domingo, 14 de julho de 2019

A Hipocrisia da Pequena Burguesia



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

A idade realça nossos defeitos e nossas poucas qualidades.

Confesso aos amáveis leitores que estou absolutamente intolerante aos hipócritas.

Panacas que dizem “adorar” seus pets, mandam castrá-los com a maior desfaçatez.

O pobre animal é privado de sua condição natural.

A quase totalidade dos cretinos que assim procedem deveriam ler um livro muito sugestivo e quase desconhecido de Maquiavel, mais pelo nome do personagem que retrata: “A vida de Castruccio Castracani da Lucca” ISBN 972-0-45053-3.

No passado, almas “piedosas” castravam meninos para preservar suas belas vozes. Vejam o filme “Farinelli”. https://pt.wikipedia.org/wiki/Farinelli_(filme)

Hoje a maldade é mais sutil. Desgovernos matam milhões de pessoas de fome, doenças e guerras.

Menos mal que muitos tiranos provaram de seu próprio veneno.

Mussolini, Ceausescu, Kadhafi (al-Gaddafi), Saddam Hussein e outros menos cotados, provaram do próprio fel.

Dizem que o brasileiro é “bonzinho”. Esperem e verão o Dia da Fúria.

Escravizado e escarnecido pelo judas ciário desde o Descobrimento do Brasil, um dia o povo porá cobro aos desmandos dos “deuses” e “semi-deuses”.

Lembrem-se da ária de “Madame Butterfly”: “Un bel di vedremo”.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Loumari disse...

Tanta arrogância! Tanta prepotência! Quanto veneno não vomitou contra os outros que não lhe fizeram mal nenhum.
A sua esperteza vai esgotar e seu rosto se cobrirá da vergonha do mesmo preto que as cinzas do vulcão, e a gente vai ver quem é realmente hipócrita!

Anônimo disse...

A inversão revolucionária buscou (e conseguiu) desconectar o raciocínio coerente de parte da população, a ponto de acreditarem que o feto é parte do corpo da mãe e por isso ela seria a única juíza sobre a vida ou a morte da criança.
"Tal qual é a defesa da vida: abdica-se da defesa da vida como um todo para a defesa de uma parte da vida, e assim a mesma pessoa que dá tudo de seu para defender um filhote é incapaz de entender que um 'filhote' humano não deve ser morto."
http://aluizioamorim.blogspot.com/2019/07/a-sordida-guerra-cultural-que-ameaca.html