEMPLO DE DITADURA NO PAIS ESTAO BEM FAMILIAZIADOS COM A MESMA PORQUE E A FORMA QUE OPERAM. ISTO ATE O MUNDO MINERAL SABE.

Anônimo disse...

NUTAVAEL DIZ...
NAO REPRESENTO NENHUM PARTIDO, NENHUMA EMISSORA DE TV E NENHUM DOS QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA.
SOU UMA DEFENSORA DAS CRIANÇAS, ADOLECENTES E IDOSOS DE NOSSO PAIS. NOSSO PAIS PODERIA SER UMA RESERVA EM TODOS OS SENTIDOS PARA O RESTO DO MUNDO, MAS GRAÇAS A UM GRUPELHO PICARECA DE 64 AINDA CONTINUAM RECEBENDO NOSSO DINHEIRO SUADO INCLUSIVE DAS APOSENTADORIAS, PORQUE SE OS SENHORES NAO SABEM APOSENTADO TAMBEM ESTA PAGANDO IMPOSTO DE RENDA, PARA MANTER ESTA ESBORNIA CHAMADA TRES PODERES DE MERDA QUE OPERAM NA BASE DE GANGSTERISMO PARA SE ELEGER, REELEGER E FICAREM PENDURADOS NOS SEUS PARTIDOS E NOS SEUS PRIVILEGIOS ATE O JUIZO FINAL.
TRATAR DE APOSENTADORIAS NESTE MOMENTO E UM ERRO MUITO GRANDE.
TEMOS QUE APROVEITAR O QUE NOSSO JUIZ MORO E AGORA MINISTRO DA JUSTIÇA FEZ QUE FOI ABANDONAR TUDO QUANTO ERA PRIVILEGIO DA CARREIRA QUE INGRESSOU POR CONCURSO PARA DEFENDER NOSSO PAIS E NOSSA DIGNIDADE.
ELE JUNTAMENTE COM A FORÇA TAREFA DE CURITIBA, A GAROTADA DA DEFENSORIA PUBLICA DE CURITIBA QUEIMARAM PESTANAS E NEURONIOS PARA ACHAR A CRIMINALIDADE DE NOSSO PAIS. ACHARAM E ATACARAM.
ELES FORAM OS UNICOS QUE TROUXERAM DINHEIROS DE VOLTA E CONDENARAM A VAGABUNDAGEM QUE EXISTIU E AINDA EXISTE EM NOSSO PAIS.
MAS GRAÇAS A UMA SUPREMA CORTE DE MERDA QUE ENTROU PELA JANELA NO SERVIÇO PUBLICO, QUE SE LOCUPLETA COM NOSSO DINHEIRO VIVENDO COMO NABABOS TEMOS QUE CONTINUAR NOSSOS SACRIFICIOS ATE O JUIZO FINAL.
ESTA MAIS DO QUE NA HORA DE FAZER UM BALANÇO GERAL DO PREJUIZO. ISTO E QUE E IMPORTANTE.
TODOS OS MINISTROS DA FAZENDA DE SARNENTO PARA CA ESTAO ENVOLVIDOS COM O CRIME QUE FOI COMETIDO NESTE PAIS.
AGORA TEMOS UM POSTO IPIRANGA DE BOSTA QUE EM VEZ DE CORRER ATRAZ DO PREJUIZO E VERIFICAR QUEM DOS TRES PODERES DE MERDA E QUEM DOS QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA ENRIQUECEU DE REPENTE FICA BATENDO NUMA TECLA QUE SO TRAS BRIGAS E MAIS BRIGAS ENTRE AS FACÇOES CRIMINOSAS.
TEMOS QUE TER UMA JUSTIÇA A LA MORO ELE E O UNICO QUE PODE JUNTO COM O JUIZ BRETAS MOSTRAR AS ENTRANHAS DOS CRIME ORGANIZADO DO PAIS.
QUANTO AS FAVELAS JA ESTA MAIS DO QUE NA HORA DE TIRAR TODOS OS FAVELADOS DOS MORROS E TRANSFERI LOS PARA MINHA CASA MEU PINICO.
OS MORROS TEM QUE SER LIVRES COMO NOS ESTADOS UNIDOS E NAO TER UM LIXAO COMO ESTAO VIVENDO NOS MORROS E BENEFICIANDO OS DELINQUENTES DOS TRAFICOS DE DROGAS QUE VIVEM LA EM MANÇOES E ESCRAVIZANDO OS TRABALHADORES COM SEUS TOQUES DE HORROR EM CIMA DAS FAMILIAS.
SE NAO FIZER UM BALANÇO GERAL E ACABAR COM ESTA SANHA ASSASSINA DOS VAGABUNDOS DOS PARTIDINHOS MEIA BOCA, DOS VAGABUNDOS DOS SINDICATOS, DOS VAGABUNDOS DOS MST E TODOS OS VIGARISTAS DE DIREITOS DE QUEM NAO TRABALHA. NUNCA MAS NUNCA MESMO SAIREMOS DO BURACO. ESTAO ESPERANDO CONSCIENCIAS EM COMUNISTA DE MERDA ISSO JAMAIS ELES TERAO. VAI CONTINUAR OS BARRADOS DOS QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA DADA UM QUERENDO MANTER PRIVILEGIOS. BASTA DE EMBROMAÇAO NOSSAS FFAA TEM OBRIGAÇAO DE DEFENDER O JUIZ MORO, BRETAS, A GAROTADA DE CURITIBA E O POVO BRASILEIRO. O RESTO E FIRULA DE BANDIDO GANGSTER DE 64 INFILTRADOS NO PODER E AINDA QUERENDO ABLAR. QUA.QUA.QUA. NINGUEM PODE COM O JUIZ MORO. ELE SACRIFICOU TUDO JUNTO COM O JUIZ BRETAS E RESPECTIVAS FAMILIAS E O GRUPO DE CURITIBA PARA NOS LIVRAR DO LIXAO. MORARAM OU QUEREM QUE SE DESENHE?

Anônimo disse...


BLOG DO ALUIZIO AMORIM
quinta-feira, junho 13, 2019

PRESIDENTE JAIR BOLSONARO E MINISTRO SÉRGIO MORO INTENSAMENTE APLAUDIDOS PELA MULTIDÃO QUE LOTOU O ESTÁDIO MANÉ GARRINHCHA PARA O JOGO FLAMENGO X CSA.

https://youtu.be/zdShNdMui08

O canal Folha Política do Youtube fez a postagem do vídeo acima mostrando a súbita aparição do Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, no Estádio Mané Garrincha, para assistir ao jogo Flamengo X CSA na noite de ontem, quarta-feira.

Ambos, como se vê, foram intensamente aplaudidos pela multidão. Além de homenagear o Presidente Jair Bolsonaro com os costumeiros gritos de "mito" a torcida também homenageou o Ministro da Justiça Sérgio Moro, gritando seu nome repetidamente.

E isto depois de ambos serem criticados intensamente pela extrema imprensa que inclusive se valeu de um misterioso material supostamente hackeado de conversas via celular atribuídas ao próprio Ministro Sérgio Moro e de pessoal da Operação Lava Jato, a mostrar que o povo brasileiro continua rendendo um apoio inaudito ao Governo do Presidente Jair Bolsonaro com destaque para o Ministro da Justiça Sérgio Moro e à Operação Lava jato.

O fato inelutável é que o povo brasileiro quer ver um novo Brasil livre da criminosa ação do establishment e seus operadores da dita mainstream media historicamente devotada a defender a canalha comunista que por pouco não transformou o Brasil numa cópia da Venezuela.

Que fiquem atentos os senadores, deputados e a extrema imprensa. A estrondosa vitória eleitoral do Presidente Jair Bolsonaro é um ponto e inflexão na história do Brasil. Pela primeira vez a partir do golpe da Proclamação da República, o diáfano véu da fantasia que turbava a visão da sociedade brasileira em relação ao sistema estatal foi rompido. Todos estão vendo tudo! E não tem volta! Postado por Aluizio Amorim às 6/13/2019

Anônimo disse...

Fusca Brasil

BLOG QUE NÃO SE VENDE: SEM BOLSA-BLOG NEM COMERCIAL DO BANCO DO BRASIL, PETROBRÁS, CAIXA, GOVERNO, MINISTÉRIOS..
11.6.19

Não aceitam o voto do povo brasileiro, não querem deixar o poder. Conspiração internacional contra o Brasil

Hackers, ativistas, milícias a serviço da corrupção não aceitam o voto democrático.
Desde o segundo turno em outubro passado, os verdadeiros donos do Brasil estão em fúria contra o resultado das urnas, contra a Democracia e contra o Brasil.

Em ação coordenada, no melhor estilo do terrorismo inspirado em Cuba e atualizado com pitadas de gramscismo, hackearam o celular do ministro da Justiça Sérgio Moro e outras autoridades, agindo a partir de uma residência de Dirceu, o comissário-mor do lulopetismo.
Sem qualquer providência dos serviços de segurança e da Polícia Federal, criminosos acusados por autoridades do Reino Unido por terrorismo e investigados nos EUA e Europa por espionagem e divulgação de informações estratégicas ao crime internacional invadiram a comunicação pessoal e sigilosa de juízes, promotores e agentes da lei, ministros e sabe-se lá quem mais.
Impunemente, divulgaram versões, interpretações, cortes e montagens de áudios dos membros da Lava Jato através de blog imundo da extrema esquerda (The IntercePT).
A mídia dominante e dominada divulgou os suspeitos "vazamentos" como se fossem fatos, replicando os argumentos invertidos e a narrativa perversa dos criminosos, enquanto as milícias vermelhas de sangue saíram gritando no Congresso, nas mídias e redes sociais.
Em menos de uma hora, as hordas de advogados de Lula, já munidos de muitas páginas de argumentação baseadas nesses "vazamentos", entraram com pedido de cancelamento de todos os processos da Lava Jato.

Hoje, a Segunda Turma do STF se reúne mais uma vez para julgar mais um dos incessantes pedidos de soltura do Chefão, o mais corruPTo do mundo.
Até quando? Quantas dezenas de vezes já fizeram isso para Lula enquanto o Brasil está parado clamando por Justiça?

Hoje é a última data para o Congresso votar a liberação de verba de R$ 250 bilhões, parcela que vence neste mes, do rombo herdado dos governos anteriores. Sem essa verba, não haverá dinheiro para pagar aposentadorias, bolsas e auxílios para o povo necessitado.

O PT e seus asseclas do Mecanismo não se importam se o povo brasileiro sofrer como já fizeram sofrer o povo cubano, boliviano e venezuelano. Querem destruir a Democracia, culpar os poucos Homens da Lei que respeitam e seguem a lei, para implantarem definitivamente o Império do Crime e do Terror.
Ao povo, resta voltar às ruas, pressionar nas mídias sociais e mostrar ao mundo inteiro que continuamos 85% do lado do governo, da Justiça e do combate à corrupção e ao crime.

Com a palavra, a ABIN, os serviços de inteligência e as Forças Armadas do Brasil, pois o Brasil e seu Judiciário sofreram gravíssima violação de soberania por uma empresa de espionagem e desinformação estrangeira, conduzido por extremista procurado por crime de terrorismo e espionagem em outros países. Além disso, ele e seus associados políticos e a mídia amestrada pela mesma organização criminosa (Orcrim) de Lula e seus seguidores e/ou adoradores.
Nossas autoridades policiais e de segurança têm a obrigação de coibir, evitar e punir violações da soberania, dos direitos fundamentais de privacidade e o sigilo profissional e sensível de segurança nacional.

Assistam à brilhante, lúcida e muito pertinente análise de Alexandre Garcia sobre o tema:
https://www.youtube.com/watch?v=8qqL5vmAsn8
Postado por Fusca às 12:06 PM

Anônimo disse...

https://terezacs.blogspot.com/

12 de jun de 2019

MINISTRO SERGIO MORO, UNANIMIDADE NACIONAL

As forças do bem reagem: General Villas Bôas faz veemente defesa do ministro Sérgio Moro

Não será um gangster travestido de jornalista que conseguirá macular a imagem de um homem que na condição de juiz comandou a maior operação contra a corrupção da historia.
.Nesse sentido, inúmeras vozes do bem, de pessoas e autoridades de reconhecido valor e indiscutível caráter, unem-se em apoio ao ministro Sérgio Moro e contra a bandidagem.
O respeitado General Eduardo Villas Bôas manifestou-se nas redes sociais, nesta terça-feira (11):

“Momento preocupante o que estamos vivendo, porque dá margem a que a insensatez e o oportunismo tentem esvaziar a Operação Lava Jato, que é a esperança para a dinâmica das relações institucionais em nosso país venham a transcorrer no ambiente marcado pela ética e pelo respeito ao interesse público. Expresso o respeito e a confiança no ministro Sérgio Moro”, cravou o general.
https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/14984/as-forcas-do-bem-reagem-general-villas-boas-faz-veemente-defesa-do-ministro-sergio-moro?




Anônimo disse...

Ao lowid das 8:18 AM.
Eu não vou "nem tentar" te xingar (pois eu sei que vc é igual ao Colonista da tribuna da falcatrua, recebe para fazer isto, mesmo sabendo que é o dinheiro roubado); porem, Escravo é aquele que fica esperando alguém vir liberta-lo (o autor da frase deve ser: Adão ou Eva). PONTO. Mas eu preferiria ser um escravo, do que um VENDIDO.

Anônimo disse...

Amanha é dia de jogo de truco; a vagabundagem (sindicatos), deu o baralho e trucou; porem, eu vi as cartas (eles só tem um par de Reis [e estão presos]) eles não tem nada. Meu parceiro gritou: "Seis, ladrão dos meus tentos". PS realidade: Agora é só esperar amanha; se deixar o povo trabalhar, o lula continuará preso; se fizerem quebra - quebra contra direito do povo de ir e vir.... (vão perder mais "tentos")

Loumari disse...

Anônimo de 11:41 PM Para uma pessoa comprar uma coisa, esta deve inspirar algum valor. Mesmo o maior dos idiotas investiria um centavo em o que é uma excrescência.
Todo senhorio que possuía escravos, os comprava no mercado dos escravos. E cada escravo era inspeccionado até o interior da boca para se ter certeza que não tinha dentes podres.
Se alguém é escravo é porque alguém lhe comprou.

Anônimo disse...

David Barrett, correspondente do London Telegraph, informa que Oliver Robbins, representante do conselheiro nacional de inteligência, segurança e resiliência no Cabinet Office fez um relatório de 13 páginas informando que Miranda estava transportando “cerca de 58 mil documentos de inteligência do Reino Unido altamente secretos”.
A EFF – Electronic Frontier Foundation, patrocinada por George Soros – recepcionou em 19 de setembro, um evento para os “vencedores do Pioneer Award de 2013”, incluindo Glenn Greenwald e Laura Poitras, que trabalharam com Snowden quando ele fez as suas revelações contra a NSA. A EFF recebeu quase um milhão de dólares de George Soros e das suas fundações ao longo dos últimos cinco anos. Também observamos que o contato de Snowden, Glenn Greenwald, do jornal The Guardian, havia sido um palestrante regular em conferências comunistas internacionais. Matéria do site da revista Exame de 2013 relata o envolvimento de David Miranda, atual suplente de Jean Wyllys, com terrorismo. Miranda foi detido durante uma escala em Londres, em agosto de 2013, quando tentava transportar documentos do ex-agente de inteligência norte-americano Edward Snowden, segundo informou a polícia.

Na ocasião, Miranda, que tem relacionamento com o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, foi detido e interrogado durante nove horas por autoridades britânicas, que publicou um documento da Scotland Yard, em conjunto com a agência britânica de contraespionagem MI5, que dizia: “A inteligência indica que Miranda provavelmente está envolvido em atividades de espionagem, com potencial para agir contra os interesses da segurança nacional do Reino Unido”, segundo o documento que foi distribuído aos postos fronteiriços britânicos.

“Nós avaliamos que Miranda transportava conscientemente material cuja divulgação colocaria em risco a vida das pessoas”, diz o documento.

Após a sua libertação e retorno ao Rio de Janeiro, Miranda entrou com uma ação judicial contra o governo britânico exigindo a devolução dos materiais apreendidos com ele por autoridades britânicas e uma revisão judicial da legalidade de sua detenção. Durante uma audiência nesta semana relacionada à ação de Miranda em um tribunal de Londres, um documento chamado “Folha de Circulação de Portos” foi lido para constar nos registros.

Diz ainda o documento:

“Além disso, a divulgação, ou a ameaça de divulgação, pretende influenciar um governo e é feito com a finalidade de promover uma causa política ou ideológica. Isso, portanto, corresponde à definição de terrorismo.”

Miranda não foi acusado de qualquer crime, embora autoridades britânicas disseram em agosto que tinham aberto uma investigação criminal depois de inicialmente examinarem materiais apreendidos com o brasileiro. Elas não esclareceram os objetivos do inquérito.

Miranda alegou, em entrevista para O Globo, que foi vítima de “terrorismo” com “objetivos claros de intimidar jornalista” e assume estar com documentos de vazamentos de Snowden, alegando que “EUA e Reino Unido têm usado a palavra “terrorismo” para ampliar seus poderes e justificar violações de direitos”, diz a matéria do Globo. O jornalista e marido de Miranda, Glenn Greenwald, é colunista do The Guardian e já colaborou com O Globo e Época.