sábado, 6 de julho de 2019

$talinácio sem perdão





Um comentário:

Anônimo disse...

A última palavra contra o ministro Moro que ficou ressoando nos ouvidos do eleitorado de esquerda, serve para o povo simples gravar que o governo atual tem integrantes que roubam, embora não admitam. Os comunistas usam palavras chave que calam fundo na psique do povo simples, ainda mais que o ministro saiu sem rebater. Os comunistas aproveitam a questão não resolvida do assessor do senador Flávio Bolsonaro para contaminar a imagem do governo e alimentar essa desconfiança no povo.