sexta-feira, 5 de julho de 2019

200 milhões de trouxas até quando?



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

“Nós somos 200 milhões de trouxas, explorados por duas empreiteiras, quatro bancos, seis distribuidoras de gás, uma produtora de petróleo”. Definição cruel e sincera do Super Ministro da Economia, Paulo Guedes, durante um evento da XP Investimentos. Batizado de “Expert”, o encontro reúne, até sábado, em São Paulo, a fina flor do rentismo tupiniquim. O Brasil que Guedes critica precisa evoluir, com urgência, do regime Capimunista Corrupto para o Capitalismo Democrático. Difícil? Porém, possível...

Apesar da mistura contraditória de mentalidade liberal com prática libertina dos nossos “deuses” do mercado, a vontade impositiva dos investidores e as oportunidades reais de negócios tendem a forçar o movimento produtivo, gerador de lucro, renda, emprego e consumo. Os juros rais terão de baixar. Os bancos serão obrigados a ceder. As cooperativas de crédito e fintechs ganharão mais protagonismo e espaço. Quem precisa de crédito produtivo, sem extorsão, será atendido e beneficiado. Temos chance de ver outro País, em curto e médio prazos.

O roteiro está escrito. A bolsa sobe, o dólar cai, os deuses mercadológicos ficam excitados... Tudo graças à vitória por 36 a 13 na Comissão Especial da Reforma da Previdência. Este foi o sinal divino de que a “prioridade” vai passar no Congresso Nacional. Não importa se estenderá ou não regras especiais das forçar armadas para as forças auxiliares, policiais federais, agentes penitenciários e socioeducativos – cujo lobby seduziu, perigosamente, o Presidente Jair Bolsonaro.

Se tudo correr bem para o lado do Capitalismo Democrático, os 200 milhões de trouxas podem ter um futuro bem mais digno, produtivo e próspero. Paulo Guedes ficou tão empolgado ontem que avisou que mandará para a Câmara a proposta da reforma tributária e para o Senado a sugestão de Pacto Federativo. Os políticos, eleitos pelo povo, terão a responsabilidade de cuidar, de verdade, do orçamento e da racionalidade dos meios de arrecadação.

Corretamente, Guedes fala de “trabalho de colaboração com o Congresso”. Guedes joga a bola para deputados e senadores, no momento em que o Legislativo tenta tomar do Executivo o protagonismo da agenda econômica. Guedes aposta na reindustrialização do Brasil, através do que chama de “choque de energia barata”. Para isso, Guedes não diz abertamente, mas os governadores sentirão a pressão máxima dos investidores e empreendedores.

Paulo Guedes advertiu que “temos dois anos para simplificarm eliminar e reduzir impostos”. Também repetiu que, assim que for aprovada a reforma da Previdência, de preferência “antes das férias”, o governo vai “ensaiar” as privatizações. Resumindo: está aberta a temporada de apoio, compreensão e muita, mas muita porrada nos bastidores da política e da economia.

Tomara que Bruzundanga deixe, depressa, de ser a mesma... Temos de superar a desgovernança do Crime Institucionalizado... Temos de superar o atraso do Brasil em relação aos demais países ditos “em desenvolvimento”... Temos de avançar politicamente, com Voto Distrital, recall, candidatos independentes de partidos e evolução até uma Constituição adequada ao futuro Capitalismo Democrático...

No mais, enquanto isso não acontece, vamos torcer para a Seleção da empresa CBF passar pelo Peru... O palmeirense Bolsonaro já convidou o botafoguense Rodrigo Maia para assistir à final da Copa América, domingo, 17 horas, no Maracanã. Já o flamenguista Paulo Guedes (que vive batendo canela com o tal “Botafogo”) e eu (rubro-negro) também imploraremos para Jesus (o técnico português) salvar o Flamengo, no retorno do Brasileirão...

Deus há de nos atender em nossas súplicas e desejos ludopédicos... Até porque nós, os trouxas, temos crédito para invocar milagres... Ou será que seremos obrigados a pedir uma grana emprestada ao Presodentro $talinácio – definitivamente arrasado pela carta-bomba do empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, que confirmou o pagamento de propina ao acara mais “onesto” do Brasil?




Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 5 de Julho de 2019.

5 comentários:

Rodrigo Almeida disse...

A agenda do governo é ótima.... vamos ver se o centrão, o foro de São Paulo, o carluxo, os sindicatos dos funcionários públicos e os banqueiros vão deixar..... e o Botafogo não vai ao Maracanã, nem é louco .....

Loumari disse...

Bolsonaro virou estorvo da reforma que beneficia seu governo

Comentário de Política, direto de Brasília (DF), com Josias de Souza.

https://www.youtube.com/watch?v=ehvrPR9gr70

Leo Santos disse...

Só basta copiar e colar seu comentário para fazer um tanto quanto bom.

Leo Santos disse...

Ratificando um bom comentário:
"A agenda do governo é ótima.... vamos ver se o centrão, o foro de São Paulo, o carluxo, os sindicatos dos funcionários públicos e os banqueiros vão deixar..... e o Botafogo não vai ao Maracanã, nem é louco ....."

Anônimo disse...

Brasileiros não têm crédito divino (apenas misericórdia divina porque se humilham pedindo), porque para isso teriam que fazer penitência por seus pecados, o que não passa pelo entendimento folgazão do povo.