segunda-feira, 29 de julho de 2019

Fadiga de Material



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Para nós, feitos de carne e osso, a coisa chegou ao fundo do poço.

Ninguém aguenta mais conviver com esses animais.

Um arquiteto sem noção, projetou um zoológico em que as jaulas dos predadores ficavam em frente às dos predados.

Estresse geral ! Não adianta explicar pros bichos que as jaulas são bem construídas, que não há perigo de escaparem das mesmas, etc.

Um animal vê o outro; sente seu cheiro, ouve seus grunhidos e todos ficam desesperados diante de um iminente ataque ou da frustração de não conseguir fazê-lo.

Assim estamos nós, os não gramscizados.

Não adianta que a besta esteja enjaulada. Dadas as regalias concedidas, todos os dias temos o desprazer de vê-la e ouvi-la na mídia canalha.

Outro dia, um homem brilhante fez uma analogia entre o molusco e o Ayrton Senna.

O primeiro, maucaratista militante (nas palavras de Odorico Paraguaçu); o segundo, escolheu uma profissão de alto risco. Poderia dar merda (e deu !).

Cumprir a lei estritamente, para quem não tem curso superior,”poderia” causar uma “comoção nacional” como o fez a morte do automobilista.

Nós, mais velhos, somos do tempo da “Dura Lex sed Lex”.

Hoje restou apenas: “No cabelo só Gumex”.

Perdemos todos: O Brasil, a Justiça e todos os homens de bem.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

jomabastos disse...

“Dura Lex sed Lex”
Infelizmente a lei neste país é branda ou inexistente para muitos, especialmente para os da violenta corrupção e para os da violência homicida.

jomabastos disse...

Em vez de de lutarmos contra a corrupção e contra os rentistas, castigamos o povo pobre e remediado com uma reforma da previdência desestruturada, que irá danificar-nos cada vez mais.

E, por castigo, vamos seguir pagando fortes impostos e grandes taxas de previdência à corrupção.